A volta ao mundo em um hyperlapse

Ben Mikha é um aventureiro. Natural da terra dos Hobbits, ele saiu para dar um rolé, e por três anos tem viajado ao redor do mundo, audaciosamente indo em vários lugares, registrando timelapses e hyperlapses. O hyperlapse diferencia do timelapse, porque o timelapse você simplesmente coloca o tripé com a câmera e registra o movimento de tudo à volta. Quando muito, usa uma montagem equatorial para compensar o movimento da terra e das estrelas. O hyperlapse é registrado com a câmera em movimento.

O hyperlapse a seguir foram feitos são feitos praticamente a pé, sem usar gimbal, aquele estabilizador que permite que você saia correndo e a câmera fique estável.

Os países que aparecem nesse vídeo neste vídeo são: Nova Zelândia (começa em casa, né?), Austrália, Samoa, Polinésia Francesa, Itália, Cidade do Vaticano, Islândia, Londres, Cingapura, Japão, EUA, Argentina, Brasil (tente localizar), Índia, Nepal, Alemanha e Tomorrowland (Bélgica).

Divirta-se:


Um comentário em “A volta ao mundo em um hyperlapse

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s