Criminosas são sentenciadas a reparar o crime que cometeram

Uma das melhores coisas que a Internet nos trouxe foi a interação com as pessoas. A pior coisa que a Internet nos trouxe foram pessoas querendo ganhar medalhinhas e biscoito daqueles com quem interagem. Isso levou à criação das fanfics, aquelas historinhas absurdas e completamente nonsense que todo mundo compartilha porque… vai que é verdade? Quando isso envolve outras pessoas, acaba em linchamento moral, físico e até perda de fonte de renda, mas quem espalha a mentira é sempre um santo.

Afinal, vai que é verdade?

A moda agora é denunciar todo mundo, de preferência homens. Não que homens não façam merda, mas e quando mulheres fazem? Merda tipo: acusar sem provas, criar histórias que afetem pessoas e destruir suas vidas.

A moda agora é uma legião de mulheres que sentem que são vítimas ao entrar no Uber. Teve uma que eu vi que se sentiu desconfortável, pediu ajuda àzamigas do Twitter, não sabia se chegaria em casa…. Um horror.

O motivo: o cara parou e perguntou o nome dela. Sim, porque, você sabe, o cara tem bola de cristal para parar numa calçada com um porradão de gente chamando um Uber, adivinhar quem é a criatura. Outra eu achei muito engraçado pela forma como ela estava denunciando o sujeito que teve a ousadia de dizer “Boa noite”

Não, não estou inventando!

Uma idiota achou que iria ganhar pontos com azamigas. Denunciou um motorista de Uber que que estava dopando ela, já que ela limpou as mãos com álcool e sentiu tontura etc e tal. Pouco antes de terminar o trajeto, ela saltou, tirou foto do carro, dele e foi na delegacia da mulher. O cara foi e mostrou o que ela estava reclamando que estava dopando: álcool com essência de canela. Um monte de amiguinha denunciou o cara, e ele perdeu a conta do Uber (Uber não averigua, protegendo a própria bunda).

Bem, a guria não instaurou uma queixa formal e não teve inquérito por causa disso. Moral da história: ela vai ter que pagar indenização de 10 mil reais ao cara. A outra que repetiu sem sequer verificar ou questionar (partindo do princípio que não existem mulheres criminosas e só homem mente), foi na onda e se justificou que só estava repassando. Problema que a juíza do caso não viu isso com bons olhos, e ela também foi condenada.

Isso começou uma grande histeria coletiva. Todo mundo estava sendo dopada com gás. Aquele gás estranho que só afeta o passageiro. Não sei como não estranharam alguém dirigindo com esta máscara.

Mas não importa. Os relatos continuarão. Sempre dirão “não é todo homem, mas sempre um homem”, como mulheres fossem incapazes de cometer crimes. Não sei nem por que existe presídio feminino. Realmente não importa! Continuarão espalhando fanfics para ganhar likes, o biscoito virtual. As duas criminosas não irão para a cadeia, mas pagarão por seus crimes monetariamente. O Uber vai ter seu processinho, aposto. Espero que o sujeito meta até lucros cessantes, se ele provar que era a sua única fonte de renda.

Eu sempre falei para dizer não ao boato, mas insistem. vai que é verdade, né? “Ah, mas é pra alertar”. “Esse não foi, mas será outro”.

No Brasil Minority Report, você é criminoso até que se prove o contrário; principalmente se for homem


Fonte: Jota Info.

7 comentários em “Criminosas são sentenciadas a reparar o crime que cometeram

  1. Seria legal se elas também perdessem a conta do Twitter por fake news e assédio direcionado, já que usaram a plataforma pra difamar uma pessoa honesta.

  2. Estou só esperando agora a imensa maioria dos motoristas começar a recusar chamada dizendo: Olha moça, melhor pegar uma motorista mulher tá? Boa noite. E, por causa da demanda o preço com motorista mulher subir tipo uns 300%

    1. E uma coisa que eu esqueci de dizer. Depois esse bando de feminazi acha ruim que homens brancos heterossexuais posem como vítimas e oprimidos. Com histórias como essa fica bem difícil não pensar assim.

Deixe uma resposta para André Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s