Pesquisa aponta por que professor rala peito da educação em tempos de COVID-19

Com a pandemia e o Coronga à solta, um grupo que tem sido impactado é os professores. Alguns imbecis, idiotas e acéfalos que fazem muito, mas não mais que traduzir trabalho dos outros acham que é OK liberar os colégios no meio de uma pandemia, e só não o fazem porque professor tem sindicato. Sim, aquele sindicato que nunca consegue um dissídio que seja minimamente próximo da inflação (oficial. A inflação real a gente nem menciona mais).

Isso está acarretando vários professores largando o trabalho (lá fora. Aqui, pessoal está mendigando emprego). A pergunta é: por quê? É o que uma pesquisa procura responder e entender as razões pelas quais os professores deixam a profissão em tempos de COVID-19.

O dr. Brian Swider é professor da Faculdade de Administração da Universidade da Flórida, muito certamente com experiência zero em Educação, já que o doutorado dele é em Recursos Humanos, mas serei um cara legal e dar um voto de crédito.

Swider analisou dados de 3.201 professores do ensino fundamental à 12ª série (Ensino Médio), revelando os fatores mais prováveis ​​de influenciar a decisão dos professores de ralar peito. Ele chegou a quatro fatores principais e como os colégios poderiam melhorar.


1) Outras funções além de ensino

Os professores estão sobrecarregados com tarefas que vão desde reuniões até deveres administrativos, levando tempo e energia para longe que seria o foco: realmente ensinar as crianças.

A sugestão de Swider é que os conselhos escolares (algo como as coordenadorias regionais de ensino no Rio ou a Diretorias de Ensino de SP ou seja lá como chamam em outros estados, já que isto é uma zona e cada estado segue uma legislação própria) seria minimizar as tarefas não essenciais.


2) Investimento em ensino

Embora os professores mais velhos possam pensar em sair por estarem no grupo de risco do coronga, os professores com menos treinamento e especialização têm maior probabilidade de sair em circunstâncias normais.

O que os conselhos escolares podem fazer: Oportunidades para os professores aumentarem suas habilidades por meio de certificações, desenvolvimento profissional ou outros recursos podem ajudar a manter os instrutores no lugar.


3) Salário

Eu colocaria em primeiro lugar, mas Swinder achou que no terceiro estaria ótimo. Bem, o pesquisador e seu pessoal mostraram de forma INÉDITA E INACREDITÁVEL que melhores salários conseguem segurar os profissionais. Eu jamais teria imaginado isso! De qualquer forma, Swider e seus colegas mostraram que uma maneira confiável de reter professores é pagar melhor, ainda assim acham que isso parece pouco provável de acontecer. Por que será?

O que os conselhos escolares podem fazer: er… aumentar o salário?


4) Moonlighting

O famoso segundo emprego ou “bico”. Os amiguinhos do Swinder apontaram que os bicos expandiram as redes profissionais e conjuntos de habilidades dos professores, possivelmente revelando outras opções de carreira. Ele não fala, mas eu digo logo: motorista de Uber e entregador de iFood. Aliás, atualmente a profissão do cara é ser motorista e como bico vai dar aula.

Sabem o mais legal disso tudo? É que nem precisa de época de pandemia. Os professores já sabiam disso há tempos, mas, beleza, isso gerou um paper, né? Sabem o que é mais legal ainda? Não vai mudar nada, mas vão muito reproduzir isso como se fossem querer mudar alguma coisa. Apenas pra inglês ver.

Afinal, tem sempre um pessoal esperto que consegue gente trabalhando de graça:

Frescura publicada no periódico Journal of Vocational Behavior

3 comentários em “Pesquisa aponta por que professor rala peito da educação em tempos de COVID-19

  1. Vim quente para fazer um comentário dizendo que mesmo sem o coronga ninguém quer ser professor aqui no Brasil, mas aí vi que a coisa é nos iuéssei. Se está assim lá, imagina aqui.

    E a última imagem, infelizmente, nem é surpreendente. Não foi por aqui que jornaleiro disse que “professor é missão e não profissão”?

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s