Criança assassinada no Rio, vítima de imbecis que não vacinam seus filhos

E no mundo que quanto mais evolui mais retorna ao reino do atraso, temos a maravilhosa notícia que a Peste está avançando sobre o país, e já fazendo vítima. Sim, eu sei que parece algum anúncio de blog na Alta Idade Média, mas nem é isso, e sim que o Rio de Janeiro já tem a sua primeira vítima de sarampo desde o ano 2000. Em 20 anos se achou que o sarampo estava erradicado. Bem, achou errado, otário! E o prognóstico não é nada muito legal.

Olhando umas pintinhas vermelhas esquisitas surgindo aqui em mim, esta é a sua SEXTA INSANA!

 

O grande mal do mundo é a falta de importância que se dá para certas coisas. Como a onda é ficar batendo boca com terraplanista, então, um bando de desclassificados metidos a “divulgadô científicu” resolveu capitalizar em cima, já que o que interessa a este bando de inúteis é views, likes e adsense do YouTube. Eu até entendo que se faça isso, já que dinheiro é bom e todo mundo gosta, mas tomem vergonha nas putas das caras e admitam logo isso, não me venham com merdinha “ain, estou divulgando ciência”

NÃO ESTÃO, SEUS MERDAS!

Aí, se eu for falar isso, EU é que sou o errado (e ainda perco a conta no Twitter por propagar ódio, enquanto gente acusando falsamente os outros de serem racistas por falarem que índios não são bonzinhos, tá de boas).

Este caso de sarampo não será o primeiro nem o último. Esta morte será acompanhada de várias outras, e isso porque há zilhões de desinformações sobre vacinas. Com um bando de frescos que moram encerrados em seus condomínios dizendo que vacinas não previnem doenças. E adivinhem! Vão usar esta morte como um exemplo que vacinas são inúteis, quando foi exatamente a falta da vacina que fez esta criança adoecer e morrer.

Quando temos jornais promovendo discussão com criacionista, quando se trata de retardo mental, não demorará falarem que as pessoas não vacinarem seus filhos é um direito delas e merecem ser ouvidas, quando não merecem nada mais do que irem presas, já que vacinação é obrigatória; e enquanto não tiver gente respondendo criminalmente por isso (de preferência, por assassinato!) pouco mudará.

Aí, os ancaps retardados (desculpem o pleonasmo), acham um absurdo o governo totalitário tomando uma atitude desta. Tudo bem, crianças assim tem mais que ser ignoradas.

É revoltante ver que doenças há muito erradicadas estão voltando a assombrar. O que acontecerá agora? Ressurgimento da pólio? Difteria? Varíola? Varíola é uma boa, e vai limar um monte de gente da existência até que alguém tome uma atitude. De novo, vão culpar o autoritarismo do governo e teremos menos bebês. Então, culparão a elite que visa eliminar pobre da face da Terra. Os mesmos que se puseram contra vacinas, alegando que vacinas matam pessoas, para que a elite tenha menos pobres. Eu nunca entendi por que a “elite” (seja lá o que queiram dizer com isso) iria querer menos pobres consumidores que dão dinheiro pra essas “elites”, mas com gente burra, estúpida e ignorante não se perde tempo tentando entender.

David Gabriel dos Santos morreu ainda bebê. Não teve chance de ver o mundo imbecil que estamos vivendo. Porque, se imbecil não fosse, morto o David não estaria.

A verdadeira praga não é uma doença trazida por agentes infecciosos, e sim pela pura e não tão simples ignorância.

Fonte: Estadão

3 comentários em “Criança assassinada no Rio, vítima de imbecis que não vacinam seus filhos

  1. “não demorará falarem que as pessoas não vacinarem seus filhos é um direito dela”. De tempos para cá, infelizmente, os libertários do YouTube já disseram isso. O pior de tudo são aquelas filosofias recheadas de petição de princípio para querem impressionar a massa ideológica deles. Ninguém “ganha” dos ancaps.
    A parte crítica respaldada em seus argumentos sobre serem ignorantes em ciência é factual. Nunca os vi falando de nada a respeito de periódicos ou de argumentos de o porquê não se deve vacinar para preservar a “liberdade individual” das pessoas, com informações de cunho biológico, não filosófico (isto é, não existe. Há uma contradição de termos aí).

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s