Avô estupra neta e põe a culpa no Diabo

O mundo é louco e desmedido. Por mais que eu fique zuando às vezes, tem notícias que me faz pensar “que merda deu na humanidade?”. Se bem que eu paro mais dois minutos e chego na conclusão: “Çaporra sempre foi assim, principalmente depois que surgiu a Humanidade”. Não que outros animais não ajam feito animais (DSCLP), mas animais não inventam merda de desculpa furada, como é um caso de um maníaco de 54 anos que achou uma excelente ideia estuprar a neta de 7.

A desculpa para este ato vil? Ah, ele estava tentado pelo demônio. Mal aê!

Encapetado, desejando que Belzebu adentre o ânus de estupradores com seu tridente gigante, esta é a sua SEXTA INSANA!

Depois de revirar sites de notícia, todos eles com o mesmo texto, sem tirar nem por, cheguei o fato que alguém de 54 anos, morador da cidade de Paraupebas, no interior do Pará tinha uns olhos compridos para com a neta de 7. A esposa dele (obviamente avó da menina) achou meio estranho e denunciou o próprio marido. A polícia catou o sujeito e quando foi levado para a delegacia, se mostrou ser um homem honesto e trabalhador, doutor. Não tem essa de estuprador, não. Foi o demônio quem o tentou.

O delegado deve ter balançado a cabeça concordando e realmente achou que o Capeta é ardiloso, e faz velho tarado estuprar crianças ao invés de coisas menos graves, como, sei lá, detonar a Terceira Guerra Mundial. Mais importante é fazer um desclassificado, filho da puta, estuprar uma criancinha, porque o pinto deste degenerado parece que não ia subir nunca mais se não fosse fazer isso, ou acharia que sim, era uma boa ideia, ou não, não é nada disso e tentou bravamente, mas a tentação do Maligno era mais forte

O delegado instaurou inquérito e deu início às investigações. Resolveram proteger a identidade da criança, como reza o ECA e a do avô estuprador, senão vão lá caçar o sujeito. Não que eu ache isso certo, mas entendo plenamente a população que quer dar um fim num vagabundo que não é homem nem pra assumir que fez merda e jogou a culpa na primeira entidade mágica que pensou. Ou na segunda, mas não ia pegar bem pra ele colocar a culpa em Jesus. A saída foi usar o migué do capeta, mas também não deu certo e agora ele está na cadeia de Rio Verde, rezando pra ninguém descobrir a merda que ele fez.

Eu entendo que o Estado é responsável por todos os presos, independente de quem seja, mas que dá vontade de contar pra todo mundo dentro do xilindró e deixar que eles mesmos se resolvam, dá.


Fonte: O Dia

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s