Afegão tarado passa a mão na bunda alheia e é tratado como coitadinho

Austrália anda muito solícita com essa escória que foi parar lá. Uma escória tão vagabunda que nem outros países islâmicos querem por lá. Vejam se refugiado afegão vai para Arábia Saudita ou Dubai.

O presente caso foi um merdinha que se disse ser adolescente, vindo com o rabo entre as pernas do Afeganistão. Chegou na Austrália e fez o que sabe fazer melhor: merda. Ficou bolinando meninas e moças na praia, foi preso e libertado, pois, coitado, é de outra cultura, né?

Tirando um facepalm da bolsa de um marsupial, esta é a sua SEXTA INSANA!

A notícia é trazida pela minha oceanógrafa favorita. O cabecinha-de-toalha atacou 8 mulheres que nadavam numa das praias mais movimentadas de Queensland. As mulheres tinham idade entre 18 e 24 anos. Pessoal botou a boca no trombone e levaram o marginal pro salva-vidas. Quando ele foi confrontado, o vagabundinho tentou um migué que ele queria apenas pedir desculpas, e se podiam esquecer sobre o episódio. Só que os meganhas-cangurus carregaram o corninho.

A pena do vagabundinho foi… nenhuma. Primeiro, sem documentos, ele alegou que era dimenor. Não só isso, ele é afegão. Daí pessoal ficou com peninha, pois é a cultura dele, temos que respeitar o fofo; daí foi colocado em liberdade condicional de dois anos pelo juiz David Kent, que se disse penalizado pelo comportamento que era essencialmente “tatear e essencialmente tocando partes confidenciais”, e que era inaceitável. Entretanto, o juizão alegou com o bandido cresceu em um ambiente cultural diferente no Afeganistão, e provavelmente ainda estava afetadinho mentalmente pela morte de seu pai em 2011.

Sim, há 6 anos e ainda metendo o louco.

Mesmo o meliante se declarando culpado de nove acusações de agressão sexual e três de agressão comum foi condenado a dois anos de liberdade condicional e ficou por isso mesmo, pois o mundinho politicamente correto dos coitadinhos impera.

E lembrando que ele não tinha documentação nenhuma. Alegou 17 anos e, pimba!, acreditaram. Afinal, por que ele mentira? Só porque andou passando a mão nos peitos, bundas e ppks alheias?

Será que esse negocio “é de cultura diferente, tá valendo” vale para mim se eu me mudar para lá? Talvez, quem sabe…


Fonte: ABC

Um comentário em “Afegão tarado passa a mão na bunda alheia e é tratado como coitadinho

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s