Afegão tarado passa a mão na bunda alheia e é tratado como coitadinho

Austrália anda muito solícita com essa escória que foi parar lá. Uma escória tão vagabunda que nem outros países islâmicos querem por lá. Vejam se refugiado afegão vai para Arábia Saudita ou Dubai.

O presente caso foi um merdinha que se disse ser adolescente, vindo com o rabo entre as pernas do Afeganistão. Chegou na Austrália e fez o que sabe fazer melhor: merda. Ficou bolinando meninas e moças na praia, foi preso e libertado, pois, coitado, é de outra cultura, né?

Tirando um facepalm da bolsa de um marsupial, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Afegão tarado passa a mão na bunda alheia e é tratado como coitadinho”

Humanos mandaram megafauna da Austrália pra vala. De novo

Ainda há debates sobre quem passou o rodo nas criaturas gigantes da Austrália, a chamada “megafauna”. E tipo ovo. Na semana que ovo faz bem, foi culpa da mudança climática. Na semana que ovo faz mal, então, é culpa dos seres humanos. E como estamos na semana que ovo faz mal, saiu mais um trabalho dizendo que, sim, foram os seres humanos que sentaram o dedo na megafauna australiana. As conclusões vieram através de estudo de cocô pré-histórico.

Tem horas que vida de cientista é uma merda. (você sabia que eu ia fazer esse trocadilho)

Continuar lendo “Humanos mandaram megafauna da Austrália pra vala. De novo”

Humanos passaram o cerol em megafauna de aves na Austrália

Eu adoro a Austrália. Um país lindo e maravilhoso cuja fauna e flora farão de tudo para lhe dar uma morte horrível. Algo semelhante à Austrália no Brasil, só o estado do Amazonas. Eu acho que isso é devido a algum emputecimento da Natureza. Vingança pura e simples. Darwin é a Nêmesis, a vingança dos deuses, e este usou os poderes da Seleção Natural para criar coisas para caçar as pessoas.

Eu falo isso por causa de registros fósseis que evidenciaram que seres humanos foram os responsáveis pela extinção da megafauna de aves que havia lá na terra dos Cangurus. Primeiro, Deus mandou o Dilúvio para que só Noé e sua família se salvasse, o que matou até os dinossauros (um fundamentalista me falou isso a sério!). Aí, passado um tempo, o Homem completou o serviço. Que maravilha!

Continuar lendo “Humanos passaram o cerol em megafauna de aves na Austrália”

Embrião de lagarto troca de sexo quando está calor

Qualquer criatura minimamente esperta sabe que a Austrália é que nem o Brasil: não é para principiantes. Fora quase toda a sua fauna ser venenosa (principalmente as australianas, notáveis fofoqueiras), qualquer coisa lá é perigosa, mesmo sem precisar de veneno, em que até o Batman entra pelo cano. Lá, o absurdo é corriqueiro, como é o caso desse nosso amigo aí do lado. Ele é o dragão barbudo, um réptil australiano. Como tudo que é australiano, é esquisito, só não é tão esquisito com a comida pseudoaustraliana do Outback.

Uma pesquisa sobre a vida selvagem da Austrália mostrou que dragões barbudos são capazes de trocar de sexo em meio ao calorão.

Continuar lendo “Embrião de lagarto troca de sexo quando está calor”

Veneno de aranhas peçonhentas teve ancestral comum à insulina

Adoro a Austrália. Tudo lá tem uma espécie de toque de Sadim (o Midas ao contrário). Enquanto Midas transformava qualquer coisa que tocasse em ouro, o Sadim australiano transforma numa coisa monstruosamente venenosa com um só toque.

Pesquisadores australianos (que muito provavelmente são venenosos também) estuda as origens do veneno de certas espécies de aranhas e centopeias e descobrem derivação química da molécula da insulina. Isso mesmo, até um hormônio importantíssimo pode ficar de mau humor e lhe manda pra vala na Reversal Australiana, onde qualquer coisa mata VOCÊ!

Continuar lendo “Veneno de aranhas peçonhentas teve ancestral comum à insulina”

Aprenda a como ordenhar um peixe

Eu amo a Austrália! O que eu mais gosto da Austrália é ela ser a Austrália, estando bem longe de mim. Documentos apócrifos dizem que ela não existia até o nascimento de H. P. Lovecraft. Lá tem de tudo… tudo o que você pode imaginar que possa acabar com você da maneira mais horrivelmente dolorosa possível (e impossível). Uma dessas coisas lindas é o peixe-pedra (Synanceia verrucosa), um troço feio, verruguento, bem aclimatado, com potencial bem legal para camuflagem e com veneninho básico que fatalmente será fatal para você de maneira fatídica.

O pessoal do Smarter Every Day pretende uma tarefa hercúlea: fazer as pessoas mais espertas. Tarefa nobre, mas bem difícil. No vídeo a seguir, eles mostram como ordenhar o peixe-pedra, mas não é bem para extrair leite, e nem este leite aí que você está pensando.

Continuar lendo “Aprenda a como ordenhar um peixe”

This is Australia!

A Austrália é um país legal, apesar de tudo lá parecer estar disposto a matar você de forma mais dolorosa possível. Uma espécie de Depois da Terra sem o chato do Will Smith e seu filho mais chato ainda, e nem a fauna da Austrália quis chegar perto de tanta chatice. Mas nem só coisas mortíferas a Austrália tem de sobra. Sua geografia faz com que haja muitos lugares afastados, onde se pode fotografar o céu, e tais fotos podem ser montadas para gerar o filme que você verá a seguir, um time lapse de tirar o fôlego.

Continuar lendo “This is Australia!”

O maravilhoso “círculo de fogo” nos céus australianos

Como vocês são espertos, prestaram atenção nas aspas; já que o Círculo de Fogo do Pacífico não compreende a Austrália. Acontece que hoje é sexta-feira e eu ainda tenho que trabalhar. Nada como algo ameno para nos alegrar, ainda mais que estamos no fim do mês e o salário é apenas uma doce lembrança.

Em 10 de maio deste ano, um eclipse fez dos céus australianos algo muito legal. Como sempre, o Brasil não foi agraciado com a visualização do evento, pois não possuímos estrutura para um evento deste porte. Assim, compartilho com vocês um vídeo em lapso de tempo (time lapse) mostrando o magnífico eclipse que ocorreu neste dia. Espero que gostem.

Continuar lendo “O maravilhoso “círculo de fogo” nos céus australianos”

Cientistas filmam leão marinho de ângulo inédito

leao-marinho.jpgCientistas do South Australian Research and Development Institute (SARDI) estão estudando o comportomento da fauna aquática ao sul da Austrália. Entre as espécies estudadas, o leão marinho (Otaria flavescens) foi o que mais surpreendeu. Os cientistas acoplaram um conjunto Crittercam, que é um pequeno pacote de instrumentos incluindo uma câmera, um GPS etc, desenvolvido para a National Geographic.

Aliás, é da própria National Geographic o vídeo a seguir, mostrando como a Natureza e a vida dos leões marinhos é bela e tranquila.

Continuar lendo “Cientistas filmam leão marinho de ângulo inédito”

Vovó australiana sobrevive a ataque batendo em tubarão

paddy_trumbull.jpgNa boa, a coroa ou é jedi ou foi mergulhada no rio Stix ou usa um anel élfico (muito provavelmente, as três coisas). Paddy Trumbull, de 60 anos de idade, mergulhava nas proximidades das Ilhas Whitsunday, no Estado de Queensland, nordeste da Austrália. Ela estava nadando ao lado do marido quando um puxão muito forte a fez mergulhar. Nesse ponto, ela sabia o que a aguardava: a morte das profundezas, Senhor do Oceano e um peixe fidaputa. Qualquer pessoa enfrentaria a morte em desespero, mas Vó Trumbull não é uma pessoa qualquer…

Continuar lendo “Vovó australiana sobrevive a ataque batendo em tubarão”