Gosta de próteses impressas em 3D? Toma mais uma!

Eu me lembro quando começaram a sair as primeiras impressoras jato de tinta com preços não tão abusivos. Minha primeira impressora foi uma HP 680. De longe, a melhor impressora que eu tive até hoje, apesar de sacudir toda a mesa e fazer uma barulheira. Ainda assim, era legal eu poder imprimir tudo o que eu queria, textos, fotos, desenhos etc. Atualmente, as impressoras 3D estão indo pelo mesmo caminho. Você poderá imprimir o que quiser, desde bonequinho de Star Wars até membros (não necessariamente esse, mas também não está descartado).

Há vários projetos abertos para você baixar e “imprimir” (soa meio esquisito, não?). há várias iniciativas para próteses baratas e eficientes. A mais recente é de um recém graduado em Física da Universidade de Ithaca, que precisou de uma impressora 3D e a vultosa quantia 15 dólares.

Ryan Bouricius tem a sorte de não morar no Brasil ou, no máximo, viraria professor de cursinho. A sorte de muitas pessoas é que Ryan não mora no Brasil, ou não seriam agraciadas com mais um projeto de próteses de baixíssimo custo, feitas com impressoras 3D. Eu fui procurar alguma coisa nesse sentido no site do Instituto de Física da UFRJ, e a única coisa que encontrei lá é como é incrível e maravilhoso o Instituto de Física. Se bem que com os grandes incentivos em termos de bolsa que recebem, até é compreensível. Ou não.

Bouricius está trabalhando com o pessoal da eNABLE, uma ONG que temos a sorte de não ser brasileira, ou estaria divulgando Olodum e capoeira, além de ganhar verbas lá de fora, para não apresentar nada. No caso da eNABLE funciona assim: você está ferrado sem uma mão? Eles fazem a ponte entre você e alguém que queira ajudar, “imprimindo” uma prótese. Assim, entram em contato com quem estiver mais próximo de você, e daí a pessoa vai lhe visitar, tirar as medidas e adaptar o modelo que possui de forma a ser personalizado, além de ser coloridão e muito maneiro, acabando com a baixa auto-estima e sem a pecha “sou deficiente”. Não, você terá uma peça nem que seja semelhante à armadura do Homem-de Ferro. Isso para uma criança faz uma enorme diferença!

A mão protética projetada por Ryan tem a capacidade de mover seu pulso e controlar e usar os dedos da mão para agarrar e segurar vários objetos, isto é, o movimento dos dedos é controlado por como você mexe com o pulso. Nada de implantes eletrônicos ou tecnologia modernosa. Apenas pura mecânica que funciona lindamente.

E sim, temos vídeozinho:

É um projeto de design simples, eficiente e aberto. Países em desenvolvimento poderão fazer pleno uso disso, deixando sua população melhor, fazendo crianças mais felizes e deficientes plena mente aptos a não se sentirem como um pária para a sociedade, podendo se sentirem úteis e capaz de trabalhar e ganhar seus sustentos, com limitações, é verdade, mas sem precisar de caridade.

Uma pena que países que odeiam Ciência preferem gastar com manifestações de gente enfiando gelo no cu e financiando hobbies em banheiros públicos com desconhecidos.


Fonte: Universidade de Ithaca

3 comentários em “Gosta de próteses impressas em 3D? Toma mais uma!

  1. Minha primeira impressora jato de tinta também foi uma HP 680, que eu só troquei pois ela queimou. :(

    Aqui definitivamente não daria certo por mais uma razão. Joon Ho Kim não aprovaria.

  2. Esta parte final do texto falando sobre como as pessoas com deficiência vão poder se sentirem melhores e incluídas na sociedade,fez cair algumas lágrimas aqui,tenho que dizer.

    Realmente,a Ciência mais uma vez se provando melhor do que religião – embora de que não precise-,enquanto que os religiosos clamam para seus deuses para que resolvam a situação e dizendo que estão fazendo alguma coisa em relação á situação,os cientistas estão de fato ajudando as pessoas com a aplicação do método cientifico.

    É como uma frase de Edgar Allan Poe dizia e de que resume toda esta situação : “Não é na ciência que está a felicidade, mas na aquisição da ciência.”

    Eu nunca me canso de citar esta frase,pois resume muito bem muitas situações se não a maioria delas,sobre a Ciência.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s