O camarão que se comunica com corzinhas que não vemos

O camarão mantis também é chamado de “lacraia-do-mar”, sendo um crustáceo coloridão que vive no mar e é classificados na sub-classe Hoplocarida, ordem Stomatopoda. Existindo cerca de 400 espécies, caracterizadas principalmente pela morfologia de sua segunda pata torácica, que é modificada em apêndice subquelado, lembrando uma pata de louva-a-deus. Sim, li na Wikipédia. Me processe.

Duas coisas que eu queria saber sobre o mantis: 1) É gostoso? ; 2) Que história é essa de ele se comunicar entre os seus com mensagens cifradas?

O dr. Nicholas Roberts é pesquisador da Faculdade de Ciências Biológicas da Universidade de Bristol. Ele pesquisa mecanismos ópticos que fundamentam capacidades sensoriais como a visão de luz polarizada e a evolução dos sistemas de sinalização e recepção bio-óptica, isto é, como os animais se comunicam entre si através de cores e luzinhas.. O bom doutor estuda o comportamento e condicionamento  da bicharada através de estímulos luminosos. Uma dessas criaturinhas pesquisadas está o mantis.

Enquanto você, espertão, acha que enxerga bem pra cacete, tenho péssimas notícias. Você é cegueta perto do mantis. Seus olhos ridículos têm apenas três receptores de cor, enquanto o camarão afrescalhado tem 16, o que lhes permite ver as cores e imagens que ninguém mais consegue ver. Ou até consegue, mas não como o mantis, seu humano idiota!

Você achou muito? Calma, não é só isso. Roberts descobriu que o camarão-de-escola-de-samba sem comunica com outros de sua espécie através de códigos de coers. Como eles conseguem ver muito mais cores, eles percebem nuances que sequer sonhamos fora do nosso mundinho RGB.

O cascudão consegue não só ver, mas “manipular” luz polarizada, isto, é, os padrões de cor mudam, mas só outro cascudão que nem ele consegue perceber as diferenças. Por que? Já falei: eles veem cores que nós não vemos. Quais? Eu que sei? Não sou a bosta de um camarão, seu idiota. por que pergunta bobagens?

Calma, os leitores estão apenas querendo aprender mais.

Oh, vocês estão aí, pequenas caixinhas amarelas?

Na verdade, não. Você que está se fazendo de engraçadinho, kibando personagem de história em quadrinhos.

Oh!

Roberts pegou alguns espécimes e tascou-os no microscópio, analisou as células e fez uma modelagem computacional do que estava acontecendo Análise e modelagem computacional da luz mostraram que as células refletem a luz de uma maneira inteiramente diferente do que seria de esperar. Obviamente, você quer saber mais sobre isso, então, que tal ler o Scientific Reports da Nature?

Um comentário em “O camarão que se comunica com corzinhas que não vemos

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s