Parto Humanizado x Darwin. Adivinhe quem ganhou

No dia 21 de julho, uma professora da UFSCar faleceu devido a complicações do parto. Ainda hoje, em pleno século XXI, tem gente que acha que devemos viver como na Idade Média, dando a luz em casa. Claro, dirão que é coisa normal, complicações médicas etc. Mas a verdade é que não faz o menor sentido abolirmos boas condições com tecnologia médica para deixar nossas mulheres parindo feito aborígenes

Este é mais um vídeo para vocês, com as minhas considerações sobre essa besteira de parto humanizado.


Fonte: Estadão

19 comentários em “Parto Humanizado x Darwin. Adivinhe quem ganhou

    1. É mais ou menos como a confusão entre Feministas e femistas. Os próprios defensores confundem os dois tipos de parto.

      Teoricamente, parto humanizado é não fazer cesariana sem necessidade, não receber uma tesourada no parto normal em necessidade, ser atendida por apenas um médico e não todos os residentes de medicina do Grande Rio (comum com grávidas bonitas), não receber hormônios para apressar o parto sem necessidade, não precisar se submeter a uma lavagem intestinal (sem necessidade), não ser amarrada à maca para não atrapalhar os procedimentos (sem necess, ah vocês entenderam), não fazer um parto no meio da enfermaria cheio de gente morrendo/doente/curiosa…

      Já o parto do vídeo é aquela coisa legal, com shamã, no meio do mato, sem anestesia, usando pano de prato pra segurar o bebê…

      O André realmente errou, mas não dá pra culpar muito.

  1. A universidade já se pronunciou dizendo que a enfermeira morreu após a cesárea, essa malvadona; que foi realizar o procedimento em condições satisfatória de saúde, mesmo após 48 hs de tentativas de parto humanizado em casa (?), e blá, blá, blá, mimimimi, etc e tal….

  2. O nome disso é burrice Andre,burrice pq a pessoa nao tem mais o que fazer ai quer aparecer fazendo coisa burra.

  3. Gostei do telão que ficou atrás de você André.

    E sobre essa boçalidade, descobri que essa é uma bandeira defendida pelas feministas. E por causa disso, dou o maior apoio para que as feministas façam seus partos humanizados.

    Quanto mais feministas forem bater papo com Darwin, melhor.

  4. Notícia triste. Uma criança vai crescer sem o principal elo afetivo dela e talvez passe o resto da vida se culpando por isso.

    Tudo por que a mãe preferiu correr riscos sem necessidade.

  5. Cara, a sua necessidade de colocar sarcasmo em cada frase que você profere, deixa muito chato e difícil de acompanhar a narrativa. [Nesse ponto vc pensa em algo engraçado pra replicar onde me chama de burro]. Num debate o sarcasmo é a cereja do bolo, seu bolo é inteiro de cereja.
    Você dá a entender que todo o parto humanizado resulta em morte do bebê ou da mãe, deixa claro também que isso é coisa de país que odeia a ciência e por fim diz que ele é feito por despreparados.
    Bom, minha filha nasceu em casa, por escolha nossa, minha esposa e filha passam bem e mandam lembranças.

    Deixe eu argumentar a cerca de suas afirmações:
    – Parto humanizado não significa parto em casa. Pesquise a respeito e seja humilde em assumir sua ignorância a esse respeito. Sobre infecções, meu caro, a probabilidade de você contrair algum vírus ou bactéria é muito maior num lugar que por natureza abriga doentes do que na sua casa, num ambiente que foi preparado com cuidado e por você mesmo.
    – Parto humanizado não é coisa de país que odeia ciência, haja visto que o numero desde procedimento é muito maior nos Estados Unidos e Europa.
    – Você irresponsavelmente alega que parto humanizado é feito por “uma tosca que medita a entender alguma coisa”. Deve ter situações assim, mas a regra não é essa. O parto da minha filha foi feito por duas enfermeiras obstetras supervisionadas por um médico obstetra, ou seja, uma equipe que dedicou a vida a este assunto, e tem certificação pra isso, não me parece “tosco”.

    Não vou falar aqui em todos os benefícios para a mãe e o bebê, porque bem estar, é algo subjetivo, mas dependendo da sua replica apresento outros argumentos.

    Somos céticos também, pesquisamos muito antes de tomar a decisão do parto humanizado, um exemplo disso é que a equipe é adepta de homeopatia, a qual nós rejeitamos, ou seja, pegamos o que nos seria bom, rejeitamos o que não seria.

    Abraços!

    1. Gente tosca existe em todo lugar do mundo. EUA tem gente morrendo porque fica dançando com cobras. Tipo, eu realmente estou me lixando para vocês fazerem seus partos com tia rezadeira que não entende porra nenhuma de medicina.

      Bye the way, você não leu nenhum dos links referenciados na descrição do vídeo, não é? Por que leria, não é mesmo?

      E se sou sarcástico? Ok., vamos usar o seu imenso poder mágico para me impedir.

      1. Cara, que poder mágico? do que vc está falando? Sou ateu, cético. Minha santíssima trindade é: Roudini, Randi e Darwin. Ricardo Jones, é uma referência nacional no parto humanizado, não uma tia rezadeira.

        Falando em Links, tome este: https://ceticismo.net/comportamento/manual-basico-do-debate/

        Que tal usar esses conceitos e rebater meus 3 argumentos,.. os quais apresentei de forma clara e direta. Se gosta de debate assim como eu, vamos mante-lo o mais sóbrio possível sem a chacota usual, até porque você gosta de dar pancada em religioso, e eu, assim como você, sou ateu.

        1. Você reclamou do meu sarcasmo. Tadinho de você, criaturinha chorona. Corra pro seu papai e diga o quanto sou feio.

          Ops, fui sarcástico de novo.

          Ah, e não, kerydinha (isso é deboche), não sou ateu e estou sinceramente pouco me fodendo se você é ou deixa de ser.

          1. Ai, ai. Quanta agressividade, parece que você não sabe lidar com críticas. reparei que os comentários do site geralmente são de pessoas te aplaudindo ou religiosos sem conceitos mínimos de argumentação. Alguém que educadamente discorda pontualmente de você, gera todo esse desconforto. Mas vamos ao que interessa, debate de idéias.

            Suas palavras: “Tudo bem, eles estão acostumados com curiosos se metendo no trabalho deles.

            E sim, eu já esperava que fossem culpá-los. Disse isso no vídeo. Sabem porque ela durou 10 dias? Porque se não fossem os médicos ela teria morrido logo em seguida. Mas depois da merda feita, até mesmo medicina tem limites.”

            A merda feita seria o que? O que dentro das 48 horas pode ter matado 10 dias depois a jovem? ESPERE! Não responda ainda… Suas palavras novamente:

            “Em segundo lugar, DOMINE o que você está
            falando. Se for pra falar algo como “ouvi falar”, fique calado, acene
            e sorria, acene e sorria. Se o outro lado não souber do que está sendo
            discutido, lembre a ele que ele não tem como debater algo do qual não sabe.”

            Ao invés de rebater meus argumentos prefere intensificar a chacota na esperança que eu desista do debate,… cara você escreve bem!

            Suas palavras novamente: “Outro ponto é nunca aceitar desvio de assunto.
            Quando o outro lado começa a desviar o assunto, é porque não domina o primeiro.”

            Queria escrever bem assim.

            Mostre um pouco de respeito com seus leitores e rebata minhas afirmações com bons argumentos.

            Cara, não vou mentir, sou seu fã, suas palavras novamente:

            “A melhor forma de debater é, portando, saber
            apontar determinadas coisas, e quanto mais simples forem suas perguntas, mas
            com foco bem direcionado, mais difícil será responder a essas questões.”

            Vamos ver se você pratica aquilo que escreve!

            Abraços!

          2. Quanta agressividade, parece que você não sabe lidar com críticas.

            Conta tudo para sua mãe, Kiko!

            eparei que os comentários do site geralmente são de pessoas te aplaudindo ou religiosos sem conceitos mínimos de argumentação. Alguém que educadamente discorda pontualmente de você, gera todo esse desconforto.

            Você está educadamente falando besteiras. Vai pra casa, sua doula tá te esperando.

            Mas vamos ao que interessa, debate de idéias.

            Mas quem disse que eu tenho interesse em debater procedimentos naturebas?O que eu tinha a dizer foi dfito. Você que insiste. Só estou aprovando por pura bondade.

            Minto. É que adoro ver pessoas falando bobagens.

            A merda feita seria o que?

            Nenhuma, filhote. Ela estava em perfeitas condições. Os médicos malvados que a envenenaram por causa da máfia contra as queridas parteiras.

            Ao invés de rebater meus argumentos prefere intensificar a chacota na esperança que eu desista do debate,… cara você escreve bem!

            Típica Justificativa Religiosa 9: Falei uma coisa tão idiota que ninguém quis refutar, então, ganhei o debate.

            Aham, muito profundas suas colocações. Profundas como um pires.

            Mostre um pouco de respeito com seus leitores e rebata minhas afirmações com bons argumentos.

            “Prestem atenção em mim. Eu estou refutando o site. Prestem atenção em mim!”

            Vamos ver se você pratica aquilo que escreve!

            As perguntas foram respondidas. Mas sua doula não soube explicá-las. Vai pela sombra.

    2. Rogério,

      Perde tempo com esse cara não! Ele é um abilolado! Frustrado com a vida e provavelmente odiado pelos seus próximos!

      Ele acanalha tudo, é cheio de frescura e é burro além de tudo!

  6. Continuando,… outra informação que você omitiu do seu vídeo, é que após o parto no hospital, a mulher foi mandada para casa e viveu 10 dias antes de morrer, por complicações no procedimento cirúrgico. Não sou médico, logo não posso afirmar a causa-mortis, contudo, imagino que se o parto humanizado fosse o responsável pela morte, ela o bebê ou ambos, teriam morrido nas horas seguintes ao acontecido. Se foi mandada para casa pelos, reparem só, MÉDICOS, porque recair a culpa no parto humanizado? Se a vida da moça estava em risco, por que os, observem bem, MÉDICOS, não a mantiveram no hospital?

    1. Não sou médico

      Tudo bem, eles estão acostumados com curiosos se metendo no trabalho deles.

      E sim, eu já esperava que fossem culpá-los. Disse isso no vídeo. Sabem porque ela durou 10 dias? Porque se não fossem os médicos ela teria morrido logo em seguida. Mas depois da merda feita, até mesmo medicina tem limites.

Deixe uma resposta para Alvaro Rexs Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s