O anticorpo badass que bate de frente com a dengue

Dengue é uma bosta. É uma doença transmitida por um vírus através do mosquito Aedes aegypti. Como ele usa um artrópode como vetor, é chamado de arbovírus, e quando algum preguiço de um plano de saúde ou do SUS lhe disser que pode ser uma "virose", lembre-se que você pode estar com dengue.

O portal do Ministério da Saúde traz informações sobre os casos de dengue no Brasil e a coisa não parece estar muito bonita. Mas parece que temos uma nova arma. Um novo estudo da Universidade Duke identificou um anticorpo tipo Nick Fury capaz de neutralizar com mais eficiência o vírus da dengue.

Como você pode ver pelo mapa, a situação no Brasil não é lá essas coisas, mesmo se comparado com o sudeste asiático. Pessoal na África riu muito! O vírus dengue anda feliz e contente pela natureza, devido à sua multiplicação em mosquitos hematófagos do gênero Aedes. Esse vírus fidamãe pertence à família Flaviviridae, a mesma do vírus da febre amarela, apresentando quatro sorotipos: DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4, e todos podem causar tanto a forma clássica da doença quanto formas mais graves. Agradeça a Jesus, Obama e ao FHC por isso.

Embora existam relatos da doença desde meados do século XIX e início do século XX no Brasil, a circulação dos vírus dengue só foi comprovada laboratorialmente em 1982, quando foram isolados os sorotipos DENV-1 e DENV-4, em Boa Vista (RR) ficando o país sem notificação de casos por quatro anos. Em 1986, foi isolado o DENV-1 no Estado do Rio de Janeiro causando epidemia e dispersão desse sorotipo para diversas regiões do Brasil. Em seguida, com a introdução do DENV-2, também no Estado do Rio de Janeiro, confirmou-se o primeiro caso de dengue hemorrágico por esse sorotipo, com o aparecimento de formas graves também em outras regiões.  Maiores informações no site da FIOCRUZ, de onde kibei esses dois parágrafos.

A drª Shee-Mei Lok é virologista e professora associada do Programa de Doenças Infecciosas Emergentes. Sua especialidade é cristalografia de raios-X e microscopia crio-eletrônica. Ela pesquisa as mudanças estruturais do vírus da dengue durante o seu ciclo de infecção e o efeito terapêutico de anti-virais sobre o desgracento! Em outras palavras, A drª Lok, que não é adotada nem tem irmão loiro, tenta dar um jeito na bosta da dengue.

Em sua pesquisa, ela identificou um anticorpo super-potente que requer uma quantidade mínima para neutralizar o vírus da dengue. O anticorpo monoclonal humano recém-identificado como 5J7 é altamente eficaz para matar o vírus da dengue por meio de que é apenas necessário uma pequena quantidade de anticorpos para parar a infecção de dengue sorotipo 3 do vírus (DEN-3).

400 milhões de pessoas são contaminadas anualmente, e não existe vacina licenciada ou drogas terapêuticas eficientes. Apenas uma pequena fração dos anticorpos totais específicos de DENV na infecção de dengue que ocorre naturalmente consiste de anticorpos altamente neutralizantes. A pesquisa da drª Lok mostra que o 5J7 é uma espécie de BOPE especializado em vírus dengoso (desculpem!). O anticorpo tem a capacidade de cobrir totalmente a superfície do revestimento de vírus com menor quantidade em comparação com outros anticorpos potentes.

Como a Nature parou com a frescura de paywall, você pode ler o trabalho da drª Lok digrátis. Estou até pensando em imprimir as imagens e decorar a parede do meu quarto.

Claro, este anticorpo badass é mais específico pro sorotipo DENV-3, mas mesmo assim já é um grande avanço. Com a quantidade de pessoas morrendo anualmente, qualquer coisa é bem vinda e, claro, não duvido que em breve se descubra algo que combata os outros sorotipos.

2 comentários em “O anticorpo badass que bate de frente com a dengue

  1. “400 milhões de pessoas anualmente são contaminadas anualmente, e não existe vacina licenciada ou drogas terapêuticas eficientes.”
    Da uma revisadinha nesse trecho, a palavra anualmente está repetida, dando um sentido diferente ao que deve ter sido proposto.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s