Persegue-se quem anda perseguindo a perseguida alheia

Um majestoso canyon em Sierra Nevada
Médium promete curar pessoas com esparadrapo

Você não será hipócrita de dizer "num sei o que tá acontecendo!". Sabe sim! Vazou-se várias fotos da Jennifer Lawrence em posições… digamos, bem legais, provavelmente destinadas ao namorado, ficante, cacho ou sei lá qual é a gíria de agora. Foi uma correria: todo mundo queria ver os detalhes mais detalhados de Jlaw. O Twitter ficou em polvorosa e o pessoal do Facebook só deve estar sabendo agora, enquanto compartilha vídeo de 2010.

A culpa recaiu nos servidores na "nuvem", que sucumbiram a um DDoS. Uadafâqui iz dát?

DDoS é sigla de Distributed Denial of Service. Um DDoS Attack, ou Ataque Distribuído de Negação de Serviço pode ser definido como um monte de gente com uma marreta tentando abrir um cofre de parede. Uma hora o coitado vai ceder e você poderá pegar a ambrosia que tiver lá dentro, como as fotos magníficas da JLaw ou alguma coisa não tão legal, como uma sextape da Regina Casé.

Por um lado, culpam a vítima. Afinal, né? Quem mandou tirar foto pelada? Pelo outro, pessoal está dizendo que a culpa é da empresa que cuida dos dados, como pessoal dos Correios cuidam da sua bagagem.

Os dois melhores artigos até agora são do Cardoso: [1] e [2] Vai ler lá. Eu espero.  E já aviso que no final do artigo colocarei uma das muitas fotos da Jennifer Lawrence pelada que circulou por aí.

Vamos ser honestos, não há uma única linha nas EULAs (os contratos de serviço, aqueles que a gente clica "I agree" sem sequer ler) dizendo que a empresa é responsável pelos dados que você coloca lá. Se você perdeu, azar. Eu não tenho dinheiro para processar uma Apple ou Google. Você tem?

Mas Jennifer Lawrence só teve suas fotos compartilhadas.

Eu imagino que você ache isso pouco, mas ela confiou na empresa que suas coisas estariam seguras. Eu me lembro de ter lido no livro do Nicholas Negroponte (creio que era o Vida Digital) um caso em que ele narra ter passado por uma revista numa alfândega de um aeroporto qualquer. O aduaneiro perguntou o que era aquilo. Era um laptop (ou aportuguesadamente, notebook). O funcionário perguntou pelo valor. Nicholas pensou um pouco e disse: "2 milhões de dólares". Ele queria dizer que não era uma questão do aparelho em si e sim do que estava guardado nele.

Difícil de entender? Em 1990, um dos piores vírus espalhados até hoje foi lançado: o vírus "I Love You". Ele vinha como anexo num arquivo "Love-letter-for-you". Ele entrava no seu PC e era um inferno (na época) para removê-lo. Ele sobrescrevia arquivos de dados e fazia uma miséria. Pense na última foto de seus pais, ainda vivos. Nos filmes do seu filho recém-nascido. No sorriso da sua esposa quando você a pediu em casamento. Em diversas fotos de viagens, amigos queridos etc. Tudo isso indo pra vala, porque algum miserável sem ter o que fazer resolveu que ele era espertão!

Para JLaw, foi uma invasão de privacidade. As fotos não foram pra mim nem pra você. Para quem foi não interessa. Pode até ter sido pro Magneto! Mas, cá pra nós, há erros e mais erros em todo o processo.

Primeiro erro é essas empresas não darem a menor atenção do que se coloca em seus servidores. Eles estão "dando" serviço. Lamba! Não importa se é a foto da Ana Maria Braga em posições lascivas com a Suzana Vieira ou documentos da sua empresa. Você não processará a Apple ou o Google.

A revista Sexy ficou tirando onda de boa moça:

Não, a gente não vai postar as fotos e nem os links das fotos de Jennifer Lawrence nua. Elas não foram tiradas para nós, a Jennifer Lawrence não mandou pra gente, e nem a assessoria dela fez isso, infelizmente. Como essas imagens são da intimidade da J.Law, a única pessoa que pode compartilhar é ela mesma. O mesmo serve para as fotos vazadas de Ariana Grande, Kate Upton, Kristen Dunst, Avril Lavigne, e outras que foram ilegalmente e anti-eticamente publicadas por um hacker criminoso.

Não, filhotes. Vocês não vão veicular porque VOCÊS SIM tomarão um processo daqueles. Vocês não têm o poder advocatício da Apple, serão o elo mais fraco e fatalmente irão se ferrar lindamente.

E como só tem babaca hipócrita metido a ser mais real que a realeza, este cara aqui, cuja missão autodesignada é "espalhar o ‘Movimento do Novo Cavalheirismo’", diz que não devemos ver as fotos da JLaw peladona porque ela não quis mostrar para a gente e isso é tão errado quanto querer ver a dona perto da gente que está esperando o metrô.

FILHO! Todos nós fantasiamos. Se você não imagina como alguma mulher bonita (ou nem tão bonita assim, vai depender do gosto da pessoa) é por baixo das roupas, você tem sérios problemas freudianos. Você fantasiou com primas, tias e com a caixa do supermercado. Todos os homens fazem isso e, pasme!, mulheres também fantasiam. A única desculpa aceitável por você não querer ver as fotos de Jenny pelada é porque você é gay, o que não é nada demais. Eu não quero ver as fotos do José Mayer nu. Mas não venha dar lição de moral. Não se pode lutar contra 3 bilhões de anos de Evolução biológica. Nós queremos ver como seres do sexo oposto são quando estão despidos e, se não fosse por isso, papai não faria fuk-fuk com mamãe. Você viu as fotos, gostou e se não compartilhou, tanto melhor. Mas que viu, viu!

Em segundo lugar, a culpa desta trabuzana toda toda é das próprias pessoas que ainda não entenderam uma certa coisinha sobre o conceito de "nuvem". É só um conceito. Nuvem não existe (sobe a música. Tambores soam alto. Metais entram com todo vigor!).

Isso que vocês chamam de "nuvem" nada mais é que outros computadores, físicos, em algum lugar do planeta, mantido 24/7, gerenciados sabe Deus como, e não em água suspensa na atmosfera. Claro, são computadores um pouquinho melhores que o meu! Mas ainda assim são máquinas, e como tais, são sujeitas a erros, e o principal erro é serem operadas por seres humanos. As pessoas ainda acham que a Informática sempre usa poderes evocados junto aos antigos espíritos do mal (só às vezes). Eu cheguei a contar um caso no Twitter. Senta que lá vem história!

Como a rede do colégio onde trabalho vivia tendo problemas, com arquivos sumindo ou, pior!, as pessoas não salvavam os arquivos na pasta na rede, preferindo o desktop (até a hora do PC dar pau e o miserável perder tudo), os diretores pediram para a equipe de TI organizar um pequeno seminário sobre segurança de informações. Eu tive que ministrar este seminário, pois o pessoal de TI era sempre ignorado como "os caras chatos da Informática".

Eu mandei colocar uma mesa do meu lado no auditório, coloquei 200 reais em cima e disse que apostava 200 reaizinhos como eu desbloqueava qualquer celular dos professores. Um se aventurou. Peguei os dados do DP e entrei com a data de nascimento. PLIM! Desbloqueei a tela. próximo. Veio uma professora. Data de nascimento do filho. PLIM! Mais um. Outro veio com aquele sistema tipo "ligue os pontos". Eu desenhei a inicial do nome. PLIM! Digamos que não perdi os 200 reais.

Um dos professores sarcasticamente perguntou o que eu poderia ter de útil, salvo telefonar para alguém sem pagar. Eu peguei um dos telefones e mostrei que tinha app de banco. Cujo código de token vinha pelo próprio SMS, que seria recebido NAQUELE telefone. Falei sobre senhas, como bastava ter a carteira que eu teria acesso a vários dados pessoais, que normalmente são usados como senhas. Tinha gente que fotografou o contra-cheque, tinha até fotos que não era para ter visto, mas estavam lá, à mão, com lindas fotos íntimas da "filial", que se compartilhada a "oficial" teria bons motivos para um divórcio (eu nem mencionei isso na hora ou daria uma merda daquelas).

Pessoal saiu me chamando de chato, inconveniente e que eu queria me meter em suas vidas. Uma semana depois, perderam todos os arquivos da pasta que só os professores tinham acesso. 2 semanas depois, tinha gente indo falar que tinham sido furtados, perderam celular, carteira e os bandidos sacaram dinheiro de suas contas. Eu fiquei tão penalizado (juro) por não terem me dado ouvidos que eu nem tive expediente de dizer "BEM FEITO". Eu só disse pesarosamente "!Eu avisei a vocês. Por que não me ouviram?"

As pessoas precisam se conscientizar que Internet não é um reino mágico de coisas incorpóreas. É um lugar físico, sim! Servidores, discos rígidos, processadores etc. Eles estão lá, em algum lugar, e alguém os acessará. É mais que hora de pararem de frescura de ver "Ohhh, como a Internet é lindinha". Não é, é uma savana africana, e você é a vítima sob mira. Mas zebras e antílopes evoluíram para escapar de muitas armadilhas de predadores.

Quando será a vez das pessoas passarem por esse tipo de evolução?

Para terminar: foto da Jennifer Lawrence pelada:

Aposto que você veio correndo pra cá assim que leu lá em cima.

Um majestoso canyon em Sierra Nevada
Médium promete curar pessoas com esparadrapo

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Ayreon

    Tem uma piada que diz que trabalho em equipe serve para você colocar a culpa nos outros quando dá algo errado; eu complemento dizendo que a vida em sociedade serve para colocarmos a culpa nos outros pelas nossas burrices! 😀

    Em se tratando das fotos vazadas, garanto que essa atriz está de cu doce! (Aos ofendidos, perdoe a expressão chula) Ela cortaria os pulsos se tais fotos vazadas não fossem tão comentadas na mídia como estão agora. O ego dessa mulher está nas alturas por causa dos manginas (man+vagina; eu era um mangina!) de plantão, então ela fica nessa de processo, mas se ela fosse anônima, em busca do momentâneo estrelato, tais fotos seriam bem vindas.

    Engraçado das pessoas, André, é que elas não querem assumir as responsabilidades pelas ações (ou falta de ações) delas! Você, por exemplo, gentilmente se dá ao trabalho de instruir e partilhar do seu conhecimento, e os idiotas não seguem! Capaz até de alguns terem culpado a você pela burrice deles! No seu lugar eu soltaria em segredo uma risada diabólica!

  • Sempre que se fala sobre esse assunto de senhas fracas, DDoS e força bruta, eu me lembro de um cara que compilou uma lista das 500 piores senhas para se usar. Ele dizia que 1 de cada 9 contas de redes sociais usava uma daquelas 500 senhas. E 2% de todas as contas usavam as 20 primeiras. Será que no caso da JLaw, a senha era uma dessas 500?

    E com esse episódio de vazamento de dados, eu espero, como um processo de evolução, que o pessoal comece a usar criptografia em seus dados, ou então usar esses aplicativos que armazenam senhas, como o KeePass ou o LastPass. AI COMO EU SOU INOCENTE!!!!!!!!

    Mas o melhor mesmo foi essa tirada de boa moça da Sexy. Só se esqueceu de falar também que, com o projeto de lei de autoria do Romário, o nabo vai ser ainda maior para quem publicar informações vazadas.