Evolução não existe, mas não contem aos tubarões

Uma horda de criaBURRIcionistas, a essa altura, está com as mãos nas zoreia cantando “Kumbaya, my Lord”. Não que eles estejam errados. Todos nós sabemos do avanço do exército ateu-darwinista-illuminati-sargentelli. Para vocês terem uma ideia, os malditos darwinistas conseguiram convencer aos tubarões que Evolução existe e que eles deveriam ser selecionados naturalmente frente a outro mito: o Aquecimento Global, produzido pelo Al Gore agorinha mesmo.

Cientistas descobriram que alguns tubarões na costa leste da Austrália estão apresentando a tendência de fazer cruzamentos interespécies, coisa que nunca havia se visto antes. O que significa? Que cientistas estavam errados sobre o comportamento desses tubarões e, claro, isso prova que a Teoria da Evolução é mentirosa.

Num projeto de pesquisa da Universidade de Queensland, na Austrália, ficou-se evidenciado como duas espécies de tubarões (a saber o tubarão-de-ponta-negra australiano — Carcharhinus tilstoni – e o tubarão-de-ponta-negra comum — C. limbatus) andaram desrespeitando as santas leis de Deus e resolveram cruzar entre si, gerando descendentes. Isso nem é tanta novidade entre mamíferos, já que jumentos cruzam com cavalos gerando burros. Estes burros não são uma nova espécie, pois não são férteis. Uma nova espécie cruza entre si gerando descendentes, mas burros e mulas “não fazem filhos”, como se diz por aí. Em princípio, cães poderiam cruzar com lobos e gerar descendentes férteis, já que ambos pertencem à mesma espécie, Canis lupus (se bem que cruzar um lobo cinzento com um chihuahua soaria esquisito); no caso, os cães domésticos pertencem à subespécie Canis lupus familiaris.

O mesmo que acontece entre jumentos e cavalos aconteceu com as duas espécies de tubarões supracitadas, e a novidade é que isso ainda não tinha se visto entre membros da família Carcharhinidae. Os “tubarões híbridos” foram descobertos nadando felizes nas águas de Iemanjá, ao largo da costa leste da Austrália, descoberta essa que pode estar relacionada com as mudanças climáticas. Segundo a drª Jennifer Ovenden, híbridos selvagens são normalmente difíceis de encontrar, detectar e identificar sua prole é extraordinário. “Encontrar 57 híbridos ao longo de dois mil quilômetros de costa é sem precedentes (…) a hibridação pode permitir que os tubarões se adaptem às mudanças ambientais como o C. tilstoni,  atualmente adaptados a águas tropicais no norte”.

De acordo com os pesquisadores, uma das possíveis explicações pela mudança de comportamento seria que os tubarões estão procurando um meio de passar seus genes adiante, de forma a garantir a sobrevivência da espécie. Esses indícios abrem a possibilidade de encarar a teoria que outras espécies de tubarão poderiam estar fazendo a mesma coisa, de forma a terem melhores chances de sobreviver mediante as mudanças climáticas e intensificação das áreas de pesca.

Como a identificação das espécies utilizando sequência de DNA mitocondrial e identificação das espécies utilizando caracteres morfológicos (comprimento na maturidade sexual, comprimento ao nascer e número de vértebras) estava ficando muito confuso, foi usado marcadores de DNA nuclear (herdado de ambos os pais), que foi sequenciado e serviu para confirmar o estatuto híbrido. A pesquisa foi publicada no periódico Conservation Genetics.

Óbvio que isso não implica que novas espécies de tubarões estão surgindo… ainda. Com o processo de intercruzamento, a probabilidade de mutações genéticas acabarem acarretando a diversidade e separação entre as duas espécies será grande. As mudanças climáticas funcionam, então, como pressão seletiva e o ambiente selecionará naturalmente aqueles que estiverem aptos a sobreviverem.

Claro que isso só existiria se os processos seletivos realmente existissem, o que sabemos não ser verdade e estes tubarões, no máximo, são prova… bem, não sei do que eles são provas, mas temos certeza absoluta que não é nada relacionado à Evolução.

Ou é?

26 comentários em “Evolução não existe, mas não contem aos tubarões

  1. Os crias vão alegar que os tubarões não estão transformando-se em outros animais, então não é evolução, argumento padrão e previsível.

          1. @André, Certamente! Se a minha crassa opinião é assim tão valorizada, como posso dizer não? (isso foi uma gentileza) :roll:

            Se os descendentes dos tubarões hibridos são inférteis, então obviamente a possibilidade da(s) espécie(s) ser(em) extinta(s) aumenta exponencialmente. Eu não acredito que teremos tempo de presenciar o surgimento de novas espécies dessa suruba especial (e isso foi uma graça) :cool:

            Existe alguma possibilidade real de um animal hibrido possuir fertilidade? Eu nunca ouvi falar de tal coisa, mas aparentemente é isso que esses tubarões estão tentando fazer.

            Caso uma espécie inédita fosse derivada desse cruzamento incomum poderíamos nomea-la de piscis naturali trangenicus (e essa foi uma graça extra) :lol:

    1. @Alex MS, Certeza! Argumentação padrão crentosca! :cool: E ainda vão dizer que essas coisas que acontecem são ‘micro-evolução’, porque a ‘macro-evolução’ nunca foi presenciada, não foi comprovada e mimimi bla bla bla whiskas sache (como diria um cara bem debochado por aí)

      LOL

      Nem adão, o fodalhão que viveu 900 anos, teria como presenciar uma sequência evolutiva tão grande como a que eles querem ver. Uma Tapiridae como esse tipo de crente JAMAIS chegará a “macro-evoluir” para Hominidae. Quem dirá a Homo Sapiens…

      Se eles querem ver “macro-evolução” eles que vão assistir POKEMON :grin:

  2. André,

    Não sei se isso tem a ver com o artigo, mas hoje mesmo o “governasso” brasileiro anunciou que o mosquito da Dengue sofreu mutações e já está se adaptando aos inseticidas comuns. Boa notícia para um começo de ano, hein?

  3. Então os tubarões estão entrecruzando e criando uma especie
    infertil,se acontecer o aquecimento global teria alguma chance
    de realmente evoluirem,mas isso seria como a formação de
    petróleo levariam algums milhões de anos?

  4. Isto é intrigante, e já derruba um dos argumentos criacionistas. Pq eles dizem que por causa da criação de que cada espécie foi criada pronta, é impossível formar espécies híbridas. Pelo menos foi isso que disse em uma das publicações criacionistas que li.

    Evolução 1X0 Criacionismo

    1. @Ari dark, Se por publicações criacionistas você quer dizer aquele poço de desinformação que é a Sentinela ou Despertai! então fique sabendo que eles mal e porcamente entendem de teologia, e quando se arriscam a dar pitaco na biologia então nem se fala…

  5. Esse texto me deixou meio confuso também saber que a lei da evolução
    não existe(mesmo sendo ironia)foi um balde de água fria,junto com o aquecimento global que também diz ser uma lenda que eu li mas esqueci
    de juntar ao raciocinio e não prestar atenção ao termo criaBURRIcionistas
    foi uma confusão só.Tanto que para não inteirar a burrice dei um joinha
    no comentario:A resposta está no texto.Esse negócio é de certa forma
    fabuloso,coisa q só acontecia na terra entre outras especies acontecendo fundo do mar. :shock:

  6. Uma falha que percebo em muitos texto, neste me pareceu também (pelo menos um pouco), é deixar entender que o ser vivo teve a intensão de manter a espécie. Seria mais esclarecedor, ao meu ver, lançar hipóteses sobre o que levou os tubarões de espécies diferentes a se entrecruzarem. Como exemplo eu poderia colocar que a temperatura da água mais elevada diminui a quantidade de plânctons, que por consequência diminui a disponibilidade de alimento para os tubarões, bem como o número de indivíduos (tubarões). Dessa forma ficam menos exigentes com relação à escolha de parceiros. Outro exemplo seria que o aquecimento da água interfere nos sentidos do tubarão, diminuindo a percepção e consequentemente levando-o a uma escolha errada. O Aquecimento Global pode ser muito mais breve que o tempo necessário para haja evolução numa espécia tão complexa como um tubarão.

    1. Uma falha que percebo em muitos texto, neste me pareceu também (pelo menos um pouco), é deixar entender que o ser vivo teve a intensão de manter a espécie.

      Errado. O ser vivo não teve a intenção de nada. Não foi consciente. Muitas espécies não fazem isso e acabam sumindo ao longo da história da vida na Terra.

      Seria mais esclarecedor, ao meu ver, lançar hipóteses sobre o que levou os tubarões de espécies diferentes a se entrecruzarem.

      Obviamente, ninguém pensou nisso, não é?

      Como exemplo eu poderia colocar que a temperatura da água mais elevada diminui a quantidade de plânctons, que por consequência diminui a disponibilidade de alimento para os tubarões, bem como o número de indivíduos (tubarões)(…)

      Ok, ninguém pensou nisso.

      O Aquecimento Global pode ser muito mais breve que o tempo necessário para haja evolução numa espécia tão complexa como um tubarão.

      Hã??

      1. @André, Percebi certa grosseria na tua resposta. Não vi necessidade disso.
        Onde, no texto, são dadas hipóteses sobre o que estaria acontecendo com os tubarões?
        Eu só dei exemplos cara, e não exatamente para você. Assim como eu, muita gente lê os textos e os comentários também.
        Qual a sua intenção com o site, se quando alguém comenta você atira pedras?!
        Leia tua primeira resposta, você coloca “Errado” e depois concorda com o que eu falei.

        1. Onde, no texto, são dadas hipóteses sobre o que estaria acontecendo com os tubarões?

          Na parte do link com a ublicação indexada.

          Eu só dei exemplos cara, e não exatamente para você. Assim como eu, muita gente lê os textos e os comentários também.

          Que bom.

          Qual a sua intenção com o site, se quando alguém comenta você atira pedras?!

          Ora, o que intenciono todas as noites: Dominar o mundo.

          Leia tua primeira resposta, você coloca “Errado” e depois concorda com o que eu falei.

          Vossa excelsa pessoa tem sérios problemas de interpretação de texto. ONDE, em nome das calcinhas de Hera, eu concordei que espécies adaptam-se conscientemente? Eu não sei se vc sabe, mas os tubarões estuidados não eram o Tutubarão.

          1. Olha só, troll, porta da rua é serventia da casa. Eu AINDA não tinha sido grosseiro com vc, floquinho de neve que se ofende por qq merdinha, mas parece que seu pobre coraçãozinho não aguenta quando apontamos que vc falou besteira. O site não lhe serve? Então vá pra outro, pois ninguém aqui implora a sua leitura, que se mostrou ridícula, bem como sua capacidade de entender que não existe processo evolutivo consciente.

            Em resumo, volta lá pro seu joguinho de pokemon, ok? Frequências de communicação fechadas.

  7. Eu acho hilário quando eu leio os posts do ceticismo.net no feed e na maioria das vezes o adsense coloca uma propaganda religiosa no rodapé, agora a pouco apareceu uma de “Educação Adventista”. Outro dia tinha uma propaganda do Islã, que inclusive informava que eles possuiam atendentes disponíveis em um chat para tirar dúvidas :lol:

    Vou prestar mais atenção nas propagandas de agora em diante, até que tem coisas divertidas!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s