Chineses ganham troféu joinha ao exterminar toda a vida num lago usando pesticida

Encontrados seres vivos em ambiente sem oxigênio
Virus de planta é capaz de atacar seres humanos, diz cientista

trofeu_joinha.jpgChineses são um povo… interessante. Não chegam a ser tão bizarros quanto os japoneses (NADA pode ser mais bizarro que os japoneses, nem mesmo os italianos), eles até fizeram muito em termos culturais, como a invenção da pólvora, do papel e já possuíam uma civilização organizada enquanto os toscos hebreus ainda não passavam de um ridículo povinho que era jogado pra lá e pra cá, ao sabor do vento causado pelos grandes impérios do Oriente Médio. No Oriente Distante, a China cantava de galo e seu almirante Zeng He (que na verdade não era chinês de nascença) comandou a maior frota do mundo (na época, é claro), e que chegou a navegar até a costa de Moçambique. Há uma certa controvérsia sobre se ele teria chegado à América antes de Colombo. E isso usando barcos de juncos! A Força era poderosa no sujeito.

Depois de pessoas como o audacioso Zeng He, da dinastia Han e do próprio Kung Fu Tsé (Confúcio, para os íntimos), os descendentes daqueles que fundaram o Império do Centro tiveram a “brilhante” ideia de cultivar num lago em 9 de abril. Dessa forma, os “jênios” resolveram que para tal, era preciso que não houvessem peixes na região. Dessa forma, jogaram 560 kg de pesticida, onde literalmente aniquilaram TODA a vida na droga do lago, mandando todos os seres vivos numa passagem só de ida (não não) para conversar com Buda.

Esta é sua SEXTA INSANA!

Desista da ideia de um fim-de-semana tranquilo, pescando lá na China. Se bem que eu não sei quem seria o débil mental de fazer este programa de índio. Qualquer um que pensar em pegar um peixinho nas águas de mais de 6,7 quilômetros quadrados, incluindo um lago de 4 km quadrados, precisa ser internado como completamente doido, já que a autoridade municipal alertou que um bando de agricultores alucinados empestearam o lago Luojia, localizado em Baizehu, no município de Anqing.

Pan Jinbiao e outros agricultores idiotas foram abrilhantados com a presença efusiva de Shiva, e este deu a maravilhosa ideia para eles plantarem sementes de Qian Shi (Euryale ferox), usadas na (pseudo)medicina tradicional chinesa e também em jardinagem, como ornamento. Pela sanha de passar o cerol em tudo, ela deve ser carinha também. O problema é que Shiva é um deus hindu e fez isso só de sacanagem. Buda deve ter dado um esporro no pessoal para eles deixarem de ouvir os demais deuses. Javé disse que não tinha nada com isso, pois o negócio dele são chuvaradas e bolas de fogo, e Quetzalcoatl caiu na gargalhada, e – cá pra nós – cobra alada rindo não é algo que se veja todos os dias.

O resultado disso é que os acéfalos acabaram envenenando o lago Poyang, e as autoridades da pesca estão enlouquecidos para tentar deter o avanço do pesticida, de forma que não polua outras águas. Eles também estão levando os peixes mortos para serem enterrados ou queimados, porque, sabem como é… aquela peixarada dando sopa (figurativamente, claro) num país que já tá caminhando para 2 bilhões de pessoas (isso não é figurativo), é algo que faz qualquer um abrir o olho (sim, é uma piada ridiculamente clichezaça, e não estou nem aí).

Parabéns, senhores agricultores. E, de resto, queria saber a opi9nião vegan: O cara matou um monte de peixe só para usar plantas na medicina, a fim de proteger os pobres ratinhos brancos da selvageria dos cientistas, não é? Não teria sido melhor cuidar de uns boizinhos? Seria mais ético que aniquilar a vida de um lago inteiro, certo? Pobres fungos e bactérias!


Fontes: Terrae China Daily

Encontrados seres vivos em ambiente sem oxigênio
Virus de planta é capaz de atacar seres humanos, diz cientista

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!

  • Demente

    O caso envolve agricultores “sem visão”, mas isso reflete aquilo que um grupo seleto de pessoas é capaz de fazer em nome dos próprios interesses – e o quanto isso pode ser destrutivo.

    Medo.

  • Independente do veganismo, creio que os fins não justificam os meios. Não há desculpas para esta mortandade de peixes, ainda mais em se tratando de pseudo-medicina.
    Quanto ao troféu joinha, outro forte candidato são aqueles ingleses que queimaram uma floresta inteira mês passado. O motivo torpe era a tentativa de coibir as pessoas de fazerem sexo lá.

  • SandroCeara

    Não vejo muita diferença entre esse fato e o que os nossos doutos “capitães da industria” vem fazendo pelo mundo todo. A diferença é que esses chineses o fizeram por ignorância.