Novos túmulos encontrados em Gizé

Uma coleção de túmulos que pertencem aos trabalhadores que construíram pirâmide de Khufu (2609-2584 A.E.C.) – mais conhecido pelo seu nome em grego, Quéops – foi descoberta na área dos túmulos dos operários sobre o planalto de Gizé, conforme anunciado pelo Ministro da Cultura, Farouk Hosni. Ele acrescentou que os túmulos foram encontrados por uma equipe de escavação egípcia liderada pelo Dr. Zahi Hawass, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades. Dr. Hawass disse que as tumbas são datadas da 4ª dinastia e pertencem aos operários que construíram as pirâmides de Khufu e Quéfren (2576-2551 A.E.C.).

“Esta é a primeira vez que se descobre túmulos como os que foram encontrados durante a década de 1990, que pertencem às 4ª e 5ª dinastias (2649-2374 A.E.C.)”, afirmou Hawass, salientando que este grupo de túmulos pode ser considerado uma das descobertas mais importantes dos séculos 20 e 21, além de lançar mais luz sobre o período inicial da 4ª dinastia, bem como contrariando os rumores de que as pirâmides foram construídas através da escravidão.

“Esses túmulos foram construídos ao lado da pirâmide do rei, o que indica que essas pessoas não eram escravos, por qualquer meio. Se fossem escravos, eles não teriam sido capazes de construir suas tumbas ao lado de seu rei “, concluiu Hawass.

O túmulo mais importante é a que pertencem a um Idu. É retangular em estrutura de tijolos de barro com um invólucro exterior coberto com gesso. Adel Okasha, supervisor das escavações, disse que a parte superior do túmulo Idu tinha uma forma abobadada, simbolizando a colina eterna de ondea criação humana começou, de acordo com a tradição religiosa de Memphis (no Egito, e não a terra do Elvis). Esta forma, disse Okasha, fornece fortes indícios de que este túmulo data do início da 4ª dinastia 4. Esta forma também é semelhante aos dos túmulos localizado ao lado da pirâmide Snefru em Dahshur.

No lado ocidental da tumba Idu, a missão descobriu um conjunto de túmulos de operários, bem como os restos de caixões, enquanto no seu lado sul outro grande túmulo foi encontrado. É um túmulo retangular construído com tijolos de barro com vários eixos de sepultamento, cada uma contendo um esqueleto curvado com cacos de barro.

Hawass disse que havia provas de que fazendeiros no Delta e no Alto Egito enviaram 21 búfalos e 23 ovelhas para o planalto todos os dias para alimentar os trabalhadores, acreditando-se ser 10 mil – cerca de um décimo da estimativa de 100 mil do historiador grego Heródoto. Esses fazendeiros eram isentos de pagar impostos ao governo no antigo Egito – evidência que enfatiza o fato de que estavam participando de um projeto nacional. O egiptologista disse ainda que a descoberta indica que os trabalhadores vinham de famílias topo da Delta e Alto Egito. Trabalhadores eram substituídos a cada três meses, e aqueles que foram enterrados lá, de certo morreram durante o processo de construção.

Dr. Hawass afirmou que, de acordo com a arqueologia não podemos fixar um prazo para a construção da pirâmide. Limitando este prazo a uma época específica está errado por se basear em informações inexatas que o processo de construção só foi executado durante os três meses do dilúvio. O transporte do granito, basalto e blocos de calcário utilizados na construção foi realizada apenas na época das cheias, mas as obras não se limitavam a esta época, e duravam o ano todo. Os blocos utilizados na construção do corpo da pirâmide foram trazidos do próprio planalto de Gizé.

A primeira descoberta das tumbas dos trabalhadores em 1990 aconteceu acidentalmente quando um cavalo tropeçou numa estrutura de tijolo a 10 m do local de enterro.


Fonte: Press Release do próprio Zahi Hawass

Um comentário em “Novos túmulos encontrados em Gizé

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s