Ku Klux Klan diz que Obama é “só metade negro”

Red Alert! Red Alert! Todos aos seus postos de combate, pois o Detector de Besteiras do Ceticismo.net está soando alto.

Como todo bom hipócrita que se preze, alguns ridículos estão de saias curtas pela vitória do presidente eleito Barack Obama (alguém aqui já reparou que o Lewis Hamilton é a cara dele?); e um belo exemplo é o diretor da Ku Klux Klan, o pastor protestante Thomas Robb.

O tosco cre(n)tin(h)o declarou após a vitória democrata na corrida à Casa Branca que o presidente eleito dos EUA é “só metade negro” (sic), levando a níveis galáticos a falácia do escocês!

Para aqueles que não sabem nada, a Ku Klux Klan – mais conhecida como KKK (não estou me referindo a risada internética) – é a associação racista mais famosa (e escrota) do planeta, identificada historicamente por seus capuzes brancos, cruzes incandescentes e crimes raciais desde 1865, criada nos EUA.

Em um texto publicado no site dos safados racistas (sim, eles têm um e não posto o endereço. Google pra quem quiser) que prezam a supremacista branco (Goldwin? PRESENTE!), Robb afirma que “Barack Obama se tornou o primeiro presidente mulato dos Estados Unidos”, e não negro, já que “ele não foi criado em um ambiente negro“. “Ele foi criado por sua mãe [branca]”, argumenta, na nota intitulada “América, nossa nação está sob julgamento de Deus!”.

Acho engraçado uma representação que é (não venham me dizer que isso é coisa do passado) sinônimo de ódio, separatismo, perseguição e morte se preocupe em arrumar paninhos quentes para dizer que Obama não negro, simplesmente por medo, receio e cagaço. Lamento, pessoal, Obama é negro, afro-descendente, negão, pessoa de cor (esse é o pior termo, mas vá lá) ou qualquer outra classificação que inventem pra dizer que ele não é branco. É de etnia negra, pronto e acabou-se! Convivam com isso, bando de racistas estúpidos!

Robb interpreta que, com a eleição de Obama, o “povo branco” (pausa pro vômito) dos EUA vai perceber que é hora de se unir contra aqueles que odeiam seu modo de vida – estrangeiros e negros, de acordo com a KKK. “Essa eleição de Obama nos chocou? Nem um pouco! Nós vinhamos avisando ao nosso povo que, ao menos que os brancos se juntassem, seria exatamente isso que aconteceria”, incitou.

De um lado temos maníacos fundamentalistas cristãos e racistas que querem se unir contra o Afro-presidente. Dou outro, temos maníacos fundamentalistas psicóticos muçulmanos que querem impor o islamismo a todo mundo. Alguém aí sabe quando sai o próximo vôo pra Marte?

Para racistinha de merda, a votação do última terça-feira (04/11) não foi uma disputa entre liberais e conservadores, mas “uma guerra racial e cultural, travada contra o povo branco”. Ohhh, que mêda! A moral e bons costumes cristãos (risadas) estão em xeque…

Durante a campanha eleitoral deste ano, a polícia de Michigan chegou a abrir investigação para apurar a autoria de pichações em um outdoor da campanha de Obama. As ofensas, com suásticas e símbolos da KKK, foram feitas no mês passado.


Fonte: Folha Online

66 comentários em “Ku Klux Klan diz que Obama é “só metade negro”

  1. Em 1936, nas Olimpiadas de Berlim, um corredor negro ganhou a medalha de ouro, humilhando os nazistas e pondo por terra a supremacia ariana.

    Em 2008, um negro conquista a Presidencia dos EUA, humilhando os supremacistas brancos da direita crista.

    O que vira a seguir ?

  2. A Ku Klux Klan é uma piada,de mau gosto ainda…..

    Vamos berrar no ouvido desse povo que .: NÃO EXISTE RAÇA NO GÊNERO HUMANO,NEGROS E BRANCOS NÃO SÃO RAÇAS….GENETICAMENTE NÃO HÁ DIFERENÇA NENHUMA…..NO MÁXIMO SÃO ETNIAS,NÃO RAÇAS….

    Diferentes povos que se adaptaram a diferentes lugares do planeta terra,não houve distanciamento suficiente entre esses grupos para que se originasse uma nova raça…..no máximo pequenas diferenças de pele,cabela,olhos e só,do resto é a mesma coisa.

    No gênero humano quanto mais se mistura melhor fica,é o que chamamos de variabilidade genética,hoje só existe o Homo-sapiens sapiens e ponto.

    :D

    1. Hã.. desculpe, mas verdade seja dita: Há diferenças genéticas entre branco, negros, índios e amarelos. Biologicamente, as etnias poderiam ser consideradas variações de espécies, podendo ser consideradas raças.

      Só que uma raça não é limitação para desempenhos intelectuais.

      Ademais, qualquer um que estude o mínimo de biologia (não é o caso dos crentes) sabem que as raças “puras” são as mais vulneráveis.

      1. :smile: Obrigado pelas correções Andre…

        É o que eu digo…quanto mais mistura,melhor Fica…hahaha :grin:

        Raça pura nada,vamos misturar…hehehehe a KKK é tosca demais…,e cristã ainda por cima,com suas cruzes pegando fogo e tudo…

      2. Só que uma raça não é limitação para desempenhos intelectuais.

        Existe um louco, por aí, com uma pesquisa idiota, dizendo que é.

        (não é o caso dos crentes)

        Outra generalização.

        1. pra falar a verdade, a raça negra existia antes da branca, pra quem não eh criacionista, claro, TODOS nós temos ancestrais negros, até por que o homem surgiu na África… não gosto muito de falar neste assunto por que sempre tem alguém para me chamar de racista ou qualquer coisa assim, eu digo e repito: não sou racista, mas existem SIM diferenças entre brancos e negros que não são apenas a cor da pele, e as pesquisas de Richard Lynn fazem sentido sim e são muito bem fundamentadas, e assim como o negro tem mais capacidades físicas, o ‘amarelo’ oriental tem mais capacidades intelectuais, qual o problema com isso?
          não significa que um negro não possa tirar um PhD ou qlqr coisa assim

          1. @ZzXx,
            “assim como o negro tem mais capacidades físicas, o ‘amarelo’ oriental tem mais capacidades intelectuais, qual o problema com isso?
            não significa que um negro não possa tirar um PhD ou qlqr coisa assim”
            Concordo. Mas isso não se aplica mais no geral as missigenações de raças que sofremos no Brasil ou nos EUA, como exemplo. Estamos tão “misturados” que essas diferenças intelectuais ou físicas acabam sendo mínimas (ao menos que seja uma família negra “pura”). O Obama se formou em três universidades: não teria sido diferente se fosse “mais branco”.

  3. Reinaldo Azevedo, aquele puxa saco da igreja católica e anti-obama assumido,
    não publicou o meu comentário lá no blog dele ! :neutral:

    Meu comentário foi educado,ele não publicou porque eu escrevera que a vice do MacCain, a Sarah Palin, tentava censurar livros nas bibliotecas lá do Alasca, :shock: ,alem disso mencionei que ela é criacionista coisa que eu não concordo.

    Que :evil: :evil: :evil:

    1. e voce queria o que? reinaldinho soh libera comentarios que puxem o saco dele…
      alias, nunca vi tantos comentarios de “anonimos”!!!

  4. :wink: Gostei de verdade…
    Racistas estúpidos…
    Gostie da idéia do blog… Sou católico, afro-descendete, negão, se preferir, hsuahsuahsuahsuahs…
    Enfim, creio que vocês estão abertos a discurssões civilizadas…
    Apenas não culpem pela caça às bruxas… hsuahsuahsuhas Brincadeira…

    Esse pessoas da KKK me parecem tão infantis em sua pose de “mamãe, sou branco”, que me custa acreditar que alguém os leva a sério…

    Abraço!

    1. que bando de imbecis, o q socialismo tem a ver com nazismo?
      pior eh um deles xingando o cristianismo, que deu origem ao
      próprio nazismo bwohohoho!

        1. Menino, se eu soubesse à que te referes, já teria respondido à sua pergunta da primeira vez. Aperte a tecla SAP, faz favor que estou com a mente em modo ‘slow’.

  5. Para racistinha de merda, a votação do última terça-feira (04/11) não foi uma disputa entre liberais e conservadores, mas “uma guerra racial e cultural, travada contra o povo branco”.

    Outras partes também, mas principalmente ssa, lembrou-me “O Presidente Negro”, do Monteiro Lobato.

    Um péssimo livro, by the way…

      1. Cada dia pior…

        Uma vez precisava fazer um pequeno comentário relacionando um assassino em massa da Bósnia com os conflitos do início da primeira guerra ou algo assim, não me lembro mais do nome do cara – acho que era Carniceiro da Bósnia, ou Açougueiro da Bósnia, algo assim. Sei que, pra provocar, disse algo como “e ódio propagado por diferenças religiosas não costuma durar pouco tempo, como nos ensina o cristianismo”.

        Ele se recusou a aceitar isso como argumento… Enfim… E é incrível como um professor de história pode realmente ver um aspecto tão paz e amor no cristianismo… Ainda se fosse o meu novo professor de química – esse sim é PIOR que o de história – mas não, logo o de história.

        Acho que eu não te falei do de química, não é mesmo? Esse cara, chamado Sandro, numa das primeiras aulas que tive com ele, vei com uma de que enxofre rômbico é aquele usado em rituais religiosos porque ele “neutraliza” energias negativas do ambiente. Pode? Pior: ele foi além e veio dizendo que, “sim, alguns são charlatões, mas tem algumas pessoas com o dom de receber espíritos. Aí vocês perguntam: como que dois espíritos podem ocupar o mesmo corpo se duas coisas não podem ocupar o mesmo lugar no espaço? O que acontece é que o espírito do cara sai primeiro pra depois o outro entrar”…

        :roll: Pois é…

        1. carniceiro da Bósnia… você está falando de Karadzic. Ele matou 7000
          8000 bósnios. Bom… Ele é 1 “escoteiro” se comparado com o grande
          genocida dos Balcans … Ante Pavelic da Ustasha..

        2. Fabiane: essa é a questão, ele não conseguiu. Pelo menos não de
          química. Ele é engenheiro químico =/

          Aqui no colégio é f*da viu. Se não é ele é outra professora, que explica
          bem melhor a matéria e etc – eu a via mesmo como um baluarte da
          ciência como alternativa a essa desgraça atual. Mas aí descubro que
          ela usa homeopatia… :neutral:

          Aí cabô…

        3. Pergunta pra ele se o cara recebe o espírito do vinho de vez em quando e que vc gostaria de oferecer óleo de vitríolo na salada dele. ;-)

  6. Não sei realmente se o Obama é o melhor que a América pôde fazer por ela mesma, mas haja vista quem deixou a cadeira de espaldar mais alto do país, há uma sensível melhora. Foi preciso preciso passar por 8 anos de estupidez redneck crônica para aprenderem a pensar um pouco menos extrema direita-conservadora. Bush, afinal, fez um bem imenso ao novo presidente. Só o tempo dirá se essa foi uma boa escolha.

  7. “De um lado temos maníacos fundamentalistas cristãos e racistas que querem se unir contra o Afro-presidente. Dou outro, temos maníacos fundamentalistas psicóticos muçulmanos que querem impor o islamismo a todo mundo.”

    nao dava pra gente juntar SOH esses dois grupos ai e deixarem que se matem? algo do tipo, isola-los em um deserto ou coisa parecida e deixa-lo se matarem???

  8. Ainda fico horrorizado em ver pensamento como alguns publicados essa semana, em alusão a eleição de Obama, buscando comparação quando o Brasil terá seu primeiro presidente negro.
    Isso por si só já é racismo, o Brasil terá seu presidente negro, índio, mulato, ou seja que etnia for, quando igualmente em disputa aquele que a nação julgar mais capacitado.

    Se a equipe do cet.net autorizar posto o link aqui da matéria.

    1. Pois é.. p Brasil tá em dívida…
      1994 África do Sul elegeu seu 1° presidente negro
      2006 a Bolívia elegeu seu 1° presidente índio.

  9. Esta semana, segunda-feira, eu comprei a superinteressante de outubro e tinha uma matéria sobre a kkk. É um absurdo.
    Tem uma parte assim: ‘ A NOVA KLAN: é o pesadelo de muita gente, mas já existe até um programa de governo, caso eles chegem no poder, irão implantar algumas medidas ( cretinas). Agumas das principais propostas:
    -Criação de uma lei proibindo a prática do homossexualismo.
    – Fim do ensino da teoria da evoluçao nas escolas.
    – Aboliçao do aborto.
    -Fechamento das agências que monitoram o abuso de crianças pelos pais.
    – Proibiçao da entrada de mulheres na polícia e nas forças armadas.
    :???:
    Já pensaram???

    André, qndo vc for pra Marte, me avisa que eu quero ir junto!!! ( sem maldade, sei que tua mulher é ciumenta) :grin:

    1. Estou com esta revista aqui, gostei muito da matéria, inclusive…
      tem muito da história da kkk que não tinha na Wikipédia…

  10. Peterson Espaçoporto

    Não foi uma guerra racial, foi uma batalha contra o conservadorismo, fundamentalismo, e valores ultrapassados, contra tudo aquilo que os americanos entendiam, e muitos ainda entendem como supremacia.

  11. hello people

    esse video nao tem a ver com o post da kkk, mas achei que devia postar, eh hilario!!! pensei em fazer isso com as testemunhas de jeova que aparecem na minha casa!!!

  12. Como todo bom cético eu não me engano com a cor da pele. Pra mim norte americano é norte americano e ponto. De um lado um burro protecionista, do outro um elefante guerreiro. O equilíbrio político do planeta passa pela melhoria da economia dos países em desenvolvimento. Mudança de presidente, seja ele preto,branco, amarelo etc não resolverá o problema. Quem viver verá!

  13. Vi um documentário certa vez a respeito de um teste genético para tentar provar que um ex presidente norte-americano (ou alguém do alto escalão) teria tido uma negra na família (ele teria um antepassado bastante distante fruto de um relacionamento de um branco com uma escrava, algo muito raro nos EUA). Não me lembro de quem era, tentei pesquisar na Internet e não achei nada. Mas sei que na época se falava de grande probabilidade do cara ser um “afro-descendente”. Alguém conhece esta história?

  14. Achei uma reportagem com um título bastante racista que fala da história do teste de DNA. O engraçado é que eu, como não me lembrava bem da história, acreditava que o presidente é que seria um descendente distante de negros. Porém na verdade ele teria tido um filho com uma mulata. A reportagem diz que a tal revelação era chocante para mitos americanos – acho que, devido ao fato de que para mim não existe nada demais no fato, acabei achando que teria visto algo diferente (algo com implicações mais diretas para as teorias racistas, tais como um presidente afro-descendente).

    O link para a reportagem é:
    http://veja.abril.com.br/111198/p_136.html

    Outra coisa esgraçada: quando postei, tentei dizer que o documentário se referia a um presidente afro-descendente (parente distante de uma escrava). Não sei se ninguém entendeu o meu texto (escrevo mal ou são analfabetos funcionais?) ou os autores das postagens posteriores realmente entenderam o que eu especulava: um presidente afrodescendente anterior a Obama. Se foi o segundo caso, acho que estava começando a criar um mito devido a uma conhecida falha da memória humana…

    1. Ao que eu me lembre, eu apenas postei a reportagem que a História Viva trouxe.

      Logo, acho que quem tem problemas de leitura com certeza não sou eu.

  15. Po eu tava divagando aqui e cheguei a conclusão de que quase todo o preconceito que existe veio da religião. O preconceito nasce do medo. E não existe instituição que pregue mais o medo do próximo do que a religião falando contra os que não são fiéis. Imagina la na idade média era atráves de incutir preconceito no povo contra outras raças, culturas e povos que a religião conseguia levantar exercitos e ganhar muito $$$$

  16. “Hã.. desculpe, mas verdade seja dita: Há diferenças genéticas entre branco, negros, índios e amarelos. Biologicamente, as etnias poderiam ser consideradas variações de espécies, podendo ser consideradas raças.

    Só que uma raça não é limitação para desempenhos intelectuais.

    Ademais, qualquer um que estude o mínimo de biologia (não é o caso dos crentes) sabem que as raças “puras” são as mais vulneráveis.”

    Andre sou crente e estudo um minino de biologia, por isso tenho que corrigi-lo.
    Na afirmaçao acima vc quis dizer variaçoes da especie, né? e nao variaçoes de especies. Porque quando se diz variaçoes de especies significa que vc trabalha com especies diferentes. O que nao é o caso dos indios, negros, brancos e amarelos. Pois sao variaçoes da especie humana.
    Agora se vc falar de cães, gatos, carrapatos, lesmas, pessoas e macacos. Ai sim sao as variaçoes de especie, como vc disse.
    Nas demais palvras concordo contigo.

    1. Andre sou crente e estudo um minino de biologia, por isso tenho que corrigi-lo.

      Parabéns, vc é uma exceção, filho.

      Na afirmaçao acima vc quis dizer variaçoes da especie, né? e nao variaçoes de especies.

      Não, meu caro, eu quis dizer EXATAMENTE o que eu escrevi. Eu estava me referindo a toda e qualquer espécie do planeta e não especificamente do Homo sapiens. Mas, sua frase tb é aceitável NESTE artigo exclusivamente. Capisce?

      Porque quando se diz variaçoes de especies significa que vc trabalha com especies diferentes. O que nao é o caso dos indios, negros, brancos e amarelos. Pois sao variaçoes da especie humana.

      Tá, meu filho, mas eu estava me referindo em sentido lato.

      Agora se vc falar de cães, gatos, carrapatos, lesmas, pessoas e macacos. Ai sim sao as variaçoes de especie, como vc disse.
      Nas demais palvras concordo contigo.

      That’s Ok.

  17. :twisted: Palhaçada, todos voces são um bando de bundoes.
    Ja que voces sabem tudo e so falam mal dos brancos americanos, porque voces não consertam o Brasil ?
    Onde o n de assasinatos superam a guerra do Iraque.
    Quer saber, acho sim que voces são todos anti brancos protestantes ate mesmo aqui no Brasil ., voces são os racistas da pior especie.
    Sera que e porque voces sabem que são eles que botam as coisas pra fazer?

  18. Hum, acho que Fantini e sobrenome italiano e alguns italianos são viúvas de Mussolini e Hitler, tudo haver com a KKK. nada de novo.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s