Pistas de nossas antigas chuvas esquecidas

Olhamos para o passado mediante pistas que existem hoje, no presente. Sabemos de seres vivos que já não existem mais mediante seu registro fóssil, que pode ser desde um dente até uma pegada. Sabemos de como era a superfície do planeta mediante rochas e como era a atmosfera com a análise de amostras de gelo  retiradas da Antártida. Agora, sabemos mais ainda sobre como era a atmosfera em tempos há muito esquecidos por meio de uma coisa tão simples que mal nos damos conta quando cai, a não ser se seu maravilhoso penteado foi feito à base de chapinha: a chuva.

Mas como analisar chuva antiga?

Continuar lendo “Pistas de nossas antigas chuvas esquecidas”

Pesquisa aponta: Ação humana já afetava clima durante império romano

O problema das pessoas nem é a ignorância, que pode ser resolvida estudando. O problema é a burrice, em que mesmo vendo o ´[obvio à sua frente, insistem em desculpas esfarrapadas e "cientistas" de faculdade de esquina, sem um único artigo publicado num periódico decente. Enquanto os criacionistas negacionistas da evolução do aquecimento global esbravejam que não não há nenhuma evidência de especiação mudanças no clima. Não adianta postar fontes da NASA e do NOAA, que fazem parte da imensa conspiração Illuminati, ignorando que só a invenção da agricultura ajudou a mudar o clima [1] [1a PDF]

Agora, uma pesquisa indica que a subida da temperatura global não é tão recente quanto os criacionistas do clima, digo, os negacionistas do Aquecimento Global insistem em encher o saco como prova que ele não existe. Segundo a pesquisa, desde os tempos do Império Romano que o clima vem se alterando. Mas os romanos eram financiados pela indústria de carros elétricos, provavelmente.

Continuar lendo “Pesquisa aponta: Ação humana já afetava clima durante império romano”

Uma grandiosa imagem da Terra. Grandiosa MESMO!

O Elektro-L não é um satélite qualquer. É incrivelmente lindo e maravilhoso. Trata-se de  nova geração de satélites meteorológicos, desenvolvidos para a Agência Espacial Russa. Lançado do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, em 20 de janeiro de 2011, o Elektro-L tem trazido várias e excelentes fotos de nosso planeta. Algumas delas em uma resolução que fico em dúvida se classifico como gigante, estúpida ou boçal, mesmo.

Continuar lendo “Uma grandiosa imagem da Terra. Grandiosa MESMO!”

Sonda Cassini estuda a atividade das nuvens da lua Titã

A monitoração contínua da atmosfera de Titã pela missão Cassini, que vem explorando o sistema saturniano desde Julho de 2004, está começando a revelar alterações sazonais na circulação atmosférica e desprendimento nova luz sobre a climatologia globais da maior lua de Saturno e a segunda maior de todo o sistema solar, depois de Ganimedes.

Em um estudo publicado na Nature, cientistas planetários examinaram mais de 10.000 imagens capturadas pelo espectrômetro de mapeamaneto de luz visível e infra-vermelho, a bordo da Cassini, realizadas entre julho de 2004 e dezembro de 2007. O estudo foi conduzido por uma equipe internacional liderada por Sebastien Rodriguez, da Universidade de Nantes, na França. Alguns eventos individuais, incluindo a chuva, tem sido relatados anteriormente, mas o novo relatório é a primeira vez em que a climatologia global de Titã foi examinada com o objetivo de identificar mudanças de estações na atmosfera de Titã. É o tipo de estudo, que é ativado pela vasta quantidade de dados observacionais que a nave espacial tem acumulado ao longo dos anos. Continuar lendo “Sonda Cassini estuda a atividade das nuvens da lua Titã”