A água sobre o vulcão que causa espetáculo

O Etna, longe de vender móveis caros (com qualidade que nem sempre acompanha o preço) é um vulcão malvadão, tipo daqueles que deveríamos jogar todos os funcionários dos Correios. Este caldeirão do capeta está situado na parte oriental da Sicília, sendo um dos vulcões mais altos do mundo. Sim, esse aí de cima. Não, isso aí não são aliens do Independence Day, nem os Senhores Supremos, de O Fim da Infância (de cuja cena o ID4 kibou). São nuvens, apenas nuvens.

Continuar lendo “A água sobre o vulcão que causa espetáculo”

Aquecimento global intensifica turbulências. Segura o seu café aí!!

Imagine o cenário. Você está num voo. Sente aquela vontadinha de ir ao banheiro. Vai, volta e quando se dirige pro seu lugar o avião começa a sacudir. O piloto fala pra todos apertarem os cintos, só que o manezão está em pé, tentando me segurar para que eu não metesse a fuça em algo ou alguém. Não é legal isso. Tal fenômeno é a chamada “turbulência”; correntes de ar ascendentes e descendentes se movimentando ao mesmo tempo, fazendo o avião sacudir.

Não dá para adivinhar onde as turbulências irão ocorrer. No máximo, pilotos recebem a orientação de se manterem afastados de áreas de instabilidade, recebendo dados dos sistemas de navegação da aeronave. Só que tem um problema: A turbulência do ar está se intensificando devido às mudanças climáticas que um bando de ignorantes jura não existir.

Continuar lendo “Aquecimento global intensifica turbulências. Segura o seu café aí!!”

Os nuvens brilhantes que pairam sobre o negrume da terra

Eu gosto de nuvens. De todos os tipos! Como simples vapor d’água condensado em altitudes superiores podem ser fantásticas? Assumindo diferentes formas, é claro. Elas nunca são as mesmas, nunca parecem iguais, mesmo quando estão enquadradas no mesmo tipo. O vento, a umidade, o fluxo de ar ascendente, o ângulo da luz que bate nelas… tudo faz com que cada nuvem seja mágica, única.

Uma das nuvens que eu mais gosto são as nuvens noctilucentes. São nuvens interessantes, pois enquanto está de noite aqui em baixo, ainda é dia lá em cima por efeitos de geometria e óptica.

Continuar lendo “Os nuvens brilhantes que pairam sobre o negrume da terra”

Os vórtex de uma fúria da Natureza

Caçar tempestades não é pra qualquer um. Ainda mais que é uma caçada em que o objeto de caça sempre sai ileso, mas nem sempre isso acontece com o caçador. Tempestades, apesar de seu caráter devastador, ainda são mesmerizantes. sentimos medo, pavor, fascinação, assombro, admiração, preocupação e vários outros sentimentos. Quanto mais intensa, mas pavorosa é, mas os vídeos sempre impressionam também por sua beleza. Sua catastrófica beleza.

Mike Olbinksi é fotógrafo. Você sabe… casamentos, bebês, gente feliz essas coisas. ó que sua identidade secreta é… bem, é secreta e seus clientes não sabem que ele é caçador. Um caçador de tempestades.

Continuar lendo “Os vórtex de uma fúria da Natureza”

Inscrições antigas elucidam sobre mudanças climáticas

A história humana se baseia no registro de histórias e histórias ("estória" com "e" é neologismo inventado por Guimarães Rosa. O certo é "História" em ambos os casos). Desde cedo relatamos detalhes de nossa vida, de nosso mundo ao redor, de nosso universo, mesmo que esse universo seja medido em alguns metros. Esses contos de um passado longínquo nos faz aprender muito, como é o caso das pinturas rupestres encontradas em uma caverna na China, com inscrições únicas que nos fazem saber muita coisa. Até sobre mudanças climáticas.

Continuar lendo “Inscrições antigas elucidam sobre mudanças climáticas”

As belíssimas nuvens noctilucentes

Desde que eu cheguei, eu estava vendo algo para postar. Nenhuma notícia pareceu-me algo legal o bastante para trazer pra vocês. Não que elas não sejam importantes. Mas às vezes a gente quer algo diferente de "Cientistas desvendam quebra-cabeça da esclerose múltipla". É legal, é inspirador, mas não queria isso hoje. Até mesmo divulgadores de Ciência gostam de algo mais inspirador, ainda que não seja Ciência pura.

Eu vi um vídeo em time lapse. Isso é muito legal, e faz um tempo que eu não posto nenhum vídeo assim. Nele eu vi nuvens noctilucentes, e queria compartilhar com vocês.

Continuar lendo “As belíssimas nuvens noctilucentes”

O que são rios voadores? Como ensinar sobre isso?

Se você é morador de São Paulo está felicíssimo com rodízio de água e a multa por gastar demais, enquanto a SABESP jogar quilolitros de água literalmente pelo esgoto. Fica difícil para nós, professores, explicarmos sobre ciclo da água para as crianças e, em seguida, dizer que falta água. Como assim falta água? A resposta é que se desperdiça muito mais e você que se dane. Ainda assim, ficamos pensando "de onde vem esta água?". Isso somado à pergunta: "Por que as chuvas estão diminuindo?". Se estamos tão perto do oceano, as chuvas ainda deveriam estar tranquilamente inundando nossas vidas, certo? Tipo: como ensinar aos meus alunos se eles fizerem perguntas desse tipo? Ignoro e mando ficar recortando florzinha?

Todo Caderno dos Professores é um Livro dos Porquês. Peguem seus materiais, aprenderemos Geografia, Biologia, Climatogia e Física.

Continuar lendo “O que são rios voadores? Como ensinar sobre isso?”

Das cores da noite ao amanhecer

Eu sempre preferi a manhã. O acordar é como um nascimento e o adormecer é como uma morte. Nascemos e morremos, morremos e nascemos. Todos os dias. haverá uma ocasião que apenas adormeceremos e não mais acordaremos. Que seja tranquilo esse dia. Os dias e as noites passam por nós e nem sempre percebemos a beleza lá fora, muitas vezes longe de nossos olhos urbanos. E apesar de eu preferir a manhã, sei que a noite está longe de ser completamente escura. Ela é vibrante com luzes que jamais imaginamos. Luzes como os do vídeo a seguir:

Continuar lendo “Das cores da noite ao amanhecer”

Uma Máquina de Fazer Chuva

Não é magia, não é o caso de índios esquisitos com poderes especiais nem caciques minhoquinhas que trabalham no Reveillon. Quando o clima seco e baixa humidade afeta a vida de muitas pessoas, é hora para apelarmos a um poder supremo. O poder do Conhecimento. O poder da Ciência.

Então, se o problema é falta de chuva, apelemos para uma máquina de fazer chover.

Continuar lendo “Uma Máquina de Fazer Chuva”

O maravilhoso “círculo de fogo” nos céus australianos

Como vocês são espertos, prestaram atenção nas aspas; já que o Círculo de Fogo do Pacífico não compreende a Austrália. Acontece que hoje é sexta-feira e eu ainda tenho que trabalhar. Nada como algo ameno para nos alegrar, ainda mais que estamos no fim do mês e o salário é apenas uma doce lembrança.

Em 10 de maio deste ano, um eclipse fez dos céus australianos algo muito legal. Como sempre, o Brasil não foi agraciado com a visualização do evento, pois não possuímos estrutura para um evento deste porte. Assim, compartilho com vocês um vídeo em lapso de tempo (time lapse) mostrando o magnífico eclipse que ocorreu neste dia. Espero que gostem.

Continuar lendo “O maravilhoso “círculo de fogo” nos céus australianos”