Gosta de próteses impressas em 3D? Toma mais uma!

Eu me lembro quando começaram a sair as primeiras impressoras jato de tinta com preços não tão abusivos. Minha primeira impressora foi uma HP 680. De longe, a melhor impressora que eu tive até hoje, apesar de sacudir toda a mesa e fazer uma barulheira. Ainda assim, era legal eu poder imprimir tudo o que eu queria, textos, fotos, desenhos etc. Atualmente, as impressoras 3D estão indo pelo mesmo caminho. Você poderá imprimir o que quiser, desde bonequinho de Star Wars até membros (não necessariamente esse, mas também não está descartado).

Há vários projetos abertos para você baixar e “imprimir” (soa meio esquisito, não?). há várias iniciativas para próteses baratas e eficientes. A mais recente é de um recém graduado em Física da Universidade de Ithaca, que precisou de uma impressora 3D e a vultosa quantia 15 dólares.

Continuar lendo “Gosta de próteses impressas em 3D? Toma mais uma!”

Octobot: o robô molenga feito todo em impressora 3D

Eu gosto de robôs. Todo mundo gosta de robôs. Nós amamos robôs (não esqueça disso, Skynet. Amamos você). Robôs são pensados como serviçais desde que Karel Capek cunhou o termo tendo como base a palavra polonesa “robota”, que significa “trabalho pesado”, em que robôs fariam o serviço duro, deixando as pessoas ficarem em casa usando redes socais e se entupindo de porcarias. Ok, na época dele não havia tantas deliciosas porcarias industrializadas e muito menos redes sociais, mas você entendeu.

Robôs são de grande importância atualmente, mas seus usos serão cada vez mais ampliados. Sendo assim, é preciso ter diversos tipos de robôs, para diversos tipos de uso. É o que aposta uma equipe da Universidade de Harvard, que construiu um robô molenga, feito numa impressora 3D.

Continuar lendo “Octobot: o robô molenga feito todo em impressora 3D”

Técnica híbrida mistura tecidos vivos e polímeros para restaurar ossos

Todos os dias, várias pessoas se acidentam, ou são acidentadas de propósito, se me compreendem. São batidas de carro, surras, quedas, catástrofes naturais e toda sorte (deveríamos dizer “azar”, mas não foi eu quem inventou a língua) de coisas erradas que podem ferrar com o nosso corpo, principalmente nossos ossos. Mesmo porque, ossos – se você se lembram das aulas do Ensino Fundamental – protegem nossos órgãos, nos dão sustentação e ajudam na locomoção. Uma fratura já não é brincadeira, quanto mais acidentes mais graves; e se levarmos em conta a demora na recuperação, sendo pior ainda com o avanço da idade, temos que arrumar uma maneira de restaurarmos esses ossos.

Eu perguntei ao reconhecidíssimo e muito importante departamento de Filosofia em que eles poderiam ajudar. Afinal, dizem que Filosofia é a mãe da Ciência, certo? Infelizmente, a resposta que me deram foi “não sabemos, o jacaré cor-de-rosa nos informou que somos de Humanas, mas Heidegger…”. Saí pesaroso e acabei vendo o que o pessoal especializado em Biomateriais poderia ajudar.

Continuar lendo “Técnica híbrida mistura tecidos vivos e polímeros para restaurar ossos”

Milagre: Mães cegas conseguem “ver” seus filhos ainda não nascidos

Oh, quem foi o responsável por este milagre?

1) Pastor Jesuíno Bacamarte, da igrejinha "Jesus é Nóis!", em Nova Iguaçu.
2) Um monte de monges budistas orando.
3) O pessoal formado em Filosofia e Sociologia.

Ah, desculpe. Foi a Ciência mesmo. Que bosta, né? Que merda poder dar às mães a capacidade de "ver" os seus filhos que ainda não nasceram, quando essas mães são cegas e jamais poderiam ver um monitor de um aparelho de ultrassonografia.

Continuar lendo “Milagre: Mães cegas conseguem “ver” seus filhos ainda não nascidos”

Um microscópio feito com impressora 3D de menos de 1 dólar

Em 2009, eu tinha publicado um artigo sobre dois pesquisadores que transformaram um celular num microscópio bem eficiente, chamado de Cellscope. Mas 5 anos é muito tempo em termos de desenvolvimento tecnológico. Apareceram no mercado vários celulares com câmeras absurdamente melhores, com lentes que fazem minha primeira máquina fotográfica digital se esconder debaixo de uma pedra.

Agora, além de você poder ver mais detalhes, você ainda poderá confeccionar seu próprio microscópio, caso tenha uma impressora 3D.

Continuar lendo “Um microscópio feito com impressora 3D de menos de 1 dólar”

Cientistas usam impressão 3D para produzir tumores. Er… hã?

As pessoas acham que cientistas são loucos querendo dominar o mundo, para depois destruí-lo (eu só estou interessado na primeira parte); assim, acham que só fazemos coisas macabras, quando produzimos muita coisa legal, como imprimir células tumorais em laboratório e… PERAÍ! Andam fabricando tumores cancerígenos com uma impressora 3D? E SÓ AGORA ME AVISAM???

Sim, isso mesmo! Um grupo de pesquisadores na China e os EUA criaram com sucesso um modelo 3D de um tumor canceroso usando uma impressora 3D. Isso deve ser mais maneiro que brincar de LEGO!

Continuar lendo “Cientistas usam impressão 3D para produzir tumores. Er… hã?”

Médicos usam impressora 3D para fazer bebê voltar a respirar

Eu confesso: adoraria ter uma impressor 3D. Eu imprimiria um monte de treco inútil. Eu modelaria meu rosto em 3D e imprimiria uma estátua minha, deixando para a posteridade a minha magnificência.

Isso, claro, porque sou um pulha; já que médicos usaram uma impressora 3D para um fim mais nobre: salvar a vida de um bebezinho, imprimindo uma traqueia novinha em folha.

Continuar lendo “Médicos usam impressora 3D para fazer bebê voltar a respirar”

Carpinteiro faz mágica e devolve as mãos a crianças amputadas

Não, não é desse carpinteiro que eu estou falando. Este carpinteiro não gosta de amputados.O carpinteiro mágico que estou falando é Richard Van As (sim, você que sabe algo de inglês pensou a mesma coisa que eu e dá razão às mulheres em achar que nunca passamos dos 13 anos), um camarada muito legal que ao sofrer um acidente percebeu que podia fazer muito mais pras pessoas do que simplesmente se lamentar.

Continuar lendo “Carpinteiro faz mágica e devolve as mãos a crianças amputadas”

Pesquisadores criam uma microbateria com auxílio de uma impressora 3D

Desde que o mundo é mundo, sempre fomos dependentes de fontes de energia. Seja aquele escravo lerdo movendo uma imensa mó até seu carro, fontes de energia nunca foram 100% eficientes, graças às idiossincrasias da Termodinâmica. Se eu sair com meu smartphone de manhã cedo com tudo ligado (3G/4G, wif-fi, bluetooth etc), fatalmente a bateria não conseguirá chegar até a noite sem precisar de carga. Não é o caso daquele seu dumbphone de 1,99 comprado nas Casas Bahia, pois o consumo de energia é muito menor. A saída seria desligar tudo, e você terá um belo peso de papel de cerca de 2 mil reais. Aliado a isso, não adianta você sair com um aparelho menor que seu relógio e sua bateria ser do tamanho de uma bateria de carro. As pesquisas agora visam diminuir o tamanho, aumentando a eficiência. Será possível?

Sim, é. E os cientistas de Harvard parecem ter a resposta para isso, onde eles simplesmente imprimiram uma bateria com um tamanho menor que a espessura de um fio de cabelo.

Continuar lendo “Pesquisadores criam uma microbateria com auxílio de uma impressora 3D”

Pesquisa indica uso de impressoras 3D na produção de ossos sintéticos

A onda agora é usar impressoras 3D em tudo o que for possível. Eu QUERO ter uma impressora 3D. Você quer uma impressora 3D. Até mesmo Jesus iria querer uma impressora 3D e ele poderia fazer seu próprio pão ao invés de dividir com os bebuns da Santa Ceia.

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts agora pretendem usar impressoras 3D para "imprimir" nada mais, nada menos, que ossos.

Continuar lendo “Pesquisa indica uso de impressoras 3D na produção de ossos sintéticos”