Quer águinha limpinha? Químicos fazem melhor que a Natureza (in da face, Darwin!)

Um dos grandes problemas do discurso “está acabando a água” é que a água não está acabando. Qualquer um que sabe ciclo da água sabe disso. O problema é deixar a água existente própria para ser consumida, e o tratamento de água está ficando caro, porque remover imundície sai caro. Apesar de dessalinizar água estar ficando cada vez mais barato, o problema é quando se está longe do mar e tem uma água péssima para consumo, em que uma simples filtragem é difícil.

Pediram para um grupo de sociólogos resolverem isso, mas eles estavam ocupados dando aula de Sociologia para dizer que Sociologia serve para algo que eles não sabem bem o quê. Então, pediram para engenheiros resolverem o problema. A solução seria ver o que se tem de melhor produzido nos últimos 3 bilhões de anos. Bem, acharam: proteínas.

Continuar lendo “Quer águinha limpinha? Químicos fazem melhor que a Natureza (in da face, Darwin!)”

Fez faxinão? Segura aí até saber o que você libertou

Ei, você aí! Você, mesmo! Eu sei que você detesta sujeira e mete desinfetante em tudo, joga cloro pra todo lado, usa lança-chamas se deixarem! Finalmente, você conseguiu se livrar daqueles malditos germes, germes, germes pra todo lado! Finalmente, sua casa está limpa, certo?

Isso é o que você pensa, mas tenho más notícias: você não só não está com a casa 100% livres das bactérias, mas se estiver, fica tranquilo aí que você abriu espaço pros fungos tomarem conta.

Continuar lendo “Fez faxinão? Segura aí até saber o que você libertou”

Pesquisadores de Câncer pesquisam método para identificar, localizar e destruir tumores

Câncer é uma droga. Não só porque ferra com a pessoas, como joga sujo e faz de tudo para se esconder das formas de detecção. Às vezes, se detecta logo, e isso garante 80% de chances de se ver livre do Caranguejão do Mal. Em outras palavras: quanto melhor identificar quem é o bandido no corpo, fica fácil mandar o BOPE biológico sentar o dedo na eliminação do lazarento. A saída é qual? Tentar outros métodos de identificação, que é o que pesquisadores da Universidade Yale estão desenvolvendo.

Não, nada de se esconder, Mr. Crab!

Continuar lendo “Pesquisadores de Câncer pesquisam método para identificar, localizar e destruir tumores”

Crianças negras necessitam de tratamento diferenciado para combater asma

Você pode pensar que remédios especializados mediante etnias é algo próximo (se não o próprio) a racismo. Não é. Pessoas são diferentes, ainda mais quando colocamos duas etnias na balança. A resposta farmacológica pra um nem sempre serve para o outro. Resta fazer pesquisas, por mais eugenista que alguns idiotas queiram fazer parecer.

Negros têm tendências a doenças em maior probabilidade do que brancos (talvez não aqui no Brasil, com essa miscigenação doida que temos por aqui). Uma pesquisa estudou a frequência de casos de asma em afro-americanos em comparação com caucasianos, e sim, os negros têm maior frequência e severidade do que brancos.

Continuar lendo “Crianças negras necessitam de tratamento diferenciado para combater asma”

Seres Supremos, incríveis e maravilhosos criam detector de câncer portátil e eficiente

Medicina diagnóstica e importante, e em alguns casos é preciso que seja rápido com o máximo de precisão mediante a rapidez necessária. Ok, que rapidez e precisão não andam juntos, mas se puder ter um mínimo de acerto para direcionar o tratamento necessário, é uma mão na roda, e isso vale para a detecção de câncer.

Eu já tinha escrito sobre um novo teste promete apressar o diagnóstico de câncer no ovário. Agora,pesquisadores criaram uma caneta cancerindentificator, capaz de detectar câncer intraoperatório de maneira portátil.

Continuar lendo “Seres Supremos, incríveis e maravilhosos criam detector de câncer portátil e eficiente”

Novo teste promete apressar o diagnóstico de câncer no ovário

Câncer não é algo legal. Nenhum dos quase duzentos tipos dele. O de ovário é muito sério, já que é a segunda neoplasia ginecológica mais comum, atrás apenas do câncer do colo do útero, embora seja o mais mortal deles, com o agravante de ser difícil de ser diagnosticado. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, a larga maioria dos casos de câncer no ovário é derivada das células epiteliais que revestem o ovário, sendo o restante vindo de células germinativas (vocês sabem: os óvulos) e células estromais, que são as responsáveis pela produção dos hormônios femininos na quase totalidade.

O grande problema do câncer de ovário é seu difícil diagnóstico, muitas vezes demorando anos para que se tenha notícia que o lazarento está lá devorando a pessoa por dentro. Só que uma nova pesquisa promete antecipar em 2 anos a possibilidade de detectar câncer no ovário; e como sabemos: quanto mais cedo se detecta um câncer, mais fácil ele é tratável e curável.

Continuar lendo “Novo teste promete apressar o diagnóstico de câncer no ovário”

Tratamento de reposição de testosterona pode fazer mais mal do que bem

Com a idade, não somos mais quem costumávamos ser. Homens têm diminuição de níveis de testosterona, o hormônio masculino. Com isso, vem de presente perda de massa óssea e consequente aumento do risco de fraturas, perda de força por diminuição da massa muscular, aumento da massa gordurosa, fadiga, aumento da resistência à insulina e do risco de diabetes, depressão e comprometimento das funções cognitivas. Alguns tratamentos para isso requerem reposição de testosterona. Fácil de ser resolvido, certo? O que vem fácil vai fácil.

Uma nova pesquisa aponta a ligação entre terapia de reposição de testosterona com maior risco de sofrer acidente vascular cerebral isquêmico ou infarto do miocárdio, especialmente durante os dois primeiros anos de uso.

Continuar lendo “Tratamento de reposição de testosterona pode fazer mais mal do que bem”

As conexões moleculares entre diabetes e doenças cardiovasculares

Diabetes é o tipo de doença que faz o favor de ferrar com as pessoas de todas as formas possíveis. Eu já tinha noticiado a ligação entre hepatite e diabetes tipo 2. Agora, uma nova pesquisa identificou uma conexão celular entre o diabetes e o estreitamento dos vasos sanguíneos. Isso é ótimo, do ponto de vista de um projeto que parece que está lá só para nos causar problemas cada vez mais graves. Olha que legal: além de diabetes com todos os males que ela causa, você ainda ganha de presente doenças cardíacas e possibilidades de AVC intensificadas.

E não esqueça dos problemas hepáticos que eu acabei de relembrar.

Continuar lendo “As conexões moleculares entre diabetes e doenças cardiovasculares”

Altos índices de obesidade no Kwait pode ser devido a contaminação por urânio. Mas pode não ser

Kwait, além de ser uma titiquinha de pais, só se salvando por ser muito rico graças ao petróleo, tem uma das mais altas taxas de obesidade do mundo. Sim, chocante; você estava pronto para dizer EUA, mas as taxas de obesidade entre adultos americanos não passam de 40%. No Kwait, 42,8% da população é obesa. Arábia Saudita (35,2%), Egito (34,6%), Jordânia (34,3%) e Emirados Árabes Unidos (33,7%) formam os gordinhos de Allah. Os países que possuem as menores taxas de obesidade são Bangladesh, Etiópia, Nepal, Vietnã, Madagascar e Índia, todos tinham níveis de obesidade abaixo de 2% de suas populações. Acho que dá para se ter uma pequena ideia do motivo, não?

O problema é: “por que o Kwait é uma nação de chupetinhas de baleias do deserto?”

Continuar lendo “Altos índices de obesidade no Kwait pode ser devido a contaminação por urânio. Mas pode não ser”

França se rende à Ciência e corta reembolso de remédios homeopáticos

O Brasil é um país tosco que vive na Era Pré-Científica. Aqui rezadeiras ganham comendas, índios mágicos são contratados para controlar o tempo, universidades têm departamentos paranormais e Homeopatia é especialidade médica reconhecida. A França, assim como vários países de verdade, vai num caminho contrário do Brasil, por motivo intrínseco óbvio. A nova resolução do Ministério da Saúde é, de forma resumida, Homeopatia é o cacete, e eles não vão mais financiar ninguém vendendo água com açúcar em pílulas.

Mas você vai querer saber mais, né?

Continuar lendo “França se rende à Ciência e corta reembolso de remédios homeopáticos”