Pastor drag queen toma um pé bunda eclesiástica e afastado dos seus serviços pastorais

Dizem que de boas intenções o Inferno está lotado. Talvez, mas eu acho estranho como seguidores de uma religião parecem conhecer tão pouco sobre ela. Piora o caso quando quem comete o deslize é o próprio clérigo. Isso fica bem demonstrado com um pastor metodista esqueceu o que o Levítico e Saulo de Tarso disseram e apareceu vestido de drag queen num programa de TV.

Moral da história, foi delicadamente convidado a se retirar do seu ofício, e com sorte que Igrejas Metodistas não tem um Tribunal do Santo Ofício.

O pastor Craig Duke era o pároco da Igreja Metodista Unida de Newburgh. Essa igreja, claro, fica na cidadezinha de Newsburgh, no estado de Nova York, nos Estados Unidos, com pouco mais de 28 mil habitantes, ou um condomínio no Rio de Janeiro. Uma cidadeca dessas seria bem progressista, certo? Bem, se você foi idiota ao ponto de pensar isso, fique tranquilo. O bom pastor também pensou, o que faz de vocês dois otários.

Achando que estava abafando num programa da HBO, o pastor desfilou vestido de drag queen, com um perucão rosa imenso e maraaaaaaaaaaaaavilhoso, enquanto dublava a música “We R Who We R.” da Ke$ha. Para completar o visual, o pastor Craig estava com unhas de acrílico envernizadas, botas de plataforma e um vestido brilhante com franjas. Meninas, foi um arraso! Sim, é ele na foto de abertura. Outras fotos no vídeo a seguir:

Sim, arrasou com a carreira eclesiástica dele!

Os líderes da igreja disseram que Duke foi “dispensado das obrigações pastorais” a partir de 1º de dezembro. Ou seja, deram-lhe um pé na bunda mais espalhafatoso que a roupa do tio Duke no show. Quer dizer, os chefões juraram de pés juntinhos que ele não foi demitido, mas sabemos que isso é só para a poeira assentar e depois assentarem o pé na bunda dele.

3 comentários em “Pastor drag queen toma um pé bunda eclesiástica e afastado dos seus serviços pastorais

  1. E o pior é que não dá para condenar a atitude tomada pela Igreja. Ela está certíssima, afinal, como você, André, bem disse, religiões não são lá muito amigas de quem faz escolhas pessoais e use de livre arbítrio.

  2. O cara já está em um país bem liberal na questão de opção sexual, não há necessidade de se tornar padre, maçom ou fazer parte de alguma “sociedade secreta” para tentar se esconder hihihi

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s