Padre que não é escocês deseja que quem não for à missa morra de COVID. Amém, Jesus

De antemão falarão que o padre não é cristão de verdade, não come mingau e nem é escocês. Ainda assim, o bom padre Antônio Firmino Lopes Lana, ordenado segundo as palavras do Maravilhoso Conselheiro e príncipe da Paz, que falou para amarmos uns aos outros, criticou severamente quem não for à missa. Segundo ele, se a pessoa não está em grupo de risco e está em casa esperando a vacina, tem mais que morrer de COVID antes da vacina ficar pronta.

Mas Jesus te ama, Glória a Deus nas Alturas.

O belo sermão que segue as premissas da humildade, amor ao próximo, e gentileza gerando gentileza, foi proferido missa dominical da paróquia São João Batista, em Visconde do Rio Branco, no estado de Minas Gerais, neste último domingo, 23/08.

Segundo o bom padre, que aproveitou e criticou o aborto da menina de 10 anos, que foi estuprada desde os 6 e engravidou, já que ela é uma vítima sim, mas também é mãe. Uma linda mãezinha de 10 aninho de idade. Que lindo. Glória a ti, Jesus!

Quando chegou nos momentos finais, bem, vejamos o que ele disse:


Eu ouvi um amém?

Claro, ele é bom e puro de coração e só quer que as pessoas vão na missa, que é um dos sagrados sacramentos. Enquanto isso, o Papa celebrou missa a portas fechadas. Obviamente, o Vaticano retornou com a celebração da Santa Missa, amém, Jesus. Mas o Papa continuou escondidinho. Agora, o papa recebeu peregrinos. E quando soube que o avô de um deles falecera de Coronga, o papa reuniu todos os seus poderes mágicos investidos pelo Trono de Pedro, ao calçar as Sandálias do Pescador e curou todos e ressuscitou todo mundo, já que Jesus falou que quem tivesse a fé do tamanho de uma semente de mostarda seria capaz de fazer milagres maiores que os dele.

O Papa disse que ia rezar pelo aparecimento da vacina. Er… obrigado?

Mas não se preocupem. Nem tudo está perdido. Quer dizer, o Catolicismo continua mesmo e não vai mudar. Eu nem ligo mais. O que o padre falou é exatamente o que a Igreja Católica pensa, e se você quer ser católico, vai ter que seguir. Se achou um absurdo e quiser ser cristão ainda, não tem problema nenhum. Teve um sujeito que também não concordava com o que a ICAR dizia, saiu com um pedaço de papel e pregou na porta de uma igreja, com umas poucas e boas escritas lá. Só não esqueça que você será considerado herege, do grego, haeresis, que significa escolha. E religiões não se admitem escolhas.

Mas não fique deprimido. Alguns rezam, outros trabalham para melhorar o mundo. Por isso, fico feliz em comunicar que a poliomielite foi erradicada na África.

Faz melhor, Jesus, que eu quero ver!


Fonte: Correio da Bahia

3 comentários em “Padre que não é escocês deseja que quem não for à missa morra de COVID. Amém, Jesus

  1. Esse padreco desejando que os outros morram de coronga. Um outro padreco desviando doações. Aquela cantora crente e deputada que matou o marido com trocentos tiros. O Amor Cristão™ é algo tão lindo de se ver.

Deixe uma resposta para Toni Bellato Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s