Vacina contra câncer a caminho. Você fica quieta, fosfoetanolamina

O câncer de intestino é um câncer bem sério (para padrão câncer, já que todos os casos de câncer são sérios). Ele abrange tumores no intestino grosso, nas regiões do cólon, reto e ânus; e, por isso, também é conhecido como câncer de cólon e reto ou colorretal. É um matador severo, sendo a estimativa de novos casos de 36.360 (17.380 homens e 18.980 mulheres), ficando o número de mortes na casa de 16.697; sendo 8.163 homens e 8.533 mulheres (Fonte). É uma doença muito séria, principalmente (mas não exclusivamente) por ser difícil de se diagnosticar com antecedência, os tratamentos atuais são pouco eficazes e quase metade dos pacientes que passam por cirrugia (mesmo mais de uma) não sobrevivem devido à propensão do câncer para a recorrência.

Enquanto ficou um bando de idiots enchendo o saco com fosfoetanolamina, cujas pesquisas apresentaram eficácia pouco inferior a beber água, pesquisadores de veradde estão com os resultados iniciais da primeira fase de testes em humanos para uma vacina única contra o câncer colorretal; e eles estão bem animadores!

O dr. Adam Snook é pesquisador do Departamento de Imunologia da Universidade Jefferson. Ele tem uma páginam pessoal muito feia, mas você ainda pode mandar uma mensagem pra ele pelo Twitter. A pesquisa dele é focada na descoberta e no desenvolvimento clínico de novos imunoterapêuticos para o câncer, ouseja, uma vacina que mande o caranguejo do mal pra vala.

O tratamento em desenvolvimento pesquisado por Snook foi projetado para estimular o sistema imunológico do paciente a atacar e destruir o câncer. Você “ensina” ao anticorpo como mandar as células invasoras ra vala. O problema é que a célula cancerígena era sua célula antes, e isso torna difícil o reconhecimento pelo seu sistema imunológico como uma ameaça.

Claro, virão com o lenga-lenga que fosfoetanolamina fazia isso. O princípio realmente é assim, e era conhecido desde a década de 1940, mas nunca conseguiram encontrar o mecanismo químico para provar isso. Quando tentavam administrar fosfoetanolamina, não funcionava. Alegar que a pesquisa do Chierice era pesquisa, esbarra no fato que ele nunca foi adiante. Nenhum documento, artigo, evidência ou mero experimento., era tudo na base do “funciona porque eu quero que funcione”. Quando repetiram exaustivamente os testes, deram co os burros n’água.

A vacina pesquisada pelo dr. Snook se baseia na molécula de guanilato ciclase 2C, ou GUCY2C para encurtar. Esta molécula é encontrada naturalmente nas células epiteliais do intestino, no entanto, sua presença compartimentada nessas células significa que qualquer vacina que a dirija só deve direcionar células imunes a tumores e não a tecidos intestinais saudáveis.

Cuma?

Você quer mandar o câncer pra vala, né? Então, você precisa mirar nas células desgracentas, deixando as demais em paz. Para início de conversa, você quer só se focar no órgão (o intestino, no caso), o que já restringe muito a ação dos anticorpos. Depois, essa molécula é alterada e junto com aditivos é usada para mandar apenas as células cancerígenas pro colo de Nosso Senhor Satã.

Este primeiro ensaio humano da vacina foi concebido principalmente para estabelecer um perfil de segurança para o tratamento. Dez pacientes, com câncer de cólon em estágio I ou II, receberam uma única dose da vacina e foram observados por seis meses. Os resultados foram positivos, sem efeitos adversos graves relatados. Várias amostras de sangue revelaram que a vacina promoveu com sucesso o aumento da atividade de células imunes antitumorais específicas, sugerindo que o tratamento desencadeia a resposta imune desejada.

O próximo passo para a pesquisa é passar para estudos maiores de Fase II, as quais envolvem mais pacientes com endpoints para avaliar claramente a eficácia da vacina. A partir dos dados gerados pelo ensaio da Fase I, Snook e seu pessoal já modificaram a vacina visando melhor resposta imune.

A nova pesquisa foi publicada num periódico indexado com revisão de pares, o Journal for Immunotherapy of Cancer. Eu já nem pergunto mais cadê os periódicos que publicaram provando que fosfoetanolamina cura câncer. Outra coisa que eu não entendo é como a Big Pharma está permitindo a pesquisa do dr. Snook. Não sei nem como erradicaram o sarampo e a varíola, mas sabe-se lá se isso não é uma grande conspiração!

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s