“Deusa” passa o cerol numa pessoa sem querer querendo

Sadhvi Deva Thakur é uma inútil que é uma deusa. Quem falou que ela é uma deusa? Ela mesma. É mais ou menos como a Bíblia que diz que está sempre certa, e como está sempre certa, a Bíblia não erra ao dizer que está sempre certa. Thakur diz que é uma deusa, e como deusas não mentem, Thakur é uma deusa sim, pois ela mesma falou que é uma deusa, e deusas não mentem.

Tudo muito legal, e eu nem sou contra. Maluco afirmando que é Deus ou tem capacidades místicas e vêem spritus é o que não falta por aí. O problema foi quando no meio de uma festa de casamento, Thakur e seus seguidores resolveram comemorar a festança dando uns tiros pro ar. Quatro pessoas ficaram feridas e a tia do noivo tomou um teco certeiro e neste momento está batendo um papinho com Shiva.

Esperando começar o vídeoclip à lá bollywood para contar o caso, esta é a sua SEXTA INSANA!

O caso aconteceu em Karnal, uma cidadezinha esquecida na Índia, capital do distrito de Karnal, no estado de Haryana, perfazendo um monte de informação inútil, pois você continua sem saber onde fica essa bagaça.

Por algum motivo, razão e circunstância que eu não consigo divisar qual seja, no meio de uma festa de casamento, os seguidores do partido político (que também é uma seita) Mahasabha a resolveram que seria uma UÓTIMA ideia dar uns tiros pra cima junto com a líder do culto, a deusa Sadhvi Deva Thakur. O problema é que esqueceram duas coisas: bala, quando sai do cano, vai pra algum lugar; além disso, o que sobe, tem que descer.

Takhur e seus seguidores retardados (alguém que segue uma dona que diz que é uma deusa não pode ser normal) fizeram vários disparos de revólver para o ar no dia 15 último. Nem feriado respeitam. Putzgrila! Os tiros atingiram os convidados, mandando 4 pro hospital, que não deve ser lá essas coisas, e a quinta foi a tia do noivo, que não teve tanta sorte e está verificando neste momento se aquele lance de reencarnação, círculos cármicos etc. são verdade.

Ninguém esperava que esta estúpida começasse a atirar com seus asseclas. Takhur chegou junto do DJ e pediu para tocar uma música. DJ bem mandado fez e os energúmenos começaram a dançar e dar tiro para todo lado, ignorando os pedidos dos convidados para parar com aquela mostra de imbecilidade. Algumas pessoas foram sensatas o suficiente para ralar peito dali o mais rápido possível, enquanto outras chamaram os meganhas de Vishnu. Na hora que o caldo entornou e a tia do noivo caiu dura com um tiro, o grupelho botou vinte no veado e saiu às pressas, não dando tempo para a polícia pegar os caras e aquela dona doida. Agora estão revirando os locais vizinhos, à procura desse pessoal.

Bem, quando se tem uma imbecil que acha que “a população de muçulmanos e cristãos está crescendo a cada dia e, para controlar isso, o governo deve fazer uma lei para impedi-los de produzirem tantas crianças. Eles devem ser obrigados a sofrer esterilização para que não se proliferem”, entendemos o tipo de retardo mental que esta imbecil tem. Agora, será uma merda achar a criatura num país com mais de um bilhão de habitantes, mas isso é tão burra que é capaz de dar mole e ser pega pela polícia.

Afinal, se fosse inteligente não ficaria dando tiro pro alto sem mais nem menos.


Fonte: Indian Express

2 comentários em ““Deusa” passa o cerol numa pessoa sem querer querendo

  1. Por que uma Deusa teria medo da polícia? ela deveria é ter convertido todos para seu lado….
    Tá bom tá bom , vou lá tomar meus remédios….

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s