A neurobiologia de quem faz bullying

De onde vem a sanha de infernizar os outros, ser agressivo e praticar bullying? Alguns dirão que é preciso examinar textos de filósofos para saber as origens da moral e ética, mas filósofos, além de não servirem para nada além de dar aula de Filosofia, ignoram que nós somos o que nossos genes fazem conosco. Mas, claro, ninguém espera que professor de Filosofia saiba dessas coisas, certo? Nisso, pesquisadores descobriram como uma proteína de fator de crescimento afeta a dominância social em camundongos.

E acredite: esses sacripantas psicóticos são bem diferentes do Jerry, que também era um camundongo psicótico e não por acaso ele foi batizado assim (“Jerry” era o apelido que os alemães tinham na época da Segunda Guerra. “Tom” era o apelido dos ingleses. Pense no que significa).

Continuar lendo “A neurobiologia de quem faz bullying”

Religiosos querendo o fim do mundo

Religiosos são estranhos. Eles vibram, torcem, fazem e tudo para que um evento catastrófico destrua o mundo. Podem reparar, eles chegam a ficar com os olhinhos brilhando ao dizerem que o mundo vai acabar e todas as pessoas irão sofrer e morrer e acabar no inferno da maneira mais horrorosa possível.

Essas criaturas, na ânsia de ver mostres e destruição, ainda têm a insânia de achar que são boas pessoas, mas no fundo não passam de psicopatas. Dá até medo, perto do que eles esperam, vendo tudo uma onda apocalíptica sem precedentes.

Continuar lendo “Religiosos querendo o fim do mundo”

Efeito Espectador (Bystander Effect)

Catherine Susan Genovese, mais conhecida como Kitty Genovese vinha para casa na noite de 13 de março de 1964. Ela foi ataaca, tentou fugir, mas não conseguiu. Foi esfaqueada até a morte próximo de sua casa em Kew Gardens, no Queens, Nova York. Ninguém a ajudou, apesar dos gritos por socorro.

O efeito espectador (ou bystander effect) é uma ocorrência em que uma determinada pessoa se sente inibida de agir em alguma ocorrência séria quando há mais pessoas presentes. Isso começou  a ser estudado quando saiu uma reportagem do New York Times apontou que Kitty gritou por muito tempo por socorro e 38 pessoas ouviram, e nada fizeram.

Continuar lendo “Efeito Espectador (Bystander Effect)”

Marginais evangélicos fazem o que outros evangélicos gostariam de fazer mas são covardes

Eu acho muito importante o diálogo e o respeito que devemos ter pelas religiões e as pessoas que acreditam nestas bobagens. Todo ano, há uma Marcha Para Jesus, como forma de desagravo ao respeito e tolerância religiosa. Eu acho tão legal que penso até que os cristãos poderiam seguir isso também.

Por quê? Nada não. Só mais um terreiro de candomblé depredado, e com requintes de mais crueldade do que costumam fazer. Mas religião nos faz mais éticos e melhores pessoas. Continuar lendo “Marginais evangélicos fazem o que outros evangélicos gostariam de fazer mas são covardes”

“Deusa” passa o cerol numa pessoa sem querer querendo

Sadhvi Deva Thakur é uma inútil que é uma deusa. Quem falou que ela é uma deusa? Ela mesma. É mais ou menos como a Bíblia que diz que está sempre certa, e como está sempre certa, a Bíblia não erra ao dizer que está sempre certa. Thakur diz que é uma deusa, e como deusas não mentem, Thakur é uma deusa sim, pois ela mesma falou que é uma deusa, e deusas não mentem.

Tudo muito legal, e eu nem sou contra. Maluco afirmando que é Deus ou tem capacidades místicas e vêem spritus é o que não falta por aí. O problema foi quando no meio de uma festa de casamento, Thakur e seus seguidores resolveram comemorar a festança dando uns tiros pro ar. Quatro pessoas ficaram feridas e a tia do noivo tomou um teco certeiro e neste momento está batendo um papinho com Shiva.

Esperando começar o vídeoclip à lá bollywood para contar o caso, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo ““Deusa” passa o cerol numa pessoa sem querer querendo”

Homem acusado de estuprar crianças foi linchado. Ele era inocente

As pessoas acham lindas essas fanfics retardadas com crianças de 4 anos dando lições de moral por aí. Inventar histórias pode não dar em nada, mas pode acabar em tragédia. Você pensa que a mídia tem responsabilidade de não veicular qualquer coisa, mas não é verdade e um dos mais evidentes casos de como o jornaleirismo irresponsável pode acabar com a vida de alguém é o caso da Escola Base. Alguém tirou da cavidade retal que era um lupanar, um antro de devassidão, com uma legião de pedófilos que abusava sexualmente de criancinhas pequenas. Nenhuma prova, mas se o jornal falou é verdade. A vida dos diretores do colégio foi destruída, nunca mais se reergueram, apesar de ganharem ações judiciais. Ainda assim foi pouco pelo que eles passaram.

Ontem li uma notícia sobre um caminhoneiro que tinha sido acusado de sequestrar e violentar duas crianças. As testemunhas relataram que o pegaram no flagra. Mais pessoas se juntaram e meteram a porrada no sujeito que foi em estado grave para o hospital, acabando por falecer lá.

Exames indicaram que não houve violência sexual.

Continuar lendo “Homem acusado de estuprar crianças foi linchado. Ele era inocente”

Madre Teresa: a freira boazinha from Hell

Quando eu vi a notícia que Madre Teresa de Calcutá foi canonizada não me impressionou em absoluto. Conhecendo bem o histórico da Igreja Católica Apostólica Romana, ICAR for short, fica fácil entender como ela foi canonizada tão rapidinho, ainda mais se conhecermos além da imagem de missionária devotada, mas nos apegarmos a fatos. Quem era Madre Teresa, e por que ela ganhou status tão rápido?

Continue lendo >>