Quer se livrar do mosquito da dengue? Cultive mosquito da dengue

De acordo com ONG que não sabe matemática, plantas produzem mais proteínas que carnes
Assombrações e Fantasmas: De onde eles vêm?

Apelo à autoridade ou, no bom latim, Argumentum ad Verecundiam (Quid latine dictum sit, altum sonatur) é algo perigoso, mesmo de sábios para sábios. Diferente quando eu quero pegar alguma informação sobre Astrofísica e consultar o Neil deGrasse Tyson, que é um especialista no ramo, devemos ter cuidado com certas proposições (por exemplo, de acordo com o Neil Tyson, Newton era uma flor de pessoa, mas sabemos não ser o caso).

Aí me surge uma maluquice que um “médico”, “doutor” e “professor” da UFMS defende que fazemos errado ao combater o mosquito da dengue, que faz lotação e carrega febre amarela, zyka vírus e o Chikungunya a doença que tem nome de demônio dos Tempos Antigos. De acordo com ele, o certo é deixar pote com água parada.

De acordo com o Diário Digital, que ao que pude verificar não é um site de notícias falsas como o Sensacionalista,

O professor explica que é adepto da estratégia em sua casa e ensina aos seus alunos na universidade. “Retirar os potinhos de água não funciona. Estamos fazendo isso há 10 anos e não resolve”, analisa. “Depois de botar o ovo, o mosquito morre. Você tem que colocar os potinhos de água em lugares que você se lembre de retirar depois que a fêmea botar os ovos. Ao menos três vezes por semana, você deve jogar a água fora. Se eu retirar todos os potinhos, o mosquito vai procurar a caixa da água ou locais escondidos, que eu não vou achar. Ajudando o mosquito a botar os ovos estou sendo mais inteligente do que ele”, acredita.

Eu sabia da falência no ensino superior, mas não sabia que a UFMS estava tão ruim a ponto de contratarem este idiota. Se bem que ele é veterinário, claro que vai defender animais não-humanos. True vegan! Enquanto os outros vegans retardados (desculpem o pleonasmo) defendem o amor aos animais enquanto metem o chinelos nas baratas e lagartixas e tascam inseticida na casa toda (podem mentir, eu sei muito bem que vocês têm uma lata de baygon aí), esse aí defende os mosquitinhos.

Como toda falácia, ela vem sob a forma de argumentação lógica e alguns fatos verdadeiros.

Sim, fumacês usam inseticidas que afetam o meio ambiente (seu ar-condicionado, também). Sim, em muitas vezes eles são ineficientes, como foi quando o aplicaram no sambódromo do Rio, que é feito de concreto e nem água empoçada tinha.  Não, a fêmea NÃO MORRE depois de botar ovos. Fonte? FIOCRUZ serve?

Normalmente o mosquito precisa picar alguém para adquirir o vírus. Entretanto, algumas vezes, as fêmeas também transmitem o vírus para suas crias. Uma vez infectada pelo vírus, a fêmea transmite a dengue até morrer. Durante sua vida, que dura em torno de trinta dias, ela coloca mais de mil ovos e pode picar e infectar muitas pessoas. 

A ideia asinina deste idiota é o seguinte: você coloca o vasinho de planta. A dona mosquitinha feliz vem saracoteando pela cidade e… OH! UM POTINHO COM ÁGUA!! Daí ela coloca seus ovos lá (transmite dengue e tudo o mais para toda a sua família), vai embora e pica outras pessoas. Seu raio de ação é de cerca de um quilômetro, o que para um mosquito é muita coisa, e pra quem mora em cidade grande implica em milhares de pessoas. Mas não, na ideia idiota dele, a mosquita coloca seus ovos, morre e a alma dela vai pro Céu dos mosquitos.

Então, com o que ele conta? Que assim que a mosquita coloca os ovos, as pessoas jogam a água fora. Se as pessoas não deixam um potinho com água, a mosquitinha pesarosa terá que procurar uma nova creche pros seus filhotinhos, indo parar onde ninguém vê, como caixas d’água, pneus etc. CLARO, que enquanto tiver bastante potinhos (daqueles decorados com florzinhas), nenhuma mosquita procurará lugares feios, como algum pneu mal-cheiroso. Aquilo não é lugar para ela criar seus filhinhos.

Claro, a parte dos comentários é um show… um show de horrores, ms aí a Ciência serve, pois vai de encontro com a própria Ciência, e esses mártires incompreendidos, assim como aqueles dois manés que distribuem fosfoetanolamina que nem traficante em favela, ganham pontos junto a uma população retardada. O pior é que Darwin não só selecionará esses energúmenos, como VOCÊ também será alvo.

Pelo menos, ainda temos o Manual do Mundo como um porto seguro neste oceano de ignorância.


De acordo com ONG que não sabe matemática, plantas produzem mais proteínas que carnes
Assombrações e Fantasmas: De onde eles vêm?

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!