Como ficaremos daqui a 100 mil anos?

Larga maioria das pessoas tem curiosidade de saber como ficará no futuro. Outros, fazem um exercício mental para saber como (e com que) a humanidade estará depois de uma grande passagem de tempo. Muitos especulam como se dará nossa evolução, já que ela não para de ocorrer, mas não contem aos criaBURRIcionistas ou os coitados terão azia.

Um desocupado estipulou como seria nossos ta-ta-ta-ra-netos, e acredite: não será algo muito melhor que seu cunhado.

Nickolay Lamm é um desocupado de 24 anos que se vende como designer e pesquisador… do que, só ele sabe. Além de tudo isso, é um chato, pois desenhou como a Barbie deveria ser se fosse baseada no corpo médio das mulheres. Ele deve ter problemas, como se alguém quisesse uma boneca baixinha, gordinha e com um X-burguer numa mão e mancha de mostarda no vestido. Se ele se basear em norte-americanas, será baixinha, barriguda, de perna fina e bunda chata, já com um voucher para uma clínica de cirurgia plástica para da uma calibrada de silicone.

Lamm fez uma pesquisinha, baseada nas indicações do dr. Alan Kwan, pesquisador da Universidade de Washington. Com esse embasamento, Lamm descobriu algo que até mesmo um Zé Ruela que lê a Super Interessante sabe: no futuro, haverá a tendência de termos grandes olhos, cabeça mais alongada e maior pigmentação da pele. Nada de novo. Daí, Lamm e seus poderes mágico-tecnológico gerou uma simulação por computador para saber como seríamos. Taqui o maravilhoso resultado, espalhado por tudo que é site de notícias, inclusive o The Guardian.

Esses dois aí parecem a droga de um mangá!

A ‘pesquisa" de Nickolay Lamm chegou à conclusão que nossos cérebros iriam aumentar de tamanho e os olhos iriam aumentar por causa da necessidade de enxergar mais ou alguma estupidez neste sentido. A pele ficaria mais bronzeada para se adaptar à alta emissão de raios ultravioletas e este IMBECIL deve ser fã de Lamarck, mediante a quantidade de besteiras que alegou para o desenhinho acima.

Aliás, a imensa e fantástica "simulação por comutador dele" usa software muito desconhecidos e somente altíssimos pesquisadores da área de computação quântica têm acesso: O Photoshop.

Eu peguei uma foto para fazer um teste. Usei um ser bem baixo na cadeia evolutiva e rodei a incrível simulação computacional photoshopiana e o que consegui foi o BIEBERSTEIN:

Avemariameupaidocéu! Avemariameupaidocéu! Avemariameupaidocéu!

Demorou muito, né? Ferramenta Liquify, esticar o cabeção e suavizar coma ferramenta Blur. Ah, e um pouco de Burn Tool para dar um bronze. Tempo total gasto? Menos de 5 minutos.

O que o idiotinha não soube dizer, já que suia "pesquisa" wikipediana não revelou é que os dois pregos lá de cima não deveriam ter olhos claros, já que a alta incidência de raios solares privilegiaria indivíduos de olhos escuros. Além disso, eu tenho sérias reservas se daqui a 100 mil anos ainda terá algum humano por aqui. Ou nos mandamos mutuamente para o Inferno ou nossa evolução apontaria para uma direção onde nos separaríamos do que chamamos hoje de Homo sapiens. Eu acredito mais na primeira hipótese.

Eu, de minha parte, acho que futuramente deveremos ter uma dieta bem rica em betacarotenoides. Assim, isso influenciará no tom de nossa pele, mas ainda mantendo os olhões. Em outras palavras, nosso futuro é esse a seguir. Contemplem o seu neto:

6 comentários em “Como ficaremos daqui a 100 mil anos?

  1. E não é que os animes que se passam no futuro estão todos corretos… de qualquer forma concordo com você andré, não creio que a humanidade dure nem ao menos mais mil anos, cem mil é quase uma utopia.

  2. Ele é um imbecil, nota-se. Será que ele acha que as girafas tem aquele pescoção de tanto esticá-los pra comer as folhas das árvores?

    Outra coisa: é muito difícil tentar prever tais evoluções em nós, pois temos que considerar que os avanços da ciência influenciam diretamente na evolução. Ex.: Se for descoberta a cura do câncer, ela possibilitará que os indivíduos com tendência genética a desenvolver o câncer, passe seus genes para “frente” – pois ele não morrerá – , fazendo com que, nesse caso, a seleção natural não tenha poderes sobre ele.

  3. Como se a naureza fosse seguir alguma regra imaginada pelos humanos para a Evolução Natural.
    Bem lembrado pelo Breno que ficamos interferindo continuamente no processo natural.
    é bem possível que voltemos a ter pêlos longos no corpo, palpebras extras, ou até mesmo antenas.
    Mas eu acho que serão as máquinas que herdarão a Terra, não por causa de Guerras, mas sim porque se adaptarão mais depressa que o humanos às novas condições do planeta.

  4. A muito tempo atrás a Revista Superinteressante fez o mesmo. Apesar de cometer o mesmo erro da evolução por necessidade, o resultado foi bem diferente. Seríamos parecidos com alienigenas, mas com grandes narizes.

  5. Na íntegra, eu acreditava que essa pesquisa era a prova que os japoneses realmente vieram do futuro, dado à inspiração ao modelo dos mangás. Mas vejo que foi apenas uma elucubração vã. :|

Deixe uma resposta para Almeida Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s