AILA, a robôa mulher fêmea do sexo feminino da ISS

Trabalhar num ambiente extremo como o Espaço não é algo fácil. Com temperaturas variando em muitos graus acima e abaixo de 0 ºC, dependendo se você está virado pro Sol ou não, trabalhar do lado de fora não é moleza. Para isso foi desenvolvido o clone do Boba Fett, que atende pelo nome de Robonauta, tem até site e já está na segunda versão (mais parecido com personagem de video-game). Aliás, você pode adicionar vida inteligente entre os seus seguidos no Twitter e adicionar o R2.

Só que estamos em tempos de liberação feminina e até mesmo robôs femininos queimam calcinhas lataria para terem seu lugar. É o caso de AILA, que está sendo treinada para trabalhar na Estação Espacial Internacional (ISS).

AILA custou 3,8 milhões de euros de fundos pelo Centro Aeroespacial Alemão (DLR) e do Projeto BesMan (Comportamentos de Manipulação Móvel), e o software de controle necessário para ela ser teleoperada no Espaço está sendo desenvolvida pelo pessoal da Deutsches Forschungszentrum für Künstliche Intelligenz, que devem manjar muito de robótica e inteligência artificial, mas aquele penteado Channel da "roboa" ficou esquisito. Ela tem 1,70m de altura, e se você perguntar-lhe o peso, ela te dá uma porrada.

AILA poderá funcionar tanto sendo comandada daqui da Terra ou funcionando de forma autônoma; mas como ninguém ali é besta, certamente programarão as 3 Leis da Robótica nela, só por garantia.


Er… ou não!

Como convém num mundo politicamente correto e de igualdade entre os sexos, AILA não ficará só lavando, passando e cozinhando (não, isso também não está incluso). Ela pegará no pesado e fará muitos serviços que qualquer astronauta faria, pois é pra isso que ela foi desenvolvida. Abaixo, um videozinho da fenomenal AILA (se vocês aumentarem bem o volume, poderão escutar uma vozinha vinda dela dizendo "Morte aos humanos! Morte aos humanos! Morte aos humanos!…"


Fonte: Mãe da criança (com direito a mais vídeos)

5 comentários em “AILA, a robôa mulher fêmea do sexo feminino da ISS

  1. Esta certamente é uma falsa invenção japonesa. Se fosse realmente, teria seios bem maiores, além de alguns tentáculos. (ou qualquer uma das 999 outras possibilidades que pairam no imaginário sexual deles).

    Outra coisa, quer dizer então que voltaram com esta “mania” de criar robôs humanóides? Achei que já tinham passado dessa fase :-)

  2. Espero que a estética não tenha custado muito, porque sinceramente, que medonha! Mas agora fiquei imaginando… Quando haverão Roses em nossas casas? :)

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s