Efeito Mpemba ilustrado

Para quem não se lembra, o Efeito Mpemba foi observado pela primeira vez por Erasto Mpemba e diz que a água quente se resfria mais rapidamente do que a água fria, a ponto de se congelar primeiro . Isso vai contra toda a lógica, mas a Natureza não se liga em Lógica, ao contrário do que pessoas mentalmente incapacitadas possam “pensar”. Lógica é apenas um modo de encadear ideias e se baseia em conhecimentos, mas o inverso não é verdadeiro. Bem, pelo sim, pelo não, temos a seguir um exemplo perfeito do efeito.

A tia está na cidade de Yellowknife, capital dos Territórios do Noroeste, no Canadá, com uma temperatura agradabiíssima de 30 ºC… abaixo de zero! Ela está segurando uma garrafa térmica com água quente. A tia coloca a água na xícara e, por enquanto, “nada” acontece. Mas a temperatura da água começa a descer, óbvio. Quando ela joga a água fora (não necessariamente da bacia), a água vira neve, dado ao congelamento rápido. Isso demonstra duas coisas em termos de termodinâmica:

1) Efeito Mpemba, pois a temperatura mais elevada da água faz com que ela se congele rápido.

2) Estado de agregação, posto que a água sai da xícara e expõe-se com maior área de contato. Assim, perde calor para o ambiente circundante ainda muito mais rápido do que se estivesse na xícara.

E ainda tem idiota que me diz que não pode dar uma boa aula de Ciência por não ter um laboratório bem equipado.

39 comentários em “Efeito Mpemba ilustrado

  1. Muito interessante. Não conhecia esse efeito. Ao menos não me lembro de ter visto isso nas aulas de ciência. Provavelmente, nunca me foi mostrado mesmo. Vivendo e aprendendo.

      1. @André, não do tamanho suficiente para comportar uma mulher com uma garrafa térmica e uma caneca que é brandida em um arco de uns 90º de forma que a neve caia gentilmente em flocos finos de uma altura de cerca de 1,80m.

        Mas duas canecas com água, uma quente e outra fria dá sim, porque não? :lol:

  2. “It is crazy!” Realmente. Por mais que no final pareça lógico, a lógica se perde em alguns momentos. É muito rápido! “It is magic”. A maravilha de Mpemba. Até deu vontade de mudar meu rumo pra química. Bastante espetacular. Tenho certeza que os professores de Química que tive, nem faziam idéia disso.

  3. Se fose antes do seu post sobre Mpemba, diria que tinha alguém encima do telhado da garagem jogando uma pá de neve…
    hauhauhau

  4. Falei isso a aqui em casa e todos fizeram careta, e não é que tive que provar… eita povo são tomé..!!!!

  5. Estou a decidir entre cursar licenciatura em física ou bacharelado em matemática pura. Diante desse tipo de post sou impelido a fazer licenciatura. Seria tão gratificante quanto o André faz parecer? O que vcs recomendam?

    1. Depende. Vc está preparado para passar noites sem dormir, corrigindo prova, trabalho e dever, além de fazer diário, preparar aula, prova e relatório pras reuniões? Vc está preparado para ter fim-de-semana de um dia só (e olhe lá), pois estará colocando toda a papelada em dia, além de corrigir prova, trabalho e preparar aula? Vc está preparadop para ser odiado por 40 “pessoas” em cada turma, além de ser detestado por coordenador, diretor, dono de colégio e os pais dos alunos? Vc está preparado para ver sua conta bancária curta e ter que dar aula em mais de um colégio e ainda ter que ouvir que professor ganha bem pois trabalha em vários lugares e dar aula é fácil, pois é só chegar lá na frente e “dar” aula? Vc está preparado para reuniões sacais e conselhos de classe onde farão de tudo para vc aprovar os alunos, correndo o risco de perder o emprego se não o fizer? Está preparado para perder horas em reuniões intermináveis só para saber que se o aluno não chegou em casa e não pegou no livro é por SUA culpa? Vc está preparado para servir de chacota e ser vilipendiado, xingado, mal-tratado, obliterado, mal-quisto, e, pior, ser pessimamente pago para isso?

      Você está preparado pra aturar tudo isso, sabendo que se tiver, no máximo, 2 alunos por turma que te dê valor e estudem com seriedade e digam com um olhar mágico “agora eu entendi”, será o máximo que você vai conseguir?

      Depois disso, vc acha que vale a pena ser professor? Alguns malucos acham que sim. Eu sou um deles. Faça o que vc quiser fazer. Me lembro qdo eu era pequeno e meu pai me disse: Seja o que for que vc queira ser, seja o melhor e o mais honesto. Se quiser ser lixeiro, seja, mas seja o melhor que puder ser e com o máximo de dignidade.

      Eu espero ter conseguido.

      1. @André, Não a toa falta professores… Mas “profissão” de deputado é mais importante e eles merecem aquele aumento. Professor? Bah! Assim como não vale apena aumentar o mínimo mais 5%! O Guz tem razão.

  6. Que pena que, em meu ensino médio, Química e Física foram coisa praticamente inexistentes. Não culpo só o ensino, pois nunca fui muito bom nas mesmas e não dei o devido crédito. Mas, após ler alguns posts aqui sobre ciência e este também, fiquei maravilhado com este mundo e me dá até vontade de estudar mais! xD

  7. Com 29 anos, trabalhando dez horas por dia numa fábrica dá tempo de voltar a estudar? Te juro, dá saudade dos tempos de estudante…

    André, qual o link do vídeo? Queria favoritar, mas pelo celular é difícil.

      1. @Nihil, Obrigada pela sugestão. Estava pensando em ir até Wakkanai, mas bateu aquele medo por conta dos dialetos e tal. Achei que Sapporo já bastasse. Como Kamikawa não fica tão longe da capital, dá para incluir no roteiro.

        1. @Mari., Sapporo é uma cidade muito bonita. :) Wakkanai deve ser interessante por ser a cidade mais ao norte do Japão mas não sei se o muda tanto assim. De qualquer forma o Japônes de Hokkaido e região norte só não é mais esquisito que o de Okinawa…

        2. @Mari., Se enjoar do rigoríssimo inverno de Hokkaido pode dar um pulinho aqui em Shizuoka. Aqui não neva muito a não ser no topo do Monte Fuji. :D Aí posso apresentar-te as maravilhas da região.:) Se der tempo, porque tem a mulher é muita desconfiada. :P

  8. Não me parece que haja o efeito Mpemba. De que forma há movimento de convecção da água para arrefecimento uniforme?
    Quando a água é atirada, afasta-se e, ai sim, há uma rápida perda de calor por maior área de exposição.

      1. @André,

        Após alguma procura (não é fácil encontrar quem dê uns palpites)
        http://www.physlink.com/Education/AskExperts/ae7.cfm

        Não consigo dar uma resposta com toda a certeza à tua pergunta mas parece-me que se a água fria for lançada em forma de gotas, sim, irá suceder o mesmo.
        A resposta passa por a água quente ser menos viscosa, mais facilmente se separar em gotas.

        Aguardo que o ceticismo.net organize uma viagem para todos pudermos comprovar isto. :grin:

      2. @André,
        Acho que meu outro comentário caiu na caixa de spam :-(

        Tem um filme que mostra um cara jogando água fria E quente, para mostrar a diferença:

        Ao que parece, acontece mesmo esse negócio, mas se ele é explicado pelo Efeito Mpemba ou pela maior área de contato da água quente (por ter menor viscosidade, mais gotas seriam formadas) ainda dá espaço para discussão.

        1. obrigado pelo vídeo Joseph
          Apesar de a água fria se manter bastante mais densa do que a quente, tenho que reconhecer que deveria aparecer algum gelo, por pouco que fosse.
          Em Portugal houve produção de neve numa serra. Afim de atrair maior turismo. Tanto quanto me recordo era lançada água para o ar em chuveiro. Não me lembro é se era quente ou fria – não estou a imaginar caldeiras a trabalhar seguido para aquecer água e a lançar para cima.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s