A estrela que nos guia

Por muito tempo, o Sol foi a única estrela de real importância para nós. Depois que adquirimos membros, aprendemos a caminhar pela terra e depois resolvemos nos voltar para o mar, milhões de anos que nossos primos cetáceos, percebemos que era preciso algo que nos ajudasse a enfrentar o desconhecido, que nos guiasse por terras e mares inexplorados e, principalmente, algo que nos ajudasse a voltar para casa. ao olhar para terra ou mar, vimos que não adiantava muito, pois nada nos era familiar. Portanto, olhamos para cima e vimos algo que estaria sempre ali, para nos dar conforto e a chance a promessa de segurança e um retorno garantido.

A Estrela Polar, também chamada de Estrela do Norte, pertence à constelação da Ursa Menor. O que a faz diferente de outras estrelas, é que ela sempre aponta para o Pólo Norte Celeste, que nada mais é que a projeção do Pólo Norte Geográfico. Sua posição aparente não muda com o passar do tempo. Isso a fez servir de guia para velejadores, caminhantes e aventureiros que tinham a questionável coragem de andar por terras nunca antes visitadas. Sem estes loucos viajantes, o mundo jamais seria inteiramente conhecido.

Podemos ver como é o movimento das estrelas, incluindo a Estrela Polar, mediante uma foto de longa exposição:

Vemos em primeiro plano as ruínas de uma antiga igreja Viking de cerca de 1000 anos, perto da cidade de Vallentuna, na Suécia. Lá em cima, com seu brilho frio e distante, a Estrela Polar mantém-se firme e inalterável com o passar das eras, e podemos ver o rastro das estrelas que circundam a Pollaris, como se prestassem eterna devoção.


Fonte: APOD – Astronomy Picture of the Day (sim, eu sei que ela é de ontem)

12 comentários em “A estrela que nos guia

  1. André, isso tudo, independente do lugar em que estivermos no planeta?

    Sendo assim, cara, isso me fez ficar até meio doido. Eu nunca havia pensado nisto. Fora que ficar olhando aquela foto, me deu a maior vontade de hoje ficar la no quintal olhando para a Estrela Polar.

    Poxa, um artigo bem interessante. Traga-nos mais destas novidades, não tão novas. :)

    Obs.: Sendo eu um tanto cético, já estou quase “louvando-a”, imagine o que teístas/esotéricos/afins (foda-se no que acreditam) devem pensar, ou começar a inventar quando descobrirem isso. *medo*

      1. @André, Estou no hemisfério norte, bem próximo ao Equador (Fortaleza/CE) e também não vejo tal estrela, só para constar. :sad:

        E olha que desde os Cavaleiros do Zodíaco na Manchete que procuro tal estrela.

        :cool:

          1. @André, bastante. :mad:

            Se bem que o litoral de Fortaleza é ao norte da cidade e foram na praia as minhas tentativas em ver a tal estrela à tardinha. :cry:

            E mesmo assim ainda havia muita poluição luminosa. Ou isso ou não tentei bastante: a última vez que tentei ver a Estrela do Norte foi há cinco, seis anos. :neutral:

            Possa ser que a condição tenha melhorado hoje, tenho muita fé. :roll:

        1. @Max_Laguna,

          Ihhhhh Pior que não dá para ver mesmo de Fortaleza.

          Fui conferir no software de Astronomia, ela começa a aparecer depois da faixa de Belém do Pará.

          De Macapá já dá para ver bem :-(

  2. @krebys :

    verdade, embora a Estrela Polar não seja visível do hemisfério Sul, há sim outras estrelas e/ou constelações que por sua configuração única , brilho, posicionamento (quando vistas de nossa posição na galáxia, claro) apresentam alguma particularidade que as distingue e portanto podem ser usadas como indicadoras – usa-se principalmente o Cruzeiro do Sul , com sua forma típica inconfundível (ao menos, óbvio citar de novo mas enfim, com o nosso referencial de tempo/espaço) … Não é à toa que essa constelação é citada em tantas bandeiras de países do hemisfério sul, como http://pt.wikipedia.org/wiki/Crux mostra…
    Claro, a turma do esoterismo vai classificar o fato nalguma “teoria” doida de energia/tao (pra umas boas risadas, google por isso que vc de cara cai em http://www.scribd.com/doc/6600003/Cruzeiro-Do-Sul ), então eu não tenho MEDO NENHUM : só a patuléia leva isso em conta…

    []s

    jlcsauro

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s