Tag Archives: Exploração espacial

Os 15 anos da Missão GRACE

O Gravity Recovery and Climate Experiment – GRACE é um projeto conjunto entre a NASA dos Estados Unidos e o DLR da Alemanha. Tem como objetivo a obtenção de medidas precisas do campo gravitacional e também da sua variabilidade.
O GRACE estuda a Terra e tudo o que acontece com ela, mediante ações naturais e humanas, desde agricultura até elevação dos oceanos.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Uma olhadela no traseiro da Lua

As pessoas ainda se apegam a muitos conceitos de antigos gregos. O lado escuro da Lua, por exemplo. Como se a Lua só fosse iluminada apenas de um lado. A verdade é que sua velocidade de rotação é equivalente ao período orbital em relação à Terra. Ela tem os dois lados iluminados, mas nós sempre vemos o outro lado.

Há alguns dias, o NOAA veiculou imagens do satélite Deep Space Climate Observatory (DSCOVR). De suas imagens resultou numa linda animação, com a Lua passando pelo Planeta Azul.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

O que um deputado diz para a Ciencia? “Não sob minha vigilância!”

O Brasil tem sérios problemas, mas 2 são principais, e um decorre do outro. Primeiro, temos políticos imbecis, que ainda vivem na Idade Média (estou olhando para você, Feliciano). Sorte que nem todos os políticos são assim, e daí vem o segundo problema do Brasil: seu povo retardado. Querem uma prova? Que tal o Romário tomando esporro ao desburocratizar a importação de material para pesquisa científica. Afinal, segundo o eleitor médio do Brasil: "Cientista não elegeu você. Não precisamos de ciência, precisamos de remédios".

Para sanar este problema, sorte do povão, temos o ilustre deputado Fábio Garcia, do PSB de Mato Grosso. Ele ergueu o dedo médio e disse algo como "Ciência é meu rabo. Aqui, ó, que eu deixarei!"

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

A estrela que nos guia

Por muito tempo, o Sol foi a única estrela de real importância para nós. Depois que adquirimos membros, aprendemos a caminhar pela terra e depois resolvemos nos voltar para o mar, milhões de anos que nossos primos cetáceos, percebemos que era preciso algo que nos ajudasse a enfrentar o desconhecido, que nos guiasse por terras e mares inexplorados e, principalmente, algo que nos ajudasse a voltar para casa. ao olhar para terra ou mar, vimos que não adiantava muito, pois nada nos era familiar. Portanto, olhamos para cima e vimos algo que estaria sempre ali, para nos dar conforto e a chance a promessa de segurança e um retorno garantido.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Cientistas propõem viagem só de ida a Marte

Recentemente, foi proposta por uma dupla de pesquisadores, uma nova forma de abordar a exploração humana de Marte. Seriam feitas viagens apenas de ida, sem qualquer possibilidade de retorno à Terra. Mas antes que os leitores comecem a pensar nos potenciais candidatos a astronautas para despachá-los a Marte (eu pessoalmente mandaria MUITA gente a Marte, principalmente os religiosos fanáticos, criacionistas, Lula e Dilma), temos de levar em consideração os motivos de tal proposta.

NASA em: Como fazer um planeta

Recentemente, a NASA divulgou esta imagem em sua página principal com o seguinte título: “How to Make a planet”.

Trata-se de uma concepção artística, criada com base nas informações coletadas pela visão infravermelha do Telescópio Espacial Spitzer ao observar a estrela LRLL 31, localizada a cerca de 1.000 anos-luz de distância da Terra, na constelação de Perseu.

O fato interessante e inédito foi observado no disco. Os dados indicam que a estrela central deve ter um companheiro, podendo ser outra estrela ou um planeta que juntos empurram os anéis que um dia formarão um novo planeta.

Cientistas estudam danos da poeira lunar nas naves

Uma nova análise conduzida com base em cópias preservadas por um cientista de dados perdidos pela Nasa permitirá determinar de que maneira a grudenta e abrasiva poeira lunar pode afetar futuras missões espaciais de longa duração ao satélite.

O autor do novo estudo, Brian O’Brien, era o diretor de pesquisa encarregado dos detectores de poeira que foram deixados na Lua pelas duas primeiras missões tripuladas ao satélite terrestre, a Apollo 11 e a Apollo 12. O’Brien era professor de ciência do espaço na Universidade Rice, em Houston, Texas.

Empresa quer cultivar primeira planta na Lua

Uma empresa de engenharia americana declarou ao site New Scientist que planeja levar sementes de mostarda à Lua, se tornando a primeira a cultivar uma planta no inóspito território. A Paragon Space Development pretende chegar ao satélite natural da Terra “pegando carona” em uma nave que está sendo projetada e construída por outra empresa, a Odyssey Moon.

A Odyssey está concorrendo ao Google Lunar X Prize, concurso que dará US$ 30 milhões para projetos que provarem poder levar um robô à superfície da Lua. O Odyssey Moon pretende ganhar o primeiro prêmio, de US$ 20 milhões, já em 2011.