Combustível verde pode substituir petróleo em aviões

Engenheiros químicos americanos transformaram com sucesso óleo de plantas – canola, coco e soja – em combustível para aeronaves, indistinguível dos combustíveis convencionais, de acordo com testes feitos pelo governo americano.

Trabalhando com a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada para Defesa (DARPA, na sigla em inglês) do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, cientistas do Centro de Pesquisa de Energia e Meio Ambiente (EERC, na sigla em inglês) da University of North Dakota converteram o óleo derivado dessas plantas em combustível com densidade, conteúdo energético e, até ponto de congelamento, similares aos derivados de petróleo.

“O novo biocombustível congela somente a –47º C. Qualquer pessoa familiarizada com biodiesel sabe que esse resultado é uma grande conquista”, observa o engenheiro químico Chad Wocken, gerente de pesquisas em tecnologia ambiental do EERC. “O óleo é processado para ter as mesmas moléculas de hidrocarbonetos do combustível fóssil”.

Embora tenha se recusado a explicar os detalhes exatos do processo, Wocken comenta que o processo é termocatalítico ? em outras palavras, os engenheiros aquecem o óleo vegetal na presença de um catalizador (não revelado) para criar uma grande quantidade de produtos semelhantes aos derivados de petróleo. O processo não é diferente do refino convencional de petróleo, processo que produz vários subprodutos, desde querosene, usado como combustível para aviação, até a gasolina comum.

“O custo do processo é comparável ao do refino de petróleo”, e talvez até mais barato, ressalta Wocken, “e neste caso não estamos lidando com contaminantes como o enxofre”.

O preço final do biocombustível vai depender da capacidade de produção das usinas. No momento, a quantidade produzida ainda é pouco significativa, relativamente aos mais de 225 milhões de litros de consumidos diariamente por aviões comerciais nos Estados Unidos. O valor dependerá, em grande parte do custo da produção da matéria-prima ? o que tem flutuado muito nos últimos meses devido à volatibilidade do mercado de commodities.

Um jumbo da empresa aérea Virgin Atlantic voou com uma mistura de combustível convencional e biocombustível de óleo de palmeira. Outro jato abastecido somente com biodiesel permaneceu no ar por mais de 30 minutos ? embora com um dispositivo especial para evitar o congelamento do combustível em altitudes de cerca de dez mil metros.

O biocombustível da EERC não é o único disponível para jatos; a UOP LLC, uma divisão especial da Honeywell Specialty Materials, produz combustível similar à base de óleos vegetais e animais, enquanto a Solazyme Inc. – criadora de algas – desenvolveu um biocombustível a partir de algas que atende os padrões internacionais seguidos pela Sociedade Americana para Testes e Materiais (ASTM, na sigla em inglês).

“Desenvolvemos o produto fora do programa da DARPA”, comenta o diretor executivo da Solazyme, Jonathan Wolfson. “As pessoas querem ser ‘verdes’, mas não querem pagar mais pelo combustível”.

A EERC produz biocombustível para testes em laboratório de um motor a jato que deverá entrar em operação em abril. “Nossa expectativa é de que a força aérea envie uma ordem de compra, assim, poderemos conseguir o investimento necessário para construir a primeira usina para produção em grande escala”, avalia Wocken. “Podemos ter uma usina operacional em dois a cinco anos, desde que haja um mercado garantido para o consumo do combustível”.


Fonte: Scientific American Brasil

Um comentário em “Combustível verde pode substituir petróleo em aviões

  1. ATÉ Q ENFIM, algo decente proveniente dos yankees…

    Agora, o repolho tem outro destino, além de acompanhar um ovo frito no seu almoço :lol:

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s