Historiador divulga texto inédito de Pessoa sobre religião

Essa notícia é dedicada aos amantíssimos acompanhantes do Ceticismo.net de nome Sabino, Orlando e Iara, posto que é algo direto de seu (deles) país. :-D

Segundo a agência de notícias Lusa, foi descoberto um texto de Fernando Pessoa – aquele que falou que nunca conhecera ninguém que não tivesse levado porrada (sic) – onde o distinto escritor, autor de diversas poesias, tece algumas… considerações sobre a religião, principalmente sobre Fátima. Não, não é sobre a nossa Fátima, mas a Nossa (deles) Senhora de Fátima ;-) .

O historiador português José Barreto afirmou que o poeta Fernando Pessoa encarava a cidade de Fátima como o lugar mítico da construção do nacionalismo católico e monárquico, repudiado pelo autor.

Barreto apresentou o artigo inédito do escritor português sobre a cidade numa conferência sobre “Pessoa e Fátima. A prosa política e religiosa”, proferida no dia 02/07, na Casa Fernando Pessoa.

Nas próprias palavras de José Barreto: “É um texto irónico, a roçar a sátira anticlerical, em que Pessoa parece regressar ao seu radicalismo de juventude. A intenção não é propriamente anti-religiosa mas anti-católica – uma ‘nuance’ que se deve sublinhar”. em que Pessoa parece regressar ao extremismo da juventude”, disse o historiador no seu melhor sotaque lusitano, ora pois pois.

O texto descoberto por Barreto, que é historiador e pesquisador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, é apenas “o preâmbulo de um artigo maior que teria o caráter de estudo de caso sobre o catolicismo desde bom e mau povo”, explicou o próprio Barreto, citando o poeta.

O texto começa assim (mantive a transcrição no português usado por Fernando Pessoa):

Fátima é o nome de uma taberna de Lisboa onde às vezes… eu bebia aguardente. Um momento… Não é nada d’isso… Fui levado pela emoção mais que pelo pensamento e é com o pensamento que desejo escrever.

Ele também faz algumas observações sobre o local:

Fátima é o nome de um lugar da província, não sei onde ao certo, perto de um outro lugar do qual tenho a mesma ignorância geográfica mas que se chama Cova de qualquer santa.

(…) Nesse lugar – esse ou o outro – ou perto de qualquer d’elles, ou de ambos, viram um dia umas crianças aparecer Nossa Senhora, o que é, como toda gente sabe, um dos privilégios (…) a que se não (…). Assim diz a voz do povo da provincia e a ‘A Voz’ (jornal católico e monárquico) sem povo de Lisboa.

(…) Deve portanto ser verdade, visto que é sabido que a voz das aldeias e ‘A Voz’ da cidade de ha muito substituíram aquelas velharias democraticas que se chamam, ou chamavam, a demonstração científica e o pensamento raciocinado.

O artigo sobre Fátima – que teria sete páginas tipográficas, de acordo com o sumário que Pessoa deixou escrito – destinava-se a ser publicado no primeiro número da revista “Norma”, um dos três projetos editoriais de Pessoa no ano da sua morte, em 1935. A publicação não chegou a se concretizar.

Abaixo, uma reportagem com o historiador gravada pela SIC (um canal de televisão de Portugal):


Fonte: SIC e Lusa

12 comentários em “Historiador divulga texto inédito de Pessoa sobre religião

  1. Fico feliz por te teres lembrado de mim. :)

    Não tenho certeza mas, pela via das dúvidas, prefiro esclarecer: A aparição de nossa senhora de fátima é uma invenção humana. É uma invenção da religião.

    Manifestando opinião pessoal, diria que é mais uma das doutrinas anti-bíblicas para ganhar dinheiro. Mas como não me compete a mim julgar sem saber, fico-me pela opinião pessoal. Veneração a Maria não é bíblico e aqueles que conhecem a bíblia para além do que ouvem ao domingo ou em sites ateus sabem disso.

    1. Escreva pro Vaticano e fale isso, ué. Dá uma olhadinha no site da Montfort.

      Os montfortianos são ateus? :mrgreen:

      Ah, esqueci… Para crente, quem não segue a mesma linha de fé é ateu. Isso inclui judeus, hindus, budistas, kardecistas etc etc…

    1. Peça pro pessoal da Montfort. A doutrina de Fátima não passa disso: uma reles doutrina (ou em português claro, uma mentira. Que nem G-zuis). Eles, que são católicos é que a defendem, eu acho que não passa de mito, como o Jóquei de Jegue.

      Mas, ué… Católicos são cristãos como você. Ou eles são ateus? Pergunte lá, ora.

      Adoro ver gente fugindo do assunto. :-D

  2. André, lembrei-me agora de bancar a tua pessoa. Permites-me assumir um pouco a tua posição habitual?

    Reencarnando no André

    Onde é que está a publicação indexada de uma revista científica, ah? Só colocaste uma reportagem de um canal de televisão privado e de uma agência jornalística que faz quase tudo atrás da secretária. Cadê a publicação científica?

    Reencarnação terminada

    :)

    1. Boa tarde, crianças. Tio André explicará, mais uma vez, como funciona a Ciência.

      André, lembrei-me agora de bancar a tua pessoa. Permites-me assumir um pouco a tua posição habitual?

      Finalmente Sabino será um ser pensante. Quem diria?

      Onde é que está a publicação indexada de uma revista científica, ah?

      Publicação do que? O pesquisador José Barreto apenas encontrou um documento. Não estabeleceu nenhuma hipótese e muito menos teoria.

      Ai, Jizuis! Tomei mais um tiro nu pé, ó pá!

      Só colocaste uma reportagem de um canal de televisão privado e de uma agência jornalística que faz quase tudo atrás da secretária.

      A secretária dele usa bigode? :-D

      Ai, jizusinho, mais um tiro nu pé!

      Cadê a publicação científica?

      Literatura é ciencia agora? Onde, ó animal (no sentido biológico, apesar de seu QI ser o de uma samambaia), está escrito que foiuma descoberta científica. Vai estudar, ó animal.

      Mas, será que ele é realmente quem diz ser?

      http://www.ics.ul.pt/analisesocial/artigos_42_1.htm

      Hummm, realmente, ele faz parte de tal entidade. Mas o que isso significa, crianças? Que o pesquisador fez uma descoberta de um documento histórico onde Fernando Pessoa fazia as citações referenciadas por ele. Claro que para falar em nome de uma entidade como o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, ele teve permissão. Talvez por já ter publicado ensaios sobre Fernando Pessoa antes:

      http://www.ics.ul.pt/instituto/?ln=p&mm=3&ctmid=1&mnid=1&linha=1&idpro=177

      Resumindo:

      O pesquisador estabeleceu alguma hipótese?

      Não.

      Alguma teoria científica?

      Não.

      Leis?

      Menos!

      É um documento científico?

      Com certeza, não. Histórico e literário? Sim. Científico, não

      Precisou passar por refeereing? Não.

      O que isso significa?

      Que o Sabino demonstrou mais uma vez sua ignorância científica.

      Vai estudar, ó gajo, e para de falar asneiras, hôme.

      Aprenderam, crianças? Na próxima aula, aprenderemos sobre regra de três. Até a vista, amiguinhos.

      1. Vamos dar um desconto para o Sabino. Ao menos ele tentou fazer certo dessa vez. Ele multiplicou quando era para somar, mas está se esforçando. :mrgreen:

  3. a História também é uma ciência e também existem revistas de conteúdo exclusivamente ligado a esta ciência.

    Portanto, a não ser que me apresentes um artigo sobre o referido tema que tenha sido publicado numa revista que trata da História, não acredito no que disseste. :)

    1. a História também é uma ciência

      Não é não. Leia Popper. :-D

      E leia Khun também. ;-)

      e também existem revistas de conteúdo exclusivamente ligado a esta ciência.

      Não diga?

      Portanto, a não ser que me apresentes um artigo sobre o referido tema que tenha sido publicado numa revista que trata da História, não acredito no que disseste.

      Como coisa que eu esteja me importando com o que vc acredita. Vai tomar um pouco de Popper nessa cabeça, Sabino.

      Depois, vá tomar Khun. :-D

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s