Grandes Nomes da CIência

Biografias de cientistas conhecidos ou não tão conhecidos assim. Curiosidades e fatos sobre suas pesquisas, inclusive gente anônima que fez ciência e não recebeu os devidos créditos. Mais »

Livro dos Porquês

A sabedoria e o conhecimento. Isso é Poder! Abra sua mente, aprenda mais sobre questões básicas (e complexas) e tire suas dúvidas, de forma mais didática possível, sem ser aquelas aulas chatas de colégio. Mais »

Grandes Mentiras Religiosas

O mundo não é tão bizarro quanto fazem parecer. Mentiras e enganações para ludibriar as pessoas, lindamente desmontados, de forma a trazer à luz a desonestidade para tentar lhe fazer parar de pensar e simplesmente aceitar o que querem que você pense. Mais »

Caderno dos Professores

Para quem quer ensinar e muitas vezes se pergunta como abordar um tema. Como deixar a aula interessante, como levar conhecimento aos seus alunos por meios que pedagogos lhe odiarão, mas serão amados pelos estudantes. Mais »

 

Análise das fontes externas que mencionam Jesus

TERTULIANO, ORÍGENES e Cia Ltda.

Como podem levar Tertuliano e Orígenes em consideração? Dois apologistas cristãos que baseavam seus textos nos evangelhos e com muitas incongruências também. Orígenes travou uma série de debates (por carta, como era comum naquele tempo) com Celso. Demos sorte de ter tudo o que Celso escreveu graças ao próprio Orígenes em sua obra Contra Celso, mas não parece que ele se saiu melhor. Uma das melhores tiradas de Celso é o sarcasmo de demonstrar a peculiar referência entre Jesus ser um carpinteiro (ou artesão, mediante o texto em grego) e acabar sendo pregado num pedaço de madeira.

Na obra Apologia, volume 2, Tertuliano nos brinda com:

Portanto, naqueles dias em que o nome cristão começou a se tornar conhecido no mundo, Tibério, tendo ele mesmo recebido informações sobre a verdade da divindade de Cristo, trouxe a questão perante o Senado, tendo já se decidido a favor de Cristo. O Senado, por não haver dado ele próprio a aprovação, rejeitou a proposta. César manteve sua opinião, fazendo ameaças contra todos os acusadores dos cristãos.

E muitos cristãos apologéticos usam este trecho para provar que Jesus existiu… e falham miseravelmente! A única coisa que este trecho prova é que, no máximo, havia gente que seguia Cristo. Porque ao que se sabe, Tibério nunca soube (ou se soube, não se importou) que houvesse um pregador nazareno itinerante pelas bandas da Galileia. Ninguém se importava com a Galileia, que não tinha expressão nenhuma no mundo antigo. No máximo, Roma estava preocupada se eles pagavam os tributos, além de manter um pessoal lá para garantir o movimento de tropas, mas há um silêncio se realmente tinha tropas instaladas lá na época de Jesus. Com o sistema de estradas de Roma e o alto treinamento de seus soldados, as tropas podiam se movimentar mais rapidamente que qualquer exército de seu tempo. Tibério não fez nenhuma proposta ao Senado e não há nenhum texto romano de sua época que confirme isso. Ademais, o termo "cristão" ainda sequer era usado, conforme disse mais pro início deste artigo.

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Pages: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

  • Bocejo. Vai lá ler Um Judeu Marginal (já tá no 3º Volume. tem muito pra vc ler) e depois volta aqui, sim.

    Mas antes, leia a Bíblia. Principalmente Mateus cap. 5, que diz que você não pode me xingar, mas tentar ser meu amigo e oferecer a outra face cada vez que lhe ofenderem. Ah, sim, no cap. 6 diz que quem reza em igrejas é hipócrita. 😉

    Crentinho retardadinho

  • Edrua Los

    Poderia pelo menos responder a essa questão?

    Pryderi respondeu:

    Luciano de Samosata falar que existem cristãos significa tanto que Jesus existiu como Comic Con prova que o Super-Homem existe.