Cidade americana aterrorizada com perseguição policial em altíssima velocidade

O que eu sempre gostei nos filmes policiais são as perseguições de carro. O bandido fugindo em altíssima velocidade. A polícia atrás. Todo mundo sendo um ás do volante, com manobras rápidas e frenéticas, tudo de tirar o fôlego. Mas aí a gente vem pro mundo real e vê uma das perseguições mais lerdas da face da Terra, com a polícia perseguindo um sujeito que roubara um caminhão de varrer rua.

Jogando um balde de água fria e sabão nas suas ideias de perseguições cinematográficas, esta é a sua SEXTA INSANA!

A ocorrência teve lugar em Richmond, Indiana, um daqueles lugares que brasileiro nem sabe que existe, pois só quer emigrar para Nova York ou Califórnia. Nunca pro Delaware, Minnesota, Milwalkee ou… Indiana.

Richmond tem o imenso número populacional de 35.539 habitantes, ou um condomínio na Barra da Tijuca. Deve ser um lugar com muitos atrativos, para não dizer o contrário, ou deve ter sido isso que Sammy Allen, de 54 anos, achou. Ele devia estar entediado, já que às 1:30 da manhã (o que já nos diz que ele estava com um grau etílico pra lá de Marrakech) roubou um caminhão desses de varrer rua que estava dando sopa num canteiro de obras e resolveu dar um rolê. Alguém, claro, chamou o pessoal de azul. Isso levou a polícia de Richmond a participar do que foi considerado a perseguição de menor velocidade da história local.

A carangona envenenada com motor turbo deixando qualquer Nascar Racing no chinelo é deste modelo, apesar de não ser a própria aqui:

Segundo os meganhas de Richmond a perseguir Sammy enquanto ele invadia quintais dos moradores, passava por cima de calçadas, avançava sinal vermelho, um horror! As velhinhas que moram lá devem ter ficado horrorizadas. A polícia ficou que nem os oficiais da Lei de San Angeles, pois não sabiam lidar com aquele tipo de violência.


Dramática reconstituição

A perseguição finalmente terminou quando Samuca caiu com o carro num rio, tentou meter sebo nas canelas, mas o melhor, mais treinado e melhor oficial da polícia de Richmond conseguiu pegá-lo. No caso, um dos cães.

Sim, tem videozinho:

O carro de polícia tem ledzinho embaixo. É um carro gamer

Antes de Samuca ir ver para o xilindró, foi pro hospital tratar a mordida do Rex, que passa bem, mas o carro de lavar rua nem tanto. A polícia a essa altura vai precisar de tratamento psicológico, dada a extrema violência do ocorrido. Os moradores poderão dormir em paz mais uma vez pois a Lei e a Ordem foram reestabelecidas e a câmara de vereadores já devem estar discutindo se proíbem carros altamente velozes de novo na cidade.

3 comentários em “Cidade americana aterrorizada com perseguição policial em altíssima velocidade

  1. Não sei o que é mais engraçado o cara loco no rolê de limpa rua ou os 7 carros da polícia perseguindo ele. Que aterrador, ainda bem que na minha cidade os caras só passam atirando de fuzil.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s