Pesquisa diz que não se morre tanto assim no Everest

O Everest ainda é um imenso desafio por ser o ponto mais alto da Terra, o chamado “Teto do Mundo”. Vários idiotas aventureiros resolveram testar seus limites, acabando por ficar pelo meio do caminho. Outros chegam lá em cima, tiram uma foto e voltam pra casa, depois de quase morrerem em alguma avalanche, terremoto ou hipotermia. Não sei o que se tem a comemorar com isso. Acho mais vantagem sair pra trabalhar e voltar de noite sem ter sido assaltado.

Mas calma! Uma magnífica pesquisa apontou que a taxa de sucesso de alcançar o cume do Monte Everest dobrou nos últimos 30 anos, enquanto a taxa de mortalidade permaneceu praticamente inalterada. Afinal, só o cume interessa!

O Everest atrai mais de 500 idiotas alpinistas a cada primavera para tentar chegar ao seu topo, durante uma pequena janela de condições favoráveis​ Há anos pessoal vai lá e se aventura de forma a testar seus limites, indo por uma rota estreita, correndo sérios perigos, sem nenhuma chance de ajuda.

Ou não.

O legal de uma pesquisa publicada na PlosOne é que, não só o número de pessoas que chegaram no topo do Everest aumentou, como o percentual de pessoas que não conseguiram ficou no mesmo patamar de 1%. NÃO É MARAVILHOSO???

Péra. Não podemos comparar número absoluto de uma medida e percentual da outra, ou o número dos que chegaram lá em cima se manteve o mesmo também.

Não fala pra mim e sim pros imbecis que soltaram o press release da Universidade de Washington. O que eles quiseram dizer foi que alguns voltaram em segurança ao longo dos 30 anos que as medidas foram tomadas, enquanto boa parte ao longo do tempo conseguiu chegar lá. Aliás, você viu a foto da fila, né?

A pesquisa, mesmo, apenas tabulou os dados do Himalayan Database

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s