Tem rio de gelo siberiano indo pro mar

As pessoas acham que locais congelados não passam de um blocão de gelo. Não é bem assim, e apesar de grande parte do território da Sibéria estar congelado, tem água naquela região. Nem que seja sob a forma de gelo (eu tinha que fazer esta piadinha!). Mas sim, tem água líquida ali circulando. Água corrente sob a forma de rios que circulam lá por baixo, num imenso fluxo de água constante. Isso, os cientistas sabiam. Mas ainda há algo a ser descoberto lá. Mitos “algos”.

Ao examinar a área desolada de Vavilov, praticamente no Círculo Polar Ártico, pesquisadores observaram pela primeira vez uma rápida perda de gelo de um novo e improvável rio subterrâneo (ou subgelâneo?).

Whyjay Zheng é um doutorando no Departamento de Ciências Geológicas da Universidade de Cornell (pelo menos, tem uma página bonitinha). Em seu trabalho (que muito provavelmente será usurpada pelo orientador), Zheng estava analisando a calota de gelo ao longo de alguns anos (no caso, dados desses anos. Ele não acompanhou dia-a-dia), e achou que tinha algo de errado ali.

O problema é que havia algo que não deveria estar ali: um movimento de gelo e água, e este fluxo estava aumento com o passar do tempo. Ao analisar os dados mais detidamente, Zheng viu que cerca de 11% da massa de gelo tinha ido embora. Isso implica em 9,5 bilhões de toneladas de gelo desde 2013 dando tchauzinho, byew bye, so long, farewell.

Nas imagens de satélite, parece que toda a ala oeste da calota de gelo está sendo jogada no mar. É o tipo de coisa que não se tinha visto antes; mesmo porque os únicos lugares em que os geólogos haviam visto correntes de gelo eram Antártica e Groenlândia.

O que está causando isso? Não se sabe, mas a melhor aposta é mudança climática, pois até agora todo o suporte de colunas de gelo estavam ali de boas, e uma vez que o clima está esquentando, o gelo começa a derreter em certos pontos e ocorre um efeito dominó.

Não estranhem, pois, isso parece que será mais comum daqui a pra frente. Se é que já não está acontecendo e ninguém viu ainda, e não. A imensa massa de gelo de Vavilov que foi perdida não vai se recuperar. Pelo menos, nas atuais condições. Vai que viremos de novo uma imensa bola de gelo numa Era Glacial futura? (mas eu não apostaria nisso)

A descoberta foi publicada no periódico Geophysical Research Letters.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s