Poliomielite vem aí, olê-olê-olá

Papagaios são espertos e neurociência comprova
Pesquisa vem com panspermia de novo com argumento da ignorância

E como sempre, eu estava certo (o que já deixou de ser novidade há tempos!). prognósticos do Ministério da Saúde diz que há um sério risco do retorno da poliomielite em pelo menos 312 cidades brasileiras. Só no estado de São Paulo, são 44 municípios com risco de ter a volta de uma doença erradicada. Prontos pro festival de atribuição de culpa para todos os lados, mas não a quem de direito?

Claro, alguns de vocês irão dizer que a culpa foi dos 12 anos de governo do PT. Outros alegarão que a culpa é do Temer, que assim que assumiu as pessoas magicamente se esconderam em casa e não levaram seus filhos para vacinar.

Ninguém quer atribuir a culpa aos verdadeiros responsáveis por isso: pais imbecis. não importa qual partido esteja no governo, mas pessoas não alternam estados de altíssima inteligência para burrice galopante de uma eleição para outra. As pessoas continuam sendo idiotas e acham que vacinas são coisas inúteis, pois o senhor Jesus irá proteger a família, ou que a indústria farmacêutica bilionária irá lucrar muito erradicando doenças que elas não venderão mais remédios, fora os conspiracionistas que acham que ETs estão governando o mundo, a elite global iluminati do cacete a quatro quer esconder a realidade e que você é apenas mais um servo matrixiano se sei lá do que, pois nada dessa merda faz o menor puto de sentido, mas se as pessoas pensassem de maneira lógica… bem, para começar não seriam o que são os brasileiros de uma forma geral.

A Seleção Natural está bem a fim de riscar brasileiros da lista de espécies vivas e só graças à reprodução em larga escala ela se mantém. Mesmo porque, o pensamento de boa parte da população ignorante, já acostumada com mortalidade infantil, é “nhé, dá sempre pra fazer outro”, e, claro, nada de levar para vacinar. Dá trabalho e perde-se um dia que poderia estar em algum bar enchendo o focinho de cachaça. Já os descolados acham que vacinas são um mal da indústria de remédios lucrando bilhões de dólares, preferindo se tratar com remédios homeopáticos produzidos por uma indústria de “remédios” que lucra bilhões de dólares.

O que ainda nos mantém ainda livres de uma disseminação das doenças é a proteção emanada, mas isso não vai durar por muito tempo, quando mais e mais pessoas estão deixando de se vacinar. E não, seus imbecis, o descrédito dos políticos não têm nada a ver com isso! Tomem vergonha nas putas de suas caras e aceitem o fato que somos um país de ignorantes, que basta ter merda de jogo da seleção que tudo é deixado para lá, o Brasil é o melhor país do mundo, foda-se a Suíça e seu IDH alto, mas quando passa a Copa, o Brasil é um lugar merda, estou doido pra sair deste país filho da puta!

Eu falei que ia piorar. Me chamaram de pessimista e me xingaram. Em, está piorando e vão botar a culpa em quem falou que ia piorar, como se apontar a verdade fizesse que a verdade iria se tornar… bem… iria se tornar verdade.

E se você pensa que está seguro porque se vacinou, pode esquecer. Quem não se vacinou vai se tornar um lindo hospedeiro, selecionando os agentes infecciosos mais fortes e a seleção natural irá dar um jeito de fazer o que sempre fez: limar da existência os que não estão aptos, e os principais a serem limados são os que precisam de mais recursos do que os mais simples. Ou não, isso significa que muitos brasileiros acéfalos ainda continuarão por aqui.

Por sorte, já não estarei mais aqui, mas vocês podem começar a investir em empresas que fabricam pulmões de aço. Mas não se preocupem. Hoje tem jogo. O importante é ser feliz com o Neymar caindo a cada 5 minutos. ELe pelo menos tem acesso a médicos melhores e prmete não se importar se a população ficar doente.

Eu nã me importaria.


Fonte: UOL

Papagaios são espertos e neurociência comprova
Pesquisa vem com panspermia de novo com argumento da ignorância

Sobre André Carvalho

και γνωσεσθε την αληθειαν και η αληθεια ελευθερωσει υμας

Quer opinar? Ótimo! Mas leia primeiro a nossa Polí­tica de Comentários, para não reclamar depois. Todos os comentários necessitam aprovação para aparecerem. Não gostou? Só lamento!