Há um ano, você agiu feito um imbecil. Você não estava sozinho

Sim, há um ano a internet entrou no modo Full Retard, e a imagem aqui em cima tem uma mensagem para você. Há um ano as redes sociais mostraram o quanto são imbecis quando Marina Joyce, a youtubeira lokona postou um vídeo e o bando de acéfalos achou que ela estava sendo violentada, sequestrada pelo ISIS, entrando na porrada e, PASMEM!, tinha uma arma dentro do quarto em que ela estava e, por isso, era mais do que prova que ela estava dominada, tava tudo dominada.

A indignação passou. Eu postei um texto mostrando as maluquices de um pessoal burro pra cacete que não conseguiu antenar a ideia que se você está preso num quarto com uma espingardona ao seu alcance, você não está tão ruim assim. A indignação passou, mas nem por um instante eu acreditei que as pessoas deixaram de ser burras. Elas agora só dão vazão às suas diarreias mentais em outras bobagens, espalhando merda pelas redes sociais, pelas quais o Gilmar do E-farsas agradece comovido.

As pessoas continuam fingindo que se importam, desde que não tenham que fazer nada. Como eu falei – e reitero – se uma criança de rua chega perto, mudam de calçada. se um mendigo vier na direção deles, chamam a polícia. É muito mais simples mostrar a indignação atr´s de uma telinha brilhante; ou, de forma mais ilustrativa:

Marina Joyce não foi sequestrada e vocês podem parar de fingir que se importam com ela. O mundo não melhorou nem piorou. Toca o bonde para a próxima indignação. Sílvio Santos? É… taí um bom alvo.

8 comentários em “Há um ano, você agiu feito um imbecil. Você não estava sozinho

  1. Só mesmo o senhor professor para me lembrar desse episódio que mostrou como Idiocracia foi um filme futurista. Até hoje há mongolonauta, burronauta, ignorantonauta que ainda acha que ela foi sequestrada. Enquanto eles tentavam mostrar que nariz de porco era tomada, a quantidade de inscritos dela triplicou. Graças a propaganda gratuita desse pessoal.

    E eu já tinha visto essa imagem em preto e branco. Inclusive está na fila de rascunhos do meu Tumblr.

    1. Bom, em um mundo onde quantidade de likes e seguidores ratifica a veracidade de uma informação (mesmo que ilegítima), não dá pra esperar nada, mesmo.

      Hoje, durante uma discussão com um imbecil conspiraciotário (pleonasmo intencional), o maior argumento do idiota seguidor daquele caça-cliques do Afonso do “Ciência de Verdade” (que fala um monte de bosta EXCETO sobre ciência de verdade), foi:

      Apos (sic) eu não sei . como é uma pessoa louca.. Pq o cara tem argumentos ótimos. .
      Fala bem. Explica bem.. E tem mais de 60 mil inscritos. .
      Ja vc só tem 15..kkkkkkkk
      E ja cabelo de rabo de jumenta só tem 6 mil..eu acho q e 6..kkkkkk

      Ou seja, meus argumentos são completamente inválidos só porque “tenho” 15 seguidores (e nem sou um canal, nunca publiquei um vídeo sequer), mas o cara tem razão porque 60 mil idiotas o seguem. Sério, e não foi a primeira vez que li algo do tipo. Outro dia:

      digita satélite no Google:
      há pouco conteúdo relevante .?

      Ou seja, só porque (na concepção dele) há “poucos resultados” no Google, algo automaticamente não existe.

      Tá cada vez pior, man. Cada vez pior.

      1. A realidade é algo muito frio, por isso a maioria prefere esse tipo de conteúdo mais sensacionalista criticado por você. Outro exemplo neste post:
        https://ceticismo.net/2017/07/20/o-eclipse-solar-de-2017/

        Repare que nas sugestões do Youtube, para cada vídeo sério do assunto tem se uns 10 ou mais outros ligando o eclipse a um sinal apocalíptico, planeta X e até mesmo à Terra Plana.

        A maioria gosta desse conteúdo e por isso abordagens mais sérias e racionais acabam sendo eclipsadas.

      2. O tal do pewdiepie (é assim que escreve o nome daquela porcaria?) deve ter um conteúdo primoroso, pois são mais de 50 milhões de gado… quer dizer, de seguidores que ele tem.

        E eu nunca vi uma porra do vídeo dele. Nem pretendo.

      3. Simples, pessoas retardadas tem complexo de ovelha, elas adoram seguir o rebanho, e acham que só por que milhares de pessoas seguem este algo, quer dizer que este algo é verdadeiro.
        Se só por que milhares de pessoas seguem alguma coisa, então automaticamente é verdadeiro, então ainda estaríamos com o Geocentrismo como modelo astronômico da Terra.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s