Ciência, música e a beleza de combiná-las

Há duas coisas fundamentais que nos separam dos outros animais. Produzir ciência e fazer música. Pássaros não fazem música. Estão apenas chamando as fêmeas de "gostosas", enquanto puxam briga com outros pássaros. Aprendemos a criar melodias diversas, aprendemos a usar a Ciência. Aprendemos a misturar as duas coisas, e o resultado é fantástico.

Nigel Stanford achou que seria o máximo usar a Física das ondas mecânicas, intimamente ligada aos sons, para produzir arte, usando música. É um efeito fisiception, no qual ondas sonoras formam ondas mecânicas, gerando esculturas. E como tudo fica melhor com bobinas de Tesla, o que se pode dizer? Veja o vídeo!

É mágico, é lindo, é maravilhosamente fantástico. Stanford até tem conta ano MySpace, e eu nem sabia que esse treco ainda existia!

A Ciência pode ser chata e desinteressante. Sei lá, chamam isso de Ciência, não sei. Euchamo de "Ciência" algo inspirador, desafiante e, por que não dizer?, bonito!


Fonte: Tuinto do Luiz Bento

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s