Pedaço de pau é usado como filtro de água

Leitores do Ceticismo.net são pessoas cultas e frequentaram colégio (salvo aqueles que acham que Sociologia e outras "ciências humanas" servem para algo). Assim, eles sabem o que são xilemas e floemas. Se não sabem, veremos um pouco mais abaixo.

Para as plantas, os dois tecidos condutores de seiva são primordiais na sua nutrição. Mas agora estão estudando um outro uso para elas: filtrar água!

Os xilemas são vasos condutores que transportam a água e os sais minerais, coletados pelas raízes, e levam até às folhas. Esta "sopa" é chamada "seiva bruta" e quando chega nas folhas é transformada em seiva elaborada, através do complexo processo de fotossíntese (que não se resume a Água + CO2 —> Glicose + O2 (sim, eu sei que a reação não está balanceada, Capitão!). A seiva elaborada volta pelos floemas, passa  elo caule e vai até à raiz e aos órgãos de reserva.

Tendo diâmetros bem pequenos, para evitar a quebra da coluna de água, evitando que a planta se ferrasse bonito, esses vasos podem filtrar a água, impedindo que coisas nada agradáveis, como protozoários ou criaturinhas com tamanho superior a 100 nanômetros (1 nm = 10–9 m) passassem. Isso inclui até alguns vírus grandões.

O dr. Rohit Karnik é professor de Engenharia Mecânica no Departamento de Engenharia Mecânica (mas hein?). Ele e seus orientando pesquisaram a eficiência de um miolo de tronco de pinho para produzir água filtrada, através de seus xilemas.

Segundo a pesquisa, foram utilizados três filtros diferentes à base de xilemas e eles mostraram capacidade de mais de 90% em impedir a passagem de bactérias. Mas, claro, vírus pequenos passam pelos vasos, mas isso acontece até com sua água de casa. Sempre precisará de desinfecção, mas já é uma limpeza e tanto. A pesquisa sugere, entretanto, que outros tipos de madeira com poros menores sejam usados para filtrar esses safadinhos. A pesquisa foi publicada na PLOS ONE.

Eu não imagino que nós aqui em casa usemos este filtro, mas ele é tão barato (ou deveria ser) que pode ser usado lá em Deus-me-livre, virando à direita onde Judas perdeu as botas. Levando em conta a quantidade enorme de locais no Brasil sem qualquer tipo de tratamento de água e esgoto, esta pesquisa dá a chance de termos algo melhor e que garanta a saúde das pessoas.

Enquanto isso, em algum apartamento da VIeira Souto, um filósofo contemporâneo está reclinado em sua confortável poltrona, numa temperatura aprazível graças ao seu ar-condicionado, contemplando a orla de Ipanema e se questionando reflexivamente sobre a miséria do povo em locais afastados, sem água limpa para beber…

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s