Cientistas britânicos pesquisam computador capaz de ler pensamentos

Não é de hoje que se busca a interação homem-máquina. Mas, para tal, é necessário que a máquina leia nossa mente, ou algo bem próximo a isso. O que antes só aciontecia em livros de ficção científica, talvez se torne realidade em pouco tempo, pois um sistema desenvolvido por pesquisadores da University College de Londres é capaz de decifrar padrões de pensamento e de dizer o que as pessoas estão pensando, simplesmente fazendo a varredura do cérebro. Dave, eu tenho medo!

A descoberta é um passo em frente porque ela pode mergulhar em memórias das pessoas e diferenciar entre lembranças diferentes. Tal pesquisa, liderada pela Profª Eleanor Maguire, resulta de um estudo no ano passado que usou a mesma técnica para acompanhar os movimentos de uma pessoa ao redor de uma sala de simulação por computador, e centrou-se no hipocampo, área no centro do cérebro que desempenha um papel crucial na memória de curto prazo. A descoberta foi publicada no periódico Current Biology.

Imagino que o pessoal que preza pelo privacidade está de cabelos em pé, pois isso suscita vários utilizações; algumas boas e outras não tão boas. Uma máquina que consiga traduzir seus padrões cerebrais e analisar sua memória pode ajudar pessoas com doenças degenerativas, mas também pode ser usada como uma espécie de detector de mentiras. Que mal se esconde nos corações humanos? Há também a possibilidade de se manipular estas memórias, de modo que você se lembre do que quiserem que você se lembre. Isso pode servir de prova definitiva num caso de assassinato, como pode inocentar criminosos, fornecendo falsas memórias. Isso até não é nada demais se penmsarmos na possibilidade de se condenar pessoas inocentes, afim de liberar o verdadeiro culpado. Como podem ver, isso daria temas interessantes para livros de intrigas.

Em seu último experimento os pesquisadores mostraram a 10 voluntários três filmes com sete mulheres diferentes na realização de uma tarefa diária em uma típica paisagem urbana, como enviar uma carta ou beber café em um copo de papel. Os voluntários, então, foram convidados a memorizar o que viram e recordar a cada uma por sua vez estando dentro de um escaner de ressonância magnética (MRI), que registra a atividade do cérebro medindo as mudanças no fluxo do sangue dentro do cérebro. O algoritmo de computador, em seguida, estudou os padrões elétricos e poderia dizer que filme o voluntário estava lembrando, com uma precisão de cerca de 50 por cento – que foi bem acima do acaso para essas condições.

Agora, vamos ficar aguardando a época em que a Polícia do Pensamento será formada ou os PreCogs entrarão em ação.

5 comentários em “Cientistas britânicos pesquisam computador capaz de ler pensamentos

  1. Isso com certeza é inevitável,assim como as máquinas inteligentes,pode demorar um pouco mas ocorrerá naturalmente,vai ser um bbb geral. :neutral:

  2. A ciência aos poucos vai desvendando a mente. Quem sabe isso ajude a dismistificar algumas besteiras que muita gente acredita por aí..rs.

    A propósito, acho que nessa parte “pesquisadores mostraram que 10 voluntários três filmes”

    o correto seria: “pesquisadores mostraram a 10 voluntários três filmes”

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s