Como funciona a Ressonância Magnética

A Ressonância magnética é um importantíssimo método usado na medicina diagnóstica, principalmente pelo fato de ela não.ser invasiva, ou seja, a pessoa não precisa entrar na faca. O vídeo a seguir explica de maneira resumida e facilmente compreensível como os aparelhos de ressonância magnética funcionam. Bóra pro videozim?

Continuar lendo “Como funciona a Ressonância Magnética”

O autismo escondido nos seus olhos

Autismo não é uma doença. Isso você já sabe, se lê meu site. São várias doenças compreendidas dentro do mesmo espectro, e é difícil diagnosticar logo de saída. A saída é ter um diagnóstico genérico e dali ir refinando, ao invés de partir para determinar direto qual a doença que a pessoa está acometida, se é que é do espectro autista.

Não é de hoje que o eletrorretinograma é utilizado para encontrar um biomarcador, isto é, alguma marca biológica que indique que a pessoa está entre um dos múltiplos casos concernentes ao espectro autista, mas agora este teste está cada vez mais preciso.

Continuar lendo “O autismo escondido nos seus olhos”

Que tal um aparelho portátil de ressonância magnética pra chamar de seu?

A ressonância magnética foi um dos grandes achados em termos de tecnologia de medicina diagnóstica. Desde a década de 1970, a ressonância magnética ajudou milhões de pessoas a saberem o que anda rolando dentro delas. O problema é que é um aparelho muito, mas muito grande. Tudo bem que conheço casos em que algumas senhoras um tanto avantajadas não couberam em aparelhos de ressonância magnética convencionais e acabaram tendo que ir no Jockey Club para usar aquele aparelhão gigantão que examina cavalos. (não estou inventando)

Mas e o contrário? E quando precisamos de mobilidade? Não dá pra ficar carregando um aparelho de ressonância magnética (antigamente, eram chamados aparelhos de Ressonância NUCLEAR Magnética, mas mudaram o nome porque parece que “nuclear” não pega bem). Bem, deram um jeito de miniaturizar o aparelho.

Continuar lendo “Que tal um aparelho portátil de ressonância magnética pra chamar de seu?”

Pesquisadores colocam algo na sua boca para você chupar e ver sua glicose

Os recém-nascidos podem apresentar uma variedade de problemas de saúde. Pediatras têm que lidar com um paciente que nem sempre é cooperativo e diz como está se sentindo, ainda mais quando é bebê. Não apenas isso (que já é muito ruim) é fazer exames em bebês e acompanhar o desenrolar. Podemos citar o exemplo da diabetes tipo 1. Não é brincadeira em diagnosticar em adultos e em crianças é um problema maior e em bebês é um deus-nos-acuda! Motivos? A identificação da diabetes tipo 1 requer acesso ao fluido intersticial na pele e ninguém quer pensar em como fazer isso em bebês recém-nascidos, que são muito frágeis (mas não tão frágeis quanto fanboys de políticos). Quem seria capaz de resolver isso? Quais entidades poderosas teriam incrível poder para determinar isso? Qual tipo de ser megapoderoso, Senhor dos Céus e da Terra, comandante dos segredos escondidos nos materiais, sapiência última do Universo teria condições de realizar tal proeza?

Sim, químicos, obviamente!

Continuar lendo “Pesquisadores colocam algo na sua boca para você chupar e ver sua glicose”

Criada técnica para ver a beleza interior do seu câncer

A radioterapia é um dos principais métodos de tratamento não-invasivo. O problema é que estamos falando de radiação, e isso manda pro beleléu o tumor, mas se bobear vai você também. É preciso muito cuidado. Raios gama e outros dispositivos direcionados de alta energia resultam na exposição de todos os tecidos que estão a caminho e do outro lado de um alvo, mas não, isso não fará de você um gigantão bombado cinza, nem verde e nem vermelho.

Como disse um amigo cirurgião, no caso dos nefrologistas, eles sabem tudo sobre rins, menos onde eles ficam. Saber onde estão os órgãos importantes em pacientes individuais é legal, pois pode direcionar os PEW PEW PEW da radioterapia com maior eficiência.

Continuar lendo “Criada técnica para ver a beleza interior do seu câncer”

Seres Supremos, incríveis e maravilhosos criam detector de câncer portátil e eficiente

Medicina diagnóstica e importante, e em alguns casos é preciso que seja rápido com o máximo de precisão mediante a rapidez necessária. Ok, que rapidez e precisão não andam juntos, mas se puder ter um mínimo de acerto para direcionar o tratamento necessário, é uma mão na roda, e isso vale para a detecção de câncer.

Eu já tinha escrito sobre um novo teste promete apressar o diagnóstico de câncer no ovário. Agora,pesquisadores criaram uma caneta cancerindentificator, capaz de detectar câncer intraoperatório de maneira portátil.

Continuar lendo “Seres Supremos, incríveis e maravilhosos criam detector de câncer portátil e eficiente”

Novo teste promete apressar o diagnóstico de câncer no ovário

Câncer não é algo legal. Nenhum dos quase duzentos tipos dele. O de ovário é muito sério, já que é a segunda neoplasia ginecológica mais comum, atrás apenas do câncer do colo do útero, embora seja o mais mortal deles, com o agravante de ser difícil de ser diagnosticado. Segundo o Instituto Nacional do Câncer, a larga maioria dos casos de câncer no ovário é derivada das células epiteliais que revestem o ovário, sendo o restante vindo de células germinativas (vocês sabem: os óvulos) e células estromais, que são as responsáveis pela produção dos hormônios femininos na quase totalidade.

O grande problema do câncer de ovário é seu difícil diagnóstico, muitas vezes demorando anos para que se tenha notícia que o lazarento está lá devorando a pessoa por dentro. Só que uma nova pesquisa promete antecipar em 2 anos a possibilidade de detectar câncer no ovário; e como sabemos: quanto mais cedo se detecta um câncer, mais fácil ele é tratável e curável.

Continuar lendo “Novo teste promete apressar o diagnóstico de câncer no ovário”

Pesquisadores desenvolvem luva-magneto-diagnosticator Tabajara

Eu acho fascinante a tecnologia de diagnósticos, principalmente os por imagem. Sim, eu adoro um “emarái” das séries médicas (ok, na maioria das vezes não precisa ou, pior ainda, o plano não cobre). Você entra no aparelho de ressonância magnética e campos magnéticos (duh!) bem fortes, junto com ondas de rádio e gradientes de campo, geram imagens do que você tiver aí por dentro deste corpo xexelento, mas que você só tem ele. Uma das limitações é que você tem que ficar lá, paradinho. Ele não pode ser usado para saber o que anda acontecendo nas articulações dos seus membros. Mas não seria legal se pudesse?

Bem, pesquisadores desenvolveram uma luva que serve de detector que permite que possam ser obtidas imagens de uma mão em movimento, que são jogados num scanner de ressonância magnética. Dessa forma, a luva consegue obter imagens de alta resolução das articulações em movimento.

Continuar lendo “Pesquisadores desenvolvem luva-magneto-diagnosticator Tabajara”

Vibrador na coluna diz muito sobre sua dor nas costas

Já tive problemas de dores nas costas, principalmente num dia que uma das alunas veio correndo e se jogou sobre mim. Foi a cor azul mais linda que eu vi enquanto caía numa onda de dor. Problemas assim a pessoa que vê muita série já sabe o que fazer: um emarái! O problema é que o RMN é caro, plano de saúde não vê com bons olhos, tem fila no SUS e nem sempre é isso o que você precisa. Mas RMN é igual bluetooth: tudo fica mais legal com ele. Mas é caro, não se esqueça.

Agora, uma pesquisa parece sugerir um substituto, ou, pelo menos, um aliado: um treco que vibra atrás de você. Que tal? (não, não é isso. Pode acabar com essa carinha de felicidade).

Continuar lendo “Vibrador na coluna diz muito sobre sua dor nas costas”

Nova técnica descobre câncer de próstata com maior eficácia

Câncer não é algo legal. Apesar de 80% dos casos de câncer serem curáveis se descobertos a tempo, o problema é descobri-los a tempo. Ainda mais no caso do de próstata, em que homem retardado fica com vergonhinha de ser examinado. Até parece que médicos fazem bolão pra saber quem fez mais exames, com a descrição de cada examinado. Exame por imageamento seria mais eficiente e menos invasivo, mas temos que meter o dedo na ferida. O problema é que análises por imageamento não são lá muito sensíveis para a detecção de câncer de próstata metastático. Será que podemos mudar isso?

Um estudo recente demonstra uma nova técnica que permite, de forma prospectiva e sistemática que uma varredura PET / CT, usando o radiofármaco F18-DCFBC ZZZzzzzZZZzzzz.

Continuar lendo “Nova técnica descobre câncer de próstata com maior eficácia”