Mentiroso da um jeito de passar por bonzinho

O que mais vemos hoje é um fenômeno em que a pessoa se posta como mais moral e ética que outras. Ok, isso não é novidade. Pelo contrário, isso vem de longos séculos. Outra coisa que não é novidade é o conceito de “fanfic”, quando a pessoa inventa uma situação em que isso reforce suas qualidades positivas e/ou qualidades negativas do seu desafeto. Pense num caso que eu irei inventar, e qualquer semelhança é mera coincidência. Pense que você vai num banco para sacar uma soma de dinheiro. Por questões de segurança, o banco pede para averiguar. Aí, na hora de falar com as pessoas, você meio que inventa que o banco fechou tudo, chamou a polícia e você foi arrastado de lá. Aí vem a coisinha chata chamada “questionamento”; então, você muda a fala dizendo que você foi na delegacia. Também fala que rasgou seu documento de identificação, mas isso porque o agente policial mandou, já que você não estava com o mesmo penteado. E assim você vai mudando a história, de forma a ressaltar que os outros estão errados e você está certo.

(Lembrando que isso é uma história fictícia. Ninguém seria tão imbecil de inventar uma história sem pé nem cabeça dessas em redes sociais, de forma que concordem que esta pessoa é um mártir)

Pesquisadores resolveram estudar e descobriram uma coisa que todo mundo já sabia mas não com rigor científico): pessoal mente para tirar onda e saírem-se como as mais honestas do mercado.

Continuar lendo “Mentiroso da um jeito de passar por bonzinho”

A Lâmpada que ilumina o coração hipócrita

Havia dois Diógenes. Diógenes Laércio, historiador, filósofo e biógrafo de antigos filósofos gregos. Nascido no ano 180 EC em algum lugar do Império Romano, que não se sabe qual é. Quase nada sabemos sobre ele. Temos Diógenes, o Cínico, nascido em Sínope (por isso, ele é chamado também de Diógenes de Sínope), uma colônia jônica no Mar Negro, em alguma data entre 412 ou 404 AEC. Diógenes Laércio escreveu sobre seu xará de Sínope em sua obra Vidas e Opiniões de Eminentes Filósofos; Plutarco também escreveu sobre o filósofo de Sínope, dizendo que Diógenes, o Cínico morrera em Corinto no mesmo dia que Alexandre da Macedônia, então, foi algo em 323 AEC. Estas datas estão certas? Ninguém sabe.

Diógenes era chamado O Cínico dada a escola filosófica que ele fundou; ou, pelo menos, iniciou: o Cinismo. As palavras mudam de significado com o tempo, e Cinismo era uma escola filosófica em que seus seguidores tinham para si que o objetivo da vida é viver em virtude, de acordo com a natureza. Achavam que seres humanos, como criaturas racionais, podem obter a felicidade treinando rigorosamente e vivendo de uma maneira natural para si mesmas, rejeitando todos os desejos convencionais de riqueza, poder, sexo e fama. Em vez disso, eles deveriam levar uma vida simples, livre de todos os bens. Eu mesmo não estou nesse nível. Não por habilidade, mas por achar, como o tocador de cítara disse, se apertar demais a corda arrebenta; se afrouxar, não se consegue tocar o instrumento.

Continue lendo >>

O reconhecimento vazio para a sueca que todo mundo finge que adora

Todo mundo já está sabendo da escolha da Greta Thunberg, como personalidade do ano da revista Time. Acham que isso é o máximo, e não apenas uma capa de revista como sempre. Estão comemorando tanto que deixaram de lado Zozibini Tunzi, a miss África do Sul, por ter sido escolhida como Miss Universo. Alguns estavam dando ataquezinhos felizes por Zozibini ter sido a primeira mulher negra a ganhar a coroa de Miss Universo, quando não é verdade. A primeira mulher negra a ganhar o título foi Janelle Penny Comissong, miss Trinidad Tobago, em 1977. A imensa ironia que lacradores apagam sua própria história para poderem defender uma causa. Nem a KKK chegou a esse ponto.

E sobre a Greta e sua “conquista”?

Continuar lendo “O reconhecimento vazio para a sueca que todo mundo finge que adora”

A má compreensão sobre a Ciência

A má compreensão sobre a Ciência leva a pensamentos tolos e mesquinhos. As pessoas, na verdade, não passam de hipócritas, pois usam computadores, notebooks, tablets e celulares para dizer que Ciência não serve para nada. A Big Pharma é um câncer e o que é bom mesmo é ir na sua igreja ou qualquer outro templo religioso, mas na hora que o calo aperta, correm para a primeira farmácia. A pura hipocrisia.Este tipo de pessoa adora os presentes que a Ciência dá, mas não das perguntas que a Ciência faz. Perguntas demandam pensar e responder, e essa tosqueirada não quer pensar, mas acreditar.

Continuar lendo “A má compreensão sobre a Ciência”

A falsa lágrima de um hipócrita que finge se importar com vereadoras

Já fez 20 dias desde que Marielle, a famosa vereadora que ninguém conhecia até seu fatídico dia, foi assassinada junto com seu motorista. Todo mundo rasgou as roupas de consternação, prantou-lhe o seu ocaso, choraram e exigiram Justiça. Artistas internacionais como Viola Davis, Naomi Campbell e Lauren Jauregui (quem?) postaram nas redes sociais suas indignações, reiterando o grande trabalho que ela exercia (e quase ninguém aqui sabia, quanto mais lá fora). Viola Davis até postou que está “de pé e lutando com vocês, Brasil”. Eu ainda não vi Viola Davis desembarcar no Rio e ir na favela da Maré, mas deve estar fazendo isso em segredo.

Continuar lendo “A falsa lágrima de um hipócrita que finge se importar com vereadoras”

Pastor vai em cana por querer pegar adolescente, e você preocupado com Santander

Houve choro e ranger de dentes. Pessoal indignado com a exposição do Santander. Outros achando que ensinar sexualidade em escolas é um crime contra a Humanidade e os que defendem isso deveriam ir pra Haia serem julgados, tendo o ECA como lei que proíbe que se ensine que meninos têm pinto e as meninas tem pepeka. Nossas crianças têm que ser protegidas e é por isso que podemos contar com a família, amigos e o clero, já que falta mais Jesus no coração das pessoas.

O problema é que alguns pastores acham que não devem só implantar Jesus nos outros, mas outras coisas também. Continuar lendo “Pastor vai em cana por querer pegar adolescente, e você preocupado com Santander”

Religiosos ensinam humildade construindo templos milionários

Jesus disse: “Eu sou a luz que está acima deles todos. Eu sou o todo: o todo saiu de mim e o todo se reuniu a mim. Rachai uma madeira: eu estou ali. Levantai uma pedra e me achareis”.

As correntes cristãs normalmente sentem coceira ao sequer saber da existência do Evangelho Apócrifo de Tomé, também chamado de Evangelho Gnóstico de Tomé. Ele, claro, não foi escrito por Tomé, mas Mateus também não escreveu o Evangelho de Mateus, nem João, nem Lucas nem Marcos e boa parte das epístolas paulinas não foi escrita por Saulo de Tarso.

A ideia que Deus estaria em qualquer lugar, até debaixo de uma pedra, nunca agradou a qualquer elite religiosa. Sem igrejas monumentais, sem poder sendo exercido. Hoje, no século XXI, nem sempre apelam para imensas catedrais. Agora é aplicativo para celular, vídeo no YouTube e até dízimo online.

Continuar lendo “Religiosos ensinam humildade construindo templos milionários”

Refugiados participam de ato por paz, no Rio. Vai bombar?

Hoje foi um dia atípico. Um monte de gente quis fazer paralização à guisa de protesto, mas era para não trabalhar mesmo. Tá, ok. Não é tão atípico assim. De qualquer forma, o dia de hoje foi marcado por um evento aos pés do Cristo Redentor, pedindo solidariedade com a Síria, que está num arranca-rabo oficialmente há seis anos, mas que na verdade vem de longa data.

As ONG IKMR e o Movimento Amor Sem Fronteiras promoveram um “Ato pela paz” pelos moradores da Síria, naquele velho lenga-lenga “vamos fingir que nos importamos”. Na verdade, é só para aparecer, mesmo.

Continuar lendo “Refugiados participam de ato por paz, no Rio. Vai bombar?”

Papa chuta o balde e diz que é melhor ser ateu que um católico hipócrita

Papa Chicão é o chefe do maior império do mundo, com 2 bilhões de seguidores, apesar de ser um império que não é império, mas ainda tem muita influência política por todos os cantos. ele volta e meia solta umas declarações polêmicas, para horror do colegiado. Uma delas foi ter dito que até ateus podem ir pro Céu, o que levou ao núncio apostólico correr para dizer que não era bem assim. Claro, comentamos o assunto.

Agora, o Papa Zuêro aprontou mais uma das suas, dizendo que era preferível ser ateu do que ser um católico hipócrita. Sim, eu ri!

Continuar lendo “Papa chuta o balde e diz que é melhor ser ateu que um católico hipócrita”

Semana Santa, feriados religiosos e a hipocrisia generalizada

Nenhum grupo está livre da hipocrisia. Pelo contrário, ela abunda em todos os grupos sociais. Isso acontece no dia-a-dia, mas nem sempre é visível; é preciso algum evento que intensifique este fenômeno inerentemente humano. Nos próximos dias, teremos um perfeito exemplo disso. Aliás, já estamos: é a Semana Santa. Uma data que eu nunca entendi direito, pois é feriado o dia que Jesus entrou na porrada, Papai do Céu ficou puto da vida com isso, sendo que era preciso isso ou jamais haveria Cristianismo. Jesus volta do reino dos pés juntos, disse “Rá! Pegadinha de Jesus” e andou dando umas perambuladas (mas só os apóstolos o viram. Curioso, não?)

Mas a hipocrisia não é essa. É do pessoal revoltz que chilica por qualquer coisinha. Se veem uma decoração de Natal ficam putinhos, se olham para uma igreja xingam muito no twitter e reclamam até de entrevista de padre. Fica a pergunta: eles não reconhecem a folga desta semana, não é? E a da semana que vem?

Como assim “semana que vem”?