Viés de confirmação ou casos do acaso

Já falamos, ou melhor, escrevemos sobre isso antes. O viés de confirmação é a eterna busca de significantes para significados. As pessoas já têm uma ideia pré-concebida de como o mundo funciona, mesmo que seja algo idiota. Mas qualquer evento será usado para justificar essa ideia, mesmo que haja várias evidências do contrário.

Você cria uma ideia de como as coisas devem acontecer, não mportando o quão maluco isso seja, e procura todas as evidências que concordem com você, ignorando as provas em contrário. Onde será que vimos isso antes?

Continuar lendo “Viés de confirmação ou casos do acaso”

Folclore e Religião. Será que tem diferença?

Diz Joseph Campbel, mitologista, que mito é como se define a religião dos outros Muitas histórias são contadas de pais para filhos, ao longo dos anos. Sacis, cucas, boitatás, iaras etc. Será que tem tanta diferença assim de pregadores com poderes mágicos, como andar sobre a água, curar pessoas e multiplicar peixes?

Se você ainda não viu o vídeo que foi ao ar´sábado, taqui a sua chance de ver. Se você quer acompanhar assim que for publicado, assine nosso canal. Não esqueça de nos recomendar. Tupã está de olho!

Continuar lendo “Folclore e Religião. Será que tem diferença?”

Uma análise dos problemas das religiões

As religiões têm muitos problemas. Controle social, manipulação política e econômica, guerras, porradarias, assassinatos, ataques suicidas etc. Até onde a religião é diretamente responsável por isso? Quem sãos os que estão por detrás desse teatro de horrores?

O cientista André Carvalho tenta responder essa e outras perguntas. Ele examinará fundo a religião e perseguirá quais os responsáveis por todas as atrocidades e… (estou convencendo como documentário da National Geographic?).

Continuar lendo “Uma análise dos problemas das religiões”

1º Hangout Cético – Comentários

Bem, se você acompanhou durante a manhã, viu a mim e o Gilmar do E-Farsas num bate-papo sobre ceticismo. Foi uma excelente experiência, ainda mais que eu sabia (mas não tinha certeza da extensão) do quanto eu falo demais. Não, sério! Eu não sou prolixo, eu simplesmente falo pra cacete!

Como experiência foi ótimo e gostaria de compartilhar algumas coisas.

Continuar lendo “1º Hangout Cético – Comentários”

Tumba de Herodes pode não ser “A” tumba de Herodes

Em 2007, uma turba de crentes fanáticos ficou mais contente do que pinto no lixo. Eles pulavam, saracoteavam, estrebuchavam, falavam em línguas e escreviam com seus péssimos português que Jesus era verdadeiro. Motivo? A equipe de arqueólogos do dr. Ehud Netzer encontrou uma tumba perto do Herodium (ver Herodes: O visionário arquiteto da Terra Santa), e esta tumba foi tida como sendo de Herodes, o Grande. PRONTO! Taí a prova que Jesus existiu.  A Bíblia fala de Herodes, o Grande, não a Bíblia está certa. O problema é o cruzamento de informações, já que outros autores, como Flavio Josefo, também falaram de Herodes. Curiosamente, o mesmo não acontecia com Jesus, que só aparecia nos textos bíblicos. Então, apelaram pro que eu chamo de Falácia do King Kong. Se o túmulo de Herodes prova que Jesus existiu, então o Empire State Building prova que um macacão subiu nele.

Agora, 7 anos depois, um grupo de arqueólogos diz "peraí", não é bem assim", alegando que aquele pode não ser o verdadeiro túmulo de Herodes.

Continuar lendo “Tumba de Herodes pode não ser “A” tumba de Herodes”

Designer desocupado cria infográfico de contradições da Bíblia

Daniel Taylor é designer e como todos da sua espécie reinventa soluções desnecessárias para problemas inexistentes. Ele criou um… projeto?… que organiza, pelo menos em sua cabeça, as diferentes passagens da Bíblia que se contradizem. O resultado foi um infográfico e, como todo infográfico tosco, só é bonitinho, mas informa pouco.

Continuar lendo “Designer desocupado cria infográfico de contradições da Bíblia”

A Babaquice de Deus

Deus, Supremo, Todo-Poderoso, Onipresente, Onividente, Onipotente, Omni-Tripla-Ação, Omni3. Escolha como quer chamá-lo, se Jesus, Jeová, IHVH, Buda Quetzalcoatl, Oxalá, Ormuz Masda, Osíris, Zeus, Alá, Rá, Ishtar, Júpiter ou Chuck Norris. Tudo isso é a mesma coisa e, no fundo, Deus é um grande troll. Sim, isso mesmo! Se todos os crentes estão certos e realmente existir um deus, ele é a criatura mais sádica, bandida, perversas, moleque e não tem o direito de usar farda preta.

Deus só faz as coisas que quer, quando quer, do jeito que quer e isso tudo de uma maneira em que todas essas opções sejam premeditadas unicamente para sacanear o ser humano.

Continuar lendo “A Babaquice de Deus”

Voz dos Alienados 64

O mundo continua a dar suas voltinhas por aí. Os malucos de plantão parecem que desistiram de vir encher o saco; mas por sorte ainda tem aqueles que resistem bravamente e colaboram com o melhor que a insânia consegue proporcionar. Assim, vemos mais uma edição do que o Planeta Bíblia pode trazer. Esta é a sua VOZ DOS ALIENADOS!

Continuar lendo “Voz dos Alienados 64”

E se você estiver errado?

O problema fundamental das religiões é a própria essência de cada uma. Não há duas religiões que sejam idênticas. Elas têm suas próprias peculiaridades. Podem ser parecidas, mas não iguais. Claro que você vai escolher por alguma que lhe atenda, na qual você se encontre. Ou também pode ser que você simplesmente não acredite em nenhuma, pois você não reconhece nenhuma delas como algo mais verdadeiro que histórias de heróis e mitos diversos, ou mesmo mais verossímil que os gibis da Turma da Mônica.

Ficando entre o grupo de religiosos, cada um deles tem a sua fé. Cada um tem a sua crença. Cada um segue um dogma, uma "verdade" ditada que terá que ser aceita.

Mas… e se você estiver errado?

Continuar lendo “E se você estiver errado?”

Moral, Ética e comportamento à luz da religião

Natural que os religiosos pensem que o que nos separa da barbárie é a religião. Curiosamente, cristãos acham que apenas o Cristianismo é o repositório da moral e bons costumes, zelando pela ética; já muçulmanos não os veem com bons olhos desde a Idade Média e judeus também ainda se lembram do que Torquemada e Lutero pensavam sobre eles. Ateus são vistos como não tendo ética, e quando falo "ateus" eu me refiro a todo mundo que não professa a fé de quem faz este julgamento. Não foi nem uma nem duas vezes que eu vi cristãos dizendo que muçulmanos eram ateus, e este pensamento pode ser invertido de lado. No máximo, alguns islâmicos proclamam que Jesus é muçulmano

Clique aqui para ler o restante deste artigo »