Moradores em cidade com rua esburacada fazem técnicos de refém para consertarem a bagaça

Essa eu fiquei com inveja. Ainda mais depois de hoje quando passei de carro num queijo suíço que chamam de rua. Cansados de trafegar numa rua bem bosta, a população meteu o louco, rodou a indiana e praticamente sequestrou um monte de idiotas que se dizem “otoridades”, mantendo-os sob a mira de armas, para dar um jeito nas ruas porque tava demais.

Tampando a buraqueiradas verbas que deveriam ir para a melhoria das vias, esta é a sua SEXTA INSANA!

O caso aconteceu em setembro passado em Naurangpur, uma vila localizada no distrito de Gurgaon Mandal, pertencente à cidade de Gurgaon, que fica no estado de Haryana. Não, curiosamente, dessa vez não foi no leu lugar favorito: Uttar Pradesh. Eu nem sei porque dou estes detalhes todos, já que vocês não saberão de qualquer forma, mas eu gosto de dar este tipo de detalhe inútil. e processe!

Vários aldeões andavam meio bolados com as condições das vias. Funcionários da Autoridade de Desenvolvimento Metropolitano de Gurugram foram lá por causa de uma construção da estrada divisória principal no Setor 78/79, mas aí a chiadeira começou, e veio muita reclamação, posto que a estrada (que não era a que os funcionários foram construir) esburacada estava causando acidentes, já que sua condição foi agravada por quatro dias de chuva incessante. E quando falamos de chuva na Índia, estamos falando daquelas monções hardcore.

Os funcionários deram de cara com um bando de gente com cara de poucos amigos e muitas armas apontadas. O pessoal mandou a real “ou repara as estradas durante a noite, ou ia dar muito ruim. Os funcionários viram que estavam numa espécie de Bollywood from Hell e eles acabaram de dançar.

Os moradores deram boas e ótimas sugestões que os funcionários o trabalho de construção de uma estrada divisória principal no Setor 78/79, ameaçaram funcionários e os coagiram a construir um trecho da estrada.

E agora vem o plot twist.

A polícia foi acionada e os meganhas de Shiva não gostaram nadinha. Segundo o dublês de Singham, o líder dos reclamões queria mesmo era construir uma estrada em frente ao posto de gasolina que possui, mas o indiano disse algo como “eu, não, mermão”. Os meganhas carregaram 90 cabeças e fizeram todos eles tocarem piano… ou cítara ou sei lá a metáfora que eles usam lá, não me interessa. De qualquer forma, pelo visto, não deu em muita coisa.

A Autoridade de Desenvolvimento Metropolitano de Gurugram disse mais tarde que ia resolver, que o projeto foi aprovado etc e tal. Então, Fika Dika: se na boa e santa paz de Buda não tá resolvendo, gritem Kali Maaaaa e metam o louco. Pelo visto, funciona.

Mas não, não duvido nada do lance de melhorar as condições da rua para dar aquele Up no posto de gasolina do sujeito.


Fonte: Hindustan Times


PS: A foto de abertura é apenas para ilustração, mas os moradores de Pirenópolis podiam fazer a mesma coisa.

2 comentários em “Moradores em cidade com rua esburacada fazem técnicos de refém para consertarem a bagaça

  1. No longínquo ano de 2006, minha mãe fez algo similar com um funcionário da Oi Velox .

    Ligaram da Velox nos oferecendo serviço de banda larga e claramente aceitamos.
    O técnico veio no dia e hora marcados, fez a instalação e ficamos felizes com aquela incrível velocidade de 1 mega. A internet funcionou MUITO bem durante 24 horas e no dia seguinte o sinal simplesmente sumiu e ai começou o inferno.
    Ligamos pra Velox e mandaram um técnico; a internet funcionava por 24 horas e morria; isso se repetiu umas 3 ou 4 vezes.
    Até que na última vez o técnico falou “Olha, sua rua não tem cobertura do serviço, o que tá acontecendo é que instalaram sua internet na central da rua de baixo e todo dia tiram ela pra instalar outra, melhor cancelar pq a empresa nem tão cedo vai instalar uma central na sua rua” e minha mãe surtou.
    Trancou o cara aqui em casa, falou que ele só ia sair com o supervisor vindo aqui em casa dar um jeito na situação enquanto eu e meu irmão tentávamos remediar a situação.
    Uma hora depois chega o supervisor desesperado e enquanto minha mãe gritava xingamentos, eu e meu irmão explicamos a situação pro supervisor que não tava entendendo nada.
    Ai o funcionário refez todos os procedimentos com o supervisor, até ir na central da rua de baixo foi e sempre com minha mãe nos calcanhares. Quando o supervisor realmente viu que quem instalou fez merda, na mesma hora ligou para alguém da Velox e ele só falava coisas como “Cara, alguém da equipe fez besteira aqui”, “se não cancelar sem multa vai dar processo pra gente” e coisas do tipo, ai a Velox muito bondasamente cancelou sem multa pra gente.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s