Marido joga ácido na esposa que se recusou a pagar aposta se oferecendo para ser estuprada

Todo mundo sabe que o Brasil é o pior lugar do mundo para ser mulher. Lugar bom mesmo é na Índia, aquele berço milenar de cultura, não aqui, onde as mulheres têm direitos garantidos por lei. Já na Índia não tem essa, não tem amarras nem nada. O problema é se o marido de alguém perder apostas e apostar… a esposa para um gang-bang. Continuar lendo “Marido joga ácido na esposa que se recusou a pagar aposta se oferecendo para ser estuprada”

Toscos nos cafundós de Shiva quase sacrificam criança de 3 anos

A Índia é um país peculiar. Por peculiar, eu quero dizer totalmente insano; mais até que o Brasil! O Brasil é tosco, todo mundo sabe disso, mas a Índia é diferente. Berço da Matemática como conhecemos hoje, tendo sido um dos inventores dos números, junto com os árabes (os gregos não tinham sistema de numeração próprio, por isso eram ótimos geômetras mas péssimos aritméticos), a Índia consegue feitos memoráveis, como mandar uma sonda pra orbitar Marte e acertam de primeira (vocês lembram que eu falei que eles inventaram a Matemática, né?), enquanto o Brasil não consegue mandar um Cubesat e, quando fazem, mandam um peso de papel que aqui custou 400 mil reais, já que o não pagamento fez com que ele subisse sem o software. Brasil inventou o primeiro peso de papeis em microgravidade!

Aí você espera que um país com uma ciência aeroespacial bem desenvolvida (além de uns nukes no estoque) tenha um bom desenvolvimento. Não que não tenha, mas o lado social acabou com gente ainda vivendo na era pré-qualquer coisa, quando a polícia precisa intervir rápido, já que os familiares de uma criança iriam sacrificá-la em honra a… bem, nem eles sabem direito.

Continuar lendo “Toscos nos cafundós de Shiva quase sacrificam criança de 3 anos”

Muçulmanos vão nas carnes de uma vaca e entram na porrada

Há 2500 anos AEC, os primeiros assentamentos indianos no vale do Indo deram início ao florescimento de uma civilização complexa e bem estruturada. A irrigação do Vale do Indo passou a sustentar grandes centros urbanos como Harapa e Moenjodaro. Isso foi 1200 anos antes de Tutancâmon, 700 anos antes do Império Paleobabilônico e não, nenhum sinal ainda de um império israelita, mesmo porque, Israel nunca foi um império. No máximo, umas tribos juntas com um rei tribal, mas Davi só surgiria 1000 anos depois da civilização do Vale do Indo ter desaparecido, dando origem a outra civilização mais adiante. A Índia tem uma longa história de reis e imperadores. Conquistadores e guerreiros. Eles já conheciam Matemática, Engenharia, Astronomia, Química e Física. (hebreus who?).

Infelizmente, os grandes avanços do pessoal de Indra ficou deixado de lado quando a Ciência deu lugar à superstição. O Povo do Ganges, que bateu de frente com Alexandre Magno (perderam, mas com dignidade e aquele que conquistou todo o mundo antigo reconheceu isso), acabou caindo para a barbárie. Cismaram que vacas são seres divinos e, por isso, um homem foi espancado até a morte por uma multidão enfurecida já que, segundo acusações, o tal homem teria matado uma vaca.

Continuar lendo “Muçulmanos vão nas carnes de uma vaca e entram na porrada”

Charlatão indiano infectou 33 pessoas com vírus da AIDS

E numa incrível demonstração de como religião é algo legal e só faz melhorar a vida das pessoas, a notícia agora vem direto da Índia, de forma a provar que estupidez religiosa não é exclusividade de religiões abraâmicas. Como Medicina é aquele negócio que não serve pra nada a não ser enriquecer a Big Pharma, pessoal largou mão dos tratamentos convencionais por uma Medicina Alternativa; e bem sabemos que se Medicina Alternativa funcionasse, seria chamada “Medicina”.

Antes de prosseguirmos, deixem-me lembra-los que, às vezes, o barato sai caro, que você pode arrumar, com isso, um Kinder Ovo do Mal, em que a surpresa é algo um tanto… desagradável. Como ganhar de presente uma contaminação com vírus da AIDS.

Lutando contra um mundo infectado pela burrice, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Charlatão indiano infectou 33 pessoas com vírus da AIDS”

Menina quase é eletrocutada e acaba enterrada que nem tatu

Meu nome é Barry Allen e sou o homem mais rápido do mundo! Um acidente me tornou o impossível. Para todo o mundo, sou um cientista forense, mas secretamente uso a minha velocidade para combater o crime e achar outros como eu, e um dia, encontrarei quem matou minha mãe e terei justiça para o meu pai. Eu sou…

Com certeza, você não é Muskan Begum, uma menina indiana de 12 anos que teve a desventura de ter pais retardados. Ela sofreu um acidente elétrico, mas não foi rápida o bastante de ralar peito dali. Acabou sendo enterrada viva pelos pais, porque, sei lá. Afastar o mal, segundo disseram.

Eletrizando a sua vida com bobagens chocantes, esta é a sua SEXTA INSANA!

Continuar lendo “Menina quase é eletrocutada e acaba enterrada que nem tatu”

Jovem Indiana recebe a dádiva tribal de ser estuprada por 13 homens

Sempre duvidei da história sobre o número 13 dar azar. Pelo visto, 13 não dá azar nem se for uma moça estuprada por 13 maníacos. O que dá azar mesmo é nascer num país tão tosco quanto a Índia, país que condena uma moça a ser estuprada por 13 babacas, pelo trágico motivo de manter um relacionamento amoroso.

Continuar lendo “Jovem Indiana recebe a dádiva tribal de ser estuprada por 13 homens”

O Fabuloso Pilar de Delhi

Eu canso de dizer que tecnologia não é computador, não é acessar internet ou usar smartphone pra baixar joguinho. Os homens da Antiguidade já dispunham de tecnologia. Que diabo! Uma alavanca é ferramenta tecnológica! Mas algumas obra são fenomenais e mostram a engenhosidade dos "tempos de antigamente", Eu nem menciono as pirâmides, que é arroz de festa. No Oriente podemos ver coisas que faz de nossos índios… bem, índios: pessoas que mal saíram da Idade da Pedra e nem sabiam o que era fogo até Bartolomeu Bueno da Silva ganhar o apelido "Anhanguera" (não sabe do que estou falando? Livros: leia-os!).

Na cidade de Delhi, Índia, há um pilar. Ele é conhecido por Pilar de Delhi, mas sua fama não é pela originalidade do nome e sim por ele ser o que é: uma maravilha em termos de arte e técnica. Um pilar de mais de mil anos, feito de ferro e em melhor estado que muito "aço inox" vendido por aí.

Queiram, por gentileza, pegar o LIVRO DOS PORQUÊS, capítulo "Civilizações", subdivisão "Índia"

Continuar lendo “O Fabuloso Pilar de Delhi”

Audaciosamente indo aonde nenhum indiano jamais esteve (e nem brasileiro chegará)

BRICS é o acrônimo envolvendo a letra inicial dos países que fazem parte dele: Brasil, Rússia, Índia e China. Antes, a Rússia mostrou o dedo médio pros EUA mandando o primeiro satélite, o primeiro ser vivo e o primeiro ser humano ao Espaço. Tudo bem, os EUA mandaram os primeiros homens à Lua e achou que ganhou a corrida espacial, como se ir à Lua fosse alguma meta dos filhos de Stalin.A China está em preparativos para enviar sua primeira sonda à Lua. A Índia riu e disse "losers, a parada agora é Marte".

O Mars Orbiter Mission decolou às 09:08 GMT do Centro Espacial Satish Dhawan, na costa leste do país. Brasil? Bem, nossa única especialidade em astronomia foi mandar cientistas pro Espaço… da maneira errada.

Continuar lendo “Audaciosamente indo aonde nenhum indiano jamais esteve (e nem brasileiro chegará)”