Vítima do ISIS é impedida de falar, pois poderia magoar o ISIS

Há muitas coisas ruins na vida. Talvez, o que fique no topo, ou quase bem no topo, é ser perseguido, torturado pelo Estado Islâmico. Só não é pior do que ser morto pelas formas criativas que eles conseguem bolar. Daí, você consegue fugir daqueles animais e quer contar a sua história. Então, descobre que não pode contar, porque vai causar islamofobia contra aqueles coitadinhos que lhe perseguiram, torturaram e quase lhe mataram.

Foi praticamente isso que aconteceu com Nadia Murad, uma sobrevivente do ISIS. Nadia foi convidada para se reunir com alunos do Conselho Escolar do Distrito de Toronto, uma espécie de Coordenadoria de Educação, abrangendo 600 escolas, para falar sobre seu livro: A Última Garota: Minha História de Cativeiro. Uma das escolas achou isso muito errado. Nadia, que é muçulmana, estaria fomentando ódio para com os muçulmanos, no que chamam de islamofobia. O fato de ela, como muçulmana, saber que falar mal do ISIS é tão islamofóbico quanto dizer que nazista tem que se foder é xenofobia contra alemães.

E sim, o ISIS e nazistas têm mais que se foderem!

As pedagoguinhas ficaram chocadas com os detalhes que Nadia deu sobre como o ISIS a sequestrou de casa, e depois a vendeu como escrava sexual quando ela tinha apenas 14 anos. Ela também descreve no livro como foi seguidamente estuprada e torturada até conseguir escapar para um campo de refugiados e de lá para a Alemanha. SOCORRO! O mundo não pode ser assim. A gente tem que cantar Kumbayah, my Lord, kumbayah.

A superintendente do Conselho, Helen Fisher, disse que seus alunos não iriam participar. Elçes precisam ficar livres desta imagem que muçulmanos podem ser grandes filhos da puta, e invento… cahan, disse que o quão ofensivo o livro foi para seus alunos muçulmanos. Aham, claro, claro! só faltou jopgar aquela de “é a cultura deles, temos que respeitar”.

Só que uma das mães ficou bolada com a decisão e xingou muito junto ao Conselho de Educação. O pessoal do referido conselho começou a dizer que não é bem assim e tal, mas prometem, de pés juntinhos que irão ler o livro para decidirem se chamam Nadia para palestrar novamente.

Eu imagino que chamarão, sim. Quando galinhas virarem pacientes de clínicas de odontologia.


Fonte: Daily Mail

4 comentários em “Vítima do ISIS é impedida de falar, pois poderia magoar o ISIS

  1. Uma medida muito bem intencionada do conselho da falta de educação de Toronto. E nós sabemos para onde que leva o caminho que é pavimentado por elas. E sim, essa aí é mais uma a pavimentar tal caminho.

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s