Viva o SUS (enviado do meu hospital particular)

Pois é. Todo mundo ama o SUS, todo mundo adora o SUS, todo mundo quer defender o SUS, postando muitas fotos com seus cartazes… mas isso porque estavam tomando vacina. Duvido muito que ficam esperando por um mês a consulta que agendou.

Hoje eu tive a necessidade de ir no posto de saúde. Uma maravilha. O atendimento começou com “qual seu grupo?”. Sim, porque cada rua era atendido por um grupo diferente, e isso dependeria do número da residência. Como eu moro em apartamento, fiquei pensando se seria um grupo diferente por andar. Eu dei o endereço.

“Ok, aguarde”

Não, não me perguntaram para que eu estava lá.

Depois de alguns minutos, vem um enfermeiro (tava de jaleco, era enfermeiro, né?) e pegou o meu nome. Não, não tinham perguntado. Só pelo endereço. As agentes de saúde (todas elas ou com sobre-peso ou com uma senhora obesidade e tudo com cara de bem mais ferrada de saúde do que eu) sentadas numa mesa usando celular.

Enfermeiro (?) anota meu nome e volta pra dentro (a espera era do lado de fora, debaixo de uma imensa tenda de lona), e não tinha mais ninguém esperando (estranho!). Meia hora depois aparece outra agente de saúde (as que estavam na mesa, lá ficaram). Eu expliquei. Ela volta pra dentro do posto. Uma hora depois, aparece o enfermeiro-que-eu-acho-que-era-enfermeiro. Ele fala que estava havendo um problema com meu cadastro, e diz para eu esperar. Ok, né?

Mais meia hora. O enfermeiro (não vou repetir) fala para eu entrar. Eu passo pela recepção. A tia diz que é pra eu entrar direto e aguardar. Era um imenso salão cheio. Ok, né?

O cara de um dos guichês de atendimento me chama e pergunta o que eu estava fazendo ali. Informo que falaram para eu entrar. O tio do guichê, usando uma camisa dessas camufladas que se compra no camelô por 15 reais,  me olhando como se eu fosse um imbecil, retruca que era para eu esperar lá fora. Informo de novo que o enfermeiro mandou entrar. “Que enfermeiro?”. Respondi “Não sei, o que tá de jaleco lá fora”. “Ah, o júnior,. Não, é pra vc esperar lá fora. Volto. O Júnior (?) me pergunta por que voltei. Respondi que mandaram eu sentar do lado de fora.

“Ah, Ok. Então espere por favor”

Mais meia hora.

Vem o tio de camisa camuflada de 15 reais com uma enfermeira. Esta eu sabia que era enfermeira porque tinha um jaleco com o nome “Enfermeira Luísa” bordadinho com florzinhas, o tipo de coisa que minha professora de Bioquímica ficaria puta da vida, pois ela dizia que jalecos eram para proteger você do ambiente e o ambiente de você, e não para ficar desfilando com coisinha fofa bordada. Ela muito amistosa manda um “O que você veio fazer aqui?” (SIC). Respiro fundo e falei que fui lá pegar uns medicamentos.

“Seu nome não está aqui. Não tem cadastro. Parece que você nunca foi atendido aqui”

Explico que eu REALMENTE nunca fui atendido lá, mas que precisava ir. Ela pareceu ofendida por eu ter me consultado antes num médico particular. Disse que eu não estava no cadastro e deveria ser cadastrado no sistema e que uma agente de saúde iria na minha residência fazer o cadastro.

Agora tinha cinco agentes sem fazer nada, olhando o celular

“Não pode ser agora?”

“Não, ela tem que ver se o senhor é morador da região”

“Eu tenho comprovantes de residência aqui”

“Não serve. Ela tem que ir no local e saber se você realmente mora por aqui”

“Ela vai hoje?”

“Não, TALVEZ amanhã”

Ela pegou os documentos, disse que ia consultar os médicos do posto (hoje não. Nem amanhã) e verem o que fazem. Enquanto isso, a agente de saúde irá me fazer uma visita, tomar um café, olhar as cortinas, criticar a decoração da sala… sei lá. Será algum dia desses. Estou sentado na poltrona de frente pra porta esperando. Sou um homem paciente. Não quebrei nada lá.

Detalhe que eu tenho cadastro no posto de saúde perto do meu trabalho, mas o Sistema ÚNICO de Saúde não encontra o meu nome na base de dados.

Viva o SUS, pessoal, mas só se você só for tomar uma injeção num quiosque e ralar peito o mais rápido possível.

15 comentários em “Viva o SUS (enviado do meu hospital particular)

  1. Eu já fui agente de saúde. É um inferno. Sim, os agentes só podem cadastrar moradores da microárea pela qual eles são responsáveis. Microárea é definido por um número X de residências. Um prédio com 200 apartamentos pode ser uma microárea, por exemplo. E eles precisam fazer o cadastro dentro da casa da pessoa. Tem um motivo além de provar que você mora na sua casa, mas eu aposto meu crachá velho que ninguém presta atenção nisso. Há muitas planilhas pra preencher, sabe?
    Mas, porém, contudo, todavia, não sei como funciona aí no Rio, mas aqui em SP se você for com uma receita e seu cartão SUS em uma UBS eles não podem se recusar a fornecer o medicamento, a não ser que não tenha aquela medicação específica (dosagem, posologia etc.). Mas tome cuidado com uma coisa: eles vão te fazer passar por esse calvário ANTES de verificar se a medicação que você precisa é dispensada na UBS.

    Nossa, faz onze anos que eu saí do SUS e ainda estou aliviada como tivesse sido ontem que eu trabalhei em uma UBS pela última vez. 0/10 SOCORRO.

      1. vc tem cartão do sus!! O cns é um número que todo brasileiro tem e é criado ou quando vc faz atendimento no sus ou o plano de saúde te cadastra. Na unimed vem escritro atras da carterinha

  2. Difícil essa situação… aqui em Piraquara-PR, não é tão complicado assim. Tem a farmácia central que entrega os medicamentos independente da consulta ser particular ou da UBS.
    E nós postos, independente de qual for, localizam seu cadastro.

  3. Sabe o que é interessante?
    Esse seu relato é de um atendimento BOM para o padrão SUS
    Precisei fazer uma endoscopia, depois de 6 meses visitando umas 20 locais, consegui fazer.
    O exame foi feito em mim acordado e a biopsia me deram o meu pedaço (literalmente) e falaram.
    Se em 2 dias ficar de x Cor, esta ok, se ficar de Y, procura um médico. Ficou de cor W e acho que não era nada pois ainda estou vivo

  4. Ironicamente eu tive uma situação dessa invertida à alguns anos atrás. Quebrei meu dedo e fui no hospital do meu plano de saúde, depois de algumas horas esperando decidir ir no hospital público e eu fui atendido em alguns minutos. Talvez seja por eu morar em uma cidade de interior ou viver em um universo paralelo, hahaaha.

  5. Estou aguardando uma simples consulta no hospital das clínicas UFC desde 2016 para o neurologista. Sempre que vou lá tentar marcar, tem um aviso bem grande no guichê dizendo: “não estamos marcando neurologista”.
    Se passa muito tempo e vc não consegue, seu nome some do sistema e vc tem que começar tudo de novo. Fui com minha mãe pegar uns medicamentos e tentei mais uma vez. O cara do posto disse que era melhor eu ir para as clínicas populares pois nunca eu iria conseguir via SUS, já que a demanda para o especialista em questão é uma das mais altas e sempre que aparecer um prioridade ele vai ser jogado na minha frente.

  6. Nossa.
    Aqui na minha cidade tu nao demora nem 20 min pra ser atendido.
    E cirurgia eu já fiz 6 , a ultima demorou só 15 dias depois de marcar .

Deixe um comentário, mas lembre-se que ele precisa ser aprovado para aparecer.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s