Um blog de tecnologia raiz

Uma coisa que eu sinto falta são blogs de uma maneira geral. Pelo menos, já convenci pessoas a retomarem seus próprios blogs ou mesmo escreverem um. Blogs que eu sinto falta são blogs de tecnologia. Antes que vocês falem, não, Tecnoblog e Meio Bit já deixaram de ser blogs de tecnologia. São blogs com viagens de seus articulistas ou matérias inócuas. Arrogam que os blogs venceram a velha mídia, mas estão JUSTAMENTE copiando a Velha Mídia.

Mas então, eu tive uma ideia: que tal resgatar isso também?

Continuar lendo “Um blog de tecnologia raiz”

Uma nostalgia celular

Atualmente, os celulares são os aparelhos mais sem graça que existe, mas não foi sempre assim. Eu me lembro do meu primeiro celular, meu mesmo. Era um Ericsson A1228LX. Esse logo abaixo.

Com o advento da privatização, ficou fácil ter um celular pré-pago. Era o ano de 2000 e comprei na Casa & Video. Hoje, você nem precisa sair de casa. Mas… tem algo chato e eu acho péssimo: perdeu-se a graça dos celulares, principalmente no design. Celular hoje em dia é só pelo uso, não pela beleza, mas nem sempre foi assim.

Continuar lendo “Uma nostalgia celular”

Palavrões em outros idiomas que você nunca viu

Viagens de ônibus da casa pro trabalho e do trabalho pra casa são tediosas. A gente fica lá sentado (quando não fica em pé, rezando pra viagem terminar logo) e a mente vagueia. Alguns ficam no whatsapp, outros no facebook e alguns ficam dormindo mesmo, já que o trajeto é longo. Eu não fico no watzup nem no “feice”. De vez em quando, fico jogando, mas hoje estava com algum pensamento sem noção, como normalmente ficamos quando estamos entediados. Por algum motivo fiquei pensando em palavras.

Sim, o tédio é uma merda. Continuar lendo “Palavrões em outros idiomas que você nunca viu”

Uma última luz

Hoje é ante-véspera de Natal. Isso me traz memórias. Memórias de coisas que não acontecerão de novo. Memórias que tiveram seu momento único. Aliás, cada dia é um evento único, algo a ser recordado. Algumas coisas ruins, algumas coisas boas. A recordação é inerente a nós. Animais também tem memórias, mas só seres humanos tem completo entendimento do que o que foi recordado significa.

Continuar lendo “Uma última luz”

Viajando nas viagens

Acho que viajar é algo hipervalorizado. As desculpas que dão para viajar é algo ininteligível para mim. Sim, sério. Não consigo entender as pessoas e essa tara por fazer viagens. Tem gente que diz que passaria a vida viajando. Se veem como exploradores ou algo do tipo, verdadeiros bandeirantes, Indiana Jones dos tempos modernos.

Continuar lendo “Viajando nas viagens”

Taqui o meu blogroll. E o seu?

Eu sou um evangelizador de blogs, como vocês bem sabem. Qualquer um pode dizer que os blogs não morreram. Morreram, mas eu tento ressuscitá-los, enquanto aqueles que dizem que não morreram não fazem nenhum esforço para estimular que as pessoas escrevam. Por isso eu escrevi Pela Volta dos Blogs e perguntei Cadê os blogrolls?

Revolvi eu mesmo responder a esta pergunta. Continuar lendo “Taqui o meu blogroll. E o seu?”